Descubra por que o suco natural está longe de ser um aliado da saúde  

Editor HTML Online

 

Sempre ouvimos que quanto maior a concentração de fruta no suco, melhor, assim teríamos mais nutrientes. Muitos de nós partimos a caça dos 100% integrais, sem açúcar adicionado, claro. Se for feito em casa melhor ainda, assim fugimos das substâncias estranhas adicionadas nos industrializados, algo que fazia todo sentido. “O que pode ser melhor que algo feito de frutas, essas maravilhas da natureza?”

Pois bem, agora os estudos científicos pelo mundo a fora têm provado que essa “alta concentração de frutas” é um problema. E, infelizmente, também faz todo sentido. Uma coisa é a fruta inteira, com frutose, mas também fibras, que retardam a absorção desse açúcar pelo organismo. Outra é uma bebida com a frutose, e as calorias que vem junto, de várias frutas e sem as fibras perdidas no processamento. Assim, como você consegue beber tudo em segundos, o açúcar é rapidamente absorvido pelo corpo e logo você está com fome de novo, te levando logo a procurar outra coisa para comer, e todo o excesso deste suco junto com o possível “complemento mata fome” é transformado em gordura. Ao recomendar que apenas 10% das calorias diárias viessem do açúcar, o que já ajudaria a reduzir os casos de obesidade, diabetes e problemas cardíacos no mundo, a OMS (Organização Mundial de Saúde) incluiu a frutose dos sucos naturais e não o das frutas no que ela define como açúcar.

 

Deste modo, o ideal seria comer mais fruta, beber mais água e tomar menos suco. É mais prático, barato e saudável. Para criar o hábito, tenha uma garrafa em que você possa beber água no gargalo, e esta fique sempre fácil, pertinho de você. Se desejar “temperar”, dar uma emoção, acrescente hortelã, manjericão, rodelas de laranja...  No caso do suco é melhor e mais saudável que você prepare o seu, afinal nos industrializados são tantos os processos pelo qual o “suco da fruta passa”, que os nutrientes e até o aroma são perdidos, fora como já dissemos anteriormente há adição de várias substâncias desconhecidas. Quanto ao seu “suco caseiro” se possível não coe, pois é a parte sólida da fruta que concentra as fibras, vitaminas, minerais e antioxidantes. Melhor ainda seria diluir esse suco com água para reduzir o teor de frutose. O suco integral é legal estar acompanhado de um lanche rico em fibras e/ou gorduras, tais como castanhas, abacate, iogurte com aveia, que reduzem a velocidade de absorção do açúcar. Ou então beba seu copo feliz, sem culpa, curtindo o momento, assim como você faz quando saboreia um pedação de bolo de chocolate, uma exceção na sua dieta, mas que faz parte da vida, porque faz bem à alma.  Não vivemos apenas para suprir necessidades nutricionais, para manter o corpo perfeito, mas também para satisfazer nosso paladar o que é uma sensação muito boa!


Adaptado do texto da jornalista Patricia Julianelli, Revista Runners