Orientações sobre uso de drogas (medicações) na gravidez  

Manual da Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia para orientação de uso de Drogas na Gravidez

 

Devido à dificuldade de se estabelecer, ainda com precisão a ação e a repercussão das drogas, como quer a medicina baseada em evidências, a “Drug and Food Administration”

(Federal Register, 1980; 44:37434-67) distribuiu os medicamentos nas seguintes categorias, que vão ser por nós adotadas:

 

CATEGORIA A.

 

Estudos controlados em mulheres não demonstraram risco para o feto no primeiro ou demais trimestres. A possibilidade de dados é remota.

 

CATEGORIA B.

 

Estudos de reprodução animal não demonstraram risco fetal, mas não há estudos controlados no ser humano; ou estudos em reprodução animal demonstraram efeitos adversos que não foram confirmados em estudos controlados no ser humano nos vários trimestres.

 

CATEGORIA C.

 

Relatos em animais revelaram efeitos adversos no feto. Não há estudos controlados em mulheres ou em animais. As drogas podem ser ministradas somente se o benefício justificar

o potencial teratogênico.

 

CATEGORIA D.

 

Há evidência positiva de risco fetal humano, porém, os benefícios do uso em gestantes podem ser aceitáveis.

 

CATEGORIA X.

 

Estudos em animais ou seres humanos revelaram efeitos deletérios sobre o concepto que ultrapassam os benefícios. O fármaco está contra-indicado durante a gestação e em mulheres que pretendam engravidar.

 

 

Yankowitz e Nieby (2001), reviram e enunciaram as cinco

categorias citadas, de forma bastante prática, ou seja:

 

 

CATEGORIA A – Estudos controlados não mostraram risco 0,7%

 

CATEGORIA B – Não há evidência de risco no ser humano 19%

 

CATEGORIA C – O risco não pode ser afastado; aqui estão

incluídos fármacos recentemente lançados

no mercado e/ou ainda não estudados. 66%

 

CATEGORIA D – Há evidência positiva de risco 7,0%

 

CATEGORIA X – Contra-indicados na gravidez 7,0%

 

A

ABACAVIR: antiviral – Risco: C – Posologia: 300 mg, 12-12

h, VO – Indicações: HIV – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula,

hepatopatias – Efeitos adversos: cefaléia, tontura, distúrbio

do sono, vômito, náusea, anorexia, hepatomegalia,

esteatose hepática, tosse – Interação medicamentosa:

amprenavir – Gravidez: não há estudos controlados – Amamentação:

contra-indicada para evitar transmissão vertical

do vírus para o RN.

 

ACETAMINOFENO – analgésico não opióide, antipirético

– Risco: B/D – Posologia: 500 mg, 4-6 h, VO ou IM,

dose máxima de 4000 mg/dia – Indicações: tratamento

da dor menor e dor crônica, dismenorréia, febre, ressaca,

processo inflamatório, cefaléia, dor pós-operatória, reação

vacinal – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

hepatotoxicidade, trombocitopenia, agranulocitose, anemia

hemolítica, deficiência de G6PD, meta-hemoglobinemia,

alterações do SNC, depressão, alterações cardiovasculares,

acidose metabólica, hipoglicemia, alterações gastrointestinais,

nefrotoxicidade, catarata, asma, alterações cutâneas –

Interação medicamentosa: barbitúrico, carbamazepina,

hidantoína, diflunisal, isoniazida, zidovudina, rifampicina,

sulfapirazona, warfarina, cumarínicos, cloranfenicol,

busulfano, colestiramina, primaquina, probenicida, ácido

valpróico, furosemida, carbonato de lítio, indometacina,

contraceptivo hormonal, antiácido, atenolol, captopril.

Ingestão crônica e excessiva de etanol também leva a

hepatotoxicidade. Gravidez: doses terapêuticas de

acetaminofeno são compatíveis; consumo elevado por tempo

prolongado pode provocar lesões hepáticas e renais nos

organismos materno e fetal – Amamentação: compatível

em doses habituais.

 

ACICLOVIR: antiviral – Risco: C – Posologia: 200-400

mg, 5x/dia, VO; 250 mg, IV, 1 h – Indicações: infecções

de pele, mucosas e genitais, causadas por vírus sensíveis

ao fármaco – Contra-indicações: sensibilidade

ao fármaco – Efeitos adversos: náusea, vômito,

cefaléia, insuficiência renal, erupção da pele, flebite –

Interação medicamentosa: fenitoína, ácido valpróico,

probenicida – Gravidez: não há estudos controlados –

Amamentação: contra-indicada para evitar transmissão

vertical do vírus para o RN.

 

ÁCIDO ACETILSALICÍLICO: antiinflamatório não hormonal,

analgésico, antipirético – Risco: C/D – Posologia:

500 mg/dia, 1-4x/dia, antipirético e analgésico; 1000-1500

mg, 4x/dia antiinflamatório – Indicações: febre reumática

aguda, artrite reumatóide, angina pectoris, síndrome do

anticorpo antifosfolípides, fibrilação atrial, cefaléia, gota,

dor leve e moderada, pós-operatório, crescimento fetal

restrito, trombose venosa, embolia pulmonar, profilaxia

de infarto do miocárdio, tromboembolismo no pós-operatório,

prevenção de toxemia gravídica, púrpura – Contra-

indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula, lesão de mucosa gástrica, lesão hepática

grave, hemofilia, uso de anticoagulantes e suspeita de

dengue – Efeitos adversos: irritação gástrica, broncoespasmo,

rinite, urticária e outras manifestações cutâneas,

necrose papilar renal, síndrome de Reye – Interação

medicamentosa: anticoagulantes, corticosteróides,

sulfoniluréas, metotrexato, barbitúricos, ácido valpróico,

antagonistas da aldosterona, diuréticos de alça, antihipertensivos,

antiácidos, ácido ascórbico, fenitoína – Gravidez:

doses elevadas, 4 g/dia, a partir do 3º trimestre inibe

a síntese de prostaglandinas; prolonga a gravidez, determina

oligúria fetal, oligoâmnio, dismorfoses faciais,

contratura muscular, oclusão prematura do ducto arterioso

e hipertensão pulmonar primária do RN. Avaliar risco/

benefício – Amamentação: evitar doses elevadas, maiores

que 4g/dia; optar por ácido mefenâmico, cetoprofeno,

diclofenaco, ibuprofeno, meloxicam. Compatível em doses

habituais.

 

ÁCIDO MEFENÂMICO - antiinflamatório não hormonal

– Risco: B/D – Posologia: 250 mg, 6-12 h, VO – Indicações:

artrite reumatóide, osteoartrite, tendinite, bursite,

dor pós-operatório – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula, doenças renais

pré-existentes, rinite, asma, alergia, inflamação ulcerativa

crônica, doenças gastrintestinais – Efeitos adversos: erupção

 cutânea, granulocitopenia, leucopenia, hipotermia,

porfiria, alterações gastrointestinais, nefrotoxicidade, anemia

hemolítica, broncoconstricção, plaquetopenia – Interação

medicamentosa: dicumarínicos; inibidores da ECA,

bloqueadores b-adrenérgicos, bloqueador do canal de cálcio,

diuréticos, ofloxacino, metotrexato, heparina de baixo

peso molecular, carbonato de lítio, ciclosporina, warfarina,

sulfoniluréia, fenindiona, hidróxido e óxido de magnésio,

tacrolimus – Gravidez: a partir do 3º trimestre inibe a síntese

de prostaglandinas; prolonga a gravidez, determina

oligúria fetal, oligoâmnio, dismorfoses faciais, contratura

muscular, oclusão prematura do ducto arterioso e hipertensão

pulmonar primária do RN. Avaliar risco/benefício

– Amamentação: compatível em doses habituais.

 

ÁCIDO VALPRÓICO: antiepiléptico – Risco: D –

Posologia: 250 mg, 2-3x/dia, VO – Indicações: crises

tônico-clônicas, crises parciais, distúrbios bipolares, enxaquecas

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula, hepatopatia – Efeitos

adversos: trombocitopenia, sedação, tremor, ganho

de peso, aplasia serie vermelha – Interação

medicamentosa: fenitoína, aspirina, diazepam,

amitriptilina, aciclovir, carbamazepina, colestriamicina,

eritromicina, felbamato, lorazepam, nimodipina,

fenobarbital, rifampicina, zidovidina – Gravidez: defeitos

do tubo renal, cardiovasculares, vias urinarias,

dismorfismo facial, hidrocefalia, braquicefalia – Amamentação:

compatível, em doses habituais.

 

ADENOSINA: antiarrítmico – Risco: C – Posologia: 6 mg

“in bolus”, IV – Indicações: taquicardia supraventricular

paroxística – Contra-indicações: moléstias broncoconstritivas,

disfunção sinus-nodal, bradicardia, hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos

adversos: arritmia, dispnéia, cefaléia, rubor facial – Interação

medicamentosa: carbamazepina, dipiridamol,

teofilina – Gravidez: dados da literatura são controversos;

não há estudos controlados – Amamentação: não há

dados disponíveis.

 

ALBENDAZOL: anti-helmíntico – Risco: C – Posologia:

400 mg, dose única, VO – Indicação: giardíase,

ancilostomíase, neurocisticercose, enterobíse, ascaridíase,

estrongiloidíase, teníase, tuquinose – Contra-indicações:

hipersensibilidade aos benzonidazólicos – Efeitos adversos:

leucopenia, disfunções hepáticas, cefaléia – Interação

medicamentosa: cimetidina, dexametasona, praziquantel

– Gravidez: teratogênico em animais, porém, nada foi comprovado

no ser humano; utilizar a partir do segundo trimestre

– Amamentação: compatível em doses habituais.

 

ALDESLEUCINA: antineoplásico – Risco: C – Posologia:

600.000 UI/kg/dia ou 0,037 mg/kg/dia, IV – Indicações:

carcinoma renal, melanoma maligno – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula,

alteração de funções pulmonares e portadores de transplante

de órgãos – Efeitos adversos: hipotensão e risco de

propagação de infecções – Interação medicamentosa:

vacina para rotavírus – Gravidez: não há dados disponíveis

– Amamentação: contra-indicado.

 

ALIZAPRIDA: antiemético – Risco: C – Posologia: 50 mg,

3-4x/dia, VO; 100-200 mg, dose única/dia, IM, IV – Indicações:

náusea, vômito induzido por terapia

antineoplásica – Contra-indicações: hipersensibilidade as

benzamidas, feocromocitoma, discinesias – Efeitos adversos:

sonolência, vertigem, cefaléia, insônia, diarréia, sintomas

extrapiramidais – Interação medicamentosa: neurolépticos,

etanol – Gravidez: não demonstrou sinais de

teratogenicidade ou embriotoxicidade em animais de experimentação;

não há estudos controlados no ser humano

– Amamentação: compatível em doses habituais.

 

AMANTADINA: antiviral – Risco: C – Posologia: 100 mg,

2x/dia, VO – Indicações: profilaxia e tratamento vírus

P influenza, parkinsonismo, sintomas extrapiramidais –

Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: náusea, tontura,

insônia – Interação medicamentosa: clotrimazol,

trimetroprima, triantereno, acetaminofeno – Gravidez:

embriotóxica e teratogênica em animais; embora não hajam

estudos controlados é potencialmente teratogênica

no ser humano – Amamentação: contra-indicada para

evitar transmissão vertical do vírus para o RN.

 

AMICACINA: antibiótico – Risco: D – Posologia: 5 mg/

kg, 8-12 h, IM – Indicações: infecções oculares, urinárias, septicemia, enterocolite, osteomielite,meningite, infecções 

por bactérias susceptíveis – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula

– Efeitos adversos: oto e nefrotoxicidade – Interação

medicamentosa: bumetanida, carboplatina, ácido

etacrínico, piretanida, cefalosporina, aciclovir,

ciclosporina, vancomicina, furosemida, indometacina,

capreomicina – Gravidez: não é teratogênica, porém

ototóxica; avaliar risco/benefício – Amamentação: compatível

em doses habituais.

 

AMILODIPINA: bloqueador do canal de cálcio – Risco:

C – Posologia: 2,5-10 mg, dose única/dia, VO – Indicações:

hipertensão arterial, insuficiência cardíaca

congestiva, angina pectoris, nefropatias – Contra-indicações:

hipotensão, hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: cefaléia, tontura,

hiperplasia gengival, taquicardia, edema – Interação

medicamentosa: bloqueadores b-adrenérgicos,

cetoconazol, ciclosporina, delavirdina, fentanila,

fluconazol, itraconazol, anticoagulantes orais,

quinupristina, saquinavir – Gravidez: não é teratogênica

em animais; não há estudos controlados no ser humano –

Amamentação: compatível em doses habituais.

 

AMILORIDA: diurético – Risco: D – Posologia: 5-20

mg/dia – Indicações: hipertensão, insuficiência cardíaca,

nefrolitíase – Contra-indicações: hipercalemia, insuficiência

renal, hipersensibilidade ao fármaco e componentes

 da fórmula e sulfonamidas – Efeitos adversos:

astenia, sonolência, cefaléia, erupção cutânea –

Interação medicamentosa: inibidores da enzima

conversora de angiotensina, angina, ciclosporina,

digoxina, carbonato de lítio, antiinflamatório não

hormonal, potássio, quinidina, tacrolimus – Gravidez:

não é teratogênico, porém, inibe a reabsorção de sódio

e diminui a excreção de potássio, promovendo

hipercalemia, hipovolemia e acidose metabólica. Diminui

a perfusão placentária; avaliar risco/benefício – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

AMIODARONA: antiarrítmico – Risco: D – Posologia: 200

mg, 1-6x/dia, VO; 5 mg/kg/5 min, IV (“in bolus”) – Indicações:

arritmias ventriculares – Contra-indicações:

bradicardia, choque cardiogênico, grave disfunção sinusnodal,

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da

fórmula – Efeitos adversos: arritmias, insuficiência respiratória,

disfunção tiroidiana, hepatotoxicidade – Interação

medicamentosa: amprenavir, bloqueadores b-

adrenérgicos, colestiramina, cisaprida, ciclosporina,

dicumarol, digoxina, fentanila, gatifloxacina, indinavir,

lidocaína, metotrexato, nelfinavir, fenitoína, pimozida,

quinidina, rifampicina, ritonavir, warfarina – Gravidez:

crescimento intra-uterino restrito em animais de experimentação.

A função da tiróide do RN deve ser avaliada devido

a grande quantidade de iodo na fórmula; pouca experiência

no ser humano. Avaliar risco/benefício – Amamentação:

contra-indicado.

 

AMOXICILINA / ÁCIDO CLAVULÂMICO: antibiótico

– Risco: B – Posologia: 500 mg, 8-8 h, VO; 1 g, 8-8 h, IV

– Indicações: otite média, sinusite, infecções trato respiratório

inferior, demais infecções causadas por bactérias

sensíveis aos fármacos – Contra-indicações: hipersensibilidade

aos fármacos – Efeitos adversos: diarréia, náusea,

vômito – Interação medicamentosa: aminoglicosídeos,

metotrexato, probenecida, cloranfenicol, eniromicina,

tetraciclina, sulfonamida – Gravidez: compatível – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

AMOXICILINA: antibiótico – Risco: B – Posologia:

50-500 mg, 8-8 h/dia, VO – Indicações: infecções vias

aéreas superiores, vias urinarias, meningite, demais infecções

causadas por germes sensíveis ao fármaco – Contra-

indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula e penicilina – Efeitos adversos: choque

anafilático, erupção cutânea, diarréia, vômito –

Interação medicamentosa: atenolol, aminoglicosídeos,

tetraciclinas, probenecida, indometacina, ácido

acetilsalicílico – Gravidez: compatível – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

AMPICILINA / SULBACTAN – antibiótico – Risco: C –

Posologia: 250-500 mg, 6-6 h/dia, VO, IV – Indicações:

infecções dos tratos urinário, genital e respiratório,

dermatites causadas por germes sensíveis ao fármaco –

Contra-indicações: hipersensibilidade à penicilina – Efeitos

adversos: erupção cutânea, náusea, vômito, colite

pseudomembranosa, elevação das enzimas hepáticas – Interação

medicamentosa: aminoglicosídeos, atenolol,

mefloquina, cloranfenicol, cloroquina, omeprazol – Gravidez:

não há estudos controlados– Amamentação: compatível

em doses habituais.

 

AMPRENAVIR: antiviral – Risco: C – Posologia: 1200

mg, 2x/dia, VO – Indicações: HIV – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fámarco, insuficiência hepática

e/ou renal – Efeitos adversos: náusea, vômito, diarréia

– Interação medicamentosa: alprazolam,

amiodarona, astemizol, atorvastatina, carbamazepina,

diazepam, dissulfiran, ergotamina, fenitoína, hypericum,

metronidazol, fenobarbital, pravastatina, quinidina,

rifampicina, sinvastatina, antidepressivos tricíclicos,

warfarina – Gravidez: não há estudos controlados –

Amamentação: contra-indicado para evitar transmissão

vertical do vírus para o RN.

 

ANASTROZOL: antineoplásico – Risco: D – Posologia:

1 mg, dose única/dia, VO – Indicações: câncer de

mama em mulheres menopausadas – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da

fórmula e pré-menopausa – Efeitos adversos: diarréia,

astenia, enxaqueca, dores articulares, edema –

Interação medicamentosa: não há dados disponíveis

– Gravidez: potencialmente teratogênico; não há estudos

controlados. Avaliar risco/benefício – Amamentação:

contra-indicado.

 

ANFETAMINA: estimulante do SNC – Risco: C – Posologia:

10 mg, 1-4x/dia, VO - Indicações: narcolepsia, obesidade

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula, hipertensão arterial, glaucoma,

hipertiroidismo – Efeitos adversos: hipertensão arterial,

arritmia cardíaca, taquicardia, náusea, vômito – Interação

medicamentosa: clorpromazina, furazolidona, guanetidina,

isoproniazida, isocarboxazida, moclobemida, nialamida,

procarbazina, selegilina, sibutramina, bicarbonato de sódio,

antidepressivos tricíclicos – Gravidez: o uso de anfetamina

sob orientação médica não oferece riscos para o concepto,

pois não é teratógeno; sintomas suaves de privação podem

ser observados sem quaisquer outras sequelas. O uso ilícito,

porém, é extremamente danoso, pois causa restrição de crescimento

intra-uterino, parto prematuro e aumento potencial

da morbilidade materna, fetal e neonatal – Amamentação:

contra-indicado.

ANFOTERICINA B LIPOSSOMAL: antifúngico – Risco:

C – Posologia: 1-3 mg/kg, dose única diária, IV (30-

60 min) – Indicações: infecções graves, meningite

criptococcica em pacientes portadores de HIV,

leishmaniose – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

náusea, vômito, baixo teor de creatinina, hipocalemia, erupção

cutânea – Interação medicamentosa: ciclosporina,

digitálicos, bloqueadores musculares não despolarizantes

– Gravidez: não há estudos controlados – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

ANFOTERICINA B: antifúngico – Risco: B – Posologia:

0,25 – 1 mg/kg, dose única/dia, IV – Indicações:

leishmaniose cutaneomucosa, meningite criptocócica,

aspargilose, blastomicose, candidíase disseminada,

endocardite fúngica, histoplasmose, esporotricose disseminada

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

nefrotoxicidade, náusea, vômito, anemia, trombocitopenia

– Interação medicamentosa: ciclosporina,

digitálicos, bloqueadores musculares não despolarizantes

– Gravidez: compatível – Amamentação: compatível

em doses habituais.

 

ARTEMETER: antimalárico – Risco: X – Posologia: 80 mg,

2x/dia, IM – Indicações: malária – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula –

Efeitos adversos: febre, discrasias saguíneas, náusea, vômito,

mal estar generalizado – Interação medicamentosa: eritromicina,

terfenadina, astemizol, pobucol, quinidina,

procainamida, amiodarona, sotalol, antidepressores

tricíclicos, neurolépticos – Gravidez: contra-indicado –

Amamentação: doses habituais, uso criterioso; monitorar

o lactente devido efeitos colaterais.

 

ARTESUNATO: antimalárico – Risco: X/C – Posologia:

50 mg, 12-12 h, VO – Indicações: malária – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: febre, discrasias saguíneas,

náusea, vômito, mal estar generalizado – Interação medicamentosa:

não há referência – Gravidez: contra-indicado

no primeiro trimestre; nos demais, não há estudos controlados

– Amamentação: doses habituais, uso criterioso;

monitorar o lactente devido efeitos colaterais.

 

ASPARGINASE: antineoplásico – Risco: C – Posologia:

200 UI/kg/dia, IV – Indicações: leucemia linfocitária aguda,

leucemia mielóide crônica – Contra-indicações:

pancreatite, hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: leucopenia, anemia, trombocitopenia

– Interação medicamentosa: metotrexato,

prednisona, vincristina – Gravidez: teratogenicidade em

animais de experimentação; no ser humano, não há dados

disponíveis – Amamentação: contra-indicado.

 

ASTEMIZOL: anti-histamínico – Risco: C/D – Posologia:

10 mg, dose única/dia, VO – Indicações: rinite e

conjuntivite alérgicas, urticária – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula,

arritmia, hepatopatias – Efeitos adversos: cefaléia, fadiga,

sonolência – Interação medicamentosa: amprenavir,

cetoconazol, claritromicina, delavirdina, efavirenz, eritromicina,

fluconazol, fluoxetina, indinavir, inibidores do sistema

citocromo P450, itraconazol, nefazodona, ritonavir,

roxitromicina, saquinavir, sertralina, sotalol – Gestação:

não há estudos controlados no ser humano; o uso de antihistamínicos

duas semanas antes da parturição pode determinar

fibroplasia retrolental em prematuros. Avaliar risco/

benefício – Amamentação: compatível em doses habituais.

 

ATENOLOL: bloqueador b-adrenérgico – Risco: D –

Posologia: 25-50 mg, dose única/dia, VO – Indicações:

angina pectoris, arritmias, insuficiência cardíaca congestiva,

ansiedade – Contra-indicações: bradicardia, grave bloqueio

átrio-ventricular, choque cardiogênico – Efeitos adversos:

hipotensão, tontura, depressão, bradicardia, náusea,

vômito – Interação medicamentosa: bloqueadores

a1-adrenérgicos, amiodarona, antidiabéticos, clorpromazina,

clomidina, digoxina, diltiazem, fentanil, flunarizina,

metildopa, quinidina, verapamil – Gravidez: aumento da

resistência vascular no binônio materno-fetal proporcional

ao tempo de exposição. Segundo trimestre, redução

do peso da placenta e crescimento intra-uterino restrito;

terceiro trimestre, redução do peso da placenta. Avaliar

risco/benefício – Amamentação: compatível em doses

habituais.

 

ATORVASTATINA: hipolipemiante – Risco: X –

Posologia: 10-80 mg, dose/dia, VO – Indicações: doença

coronariana, hipercolesterolemia homozigótica

familial primária, hiperlipidemia, hipertrigliceridemia –

Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula, hepatopatia ativa, elevações

persisitentes e inexplicadas das transaminases séricas –

Efeitos adversos: dor abdominal, flatulência, constipação

– Interação medicamentosa: antivirais, antifúngicos,

fenitoína, ciclosporina, eritromicina – Gravidez: inibe a

velocidade do processo de síntese hepática do colesterol,

promovendo a redução dos níveis sanguíneos; além dis

so, aumenta a síntese dos receptores de LDL, elevando

sua depuração. Contra-indicado – Amamentação: não

há dados disponíveis.

ATRACURIO: miorrelaxante cirúrgico – Risco: C –

Posologia: 0,4-0,5 mg/kg/dia, IV “in bolus” – Indicações:

complemento anestésico – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula –

Efeitos adversos: hipotensão, bradicardia, broncoespasmo,

taquicardia – Interação medicamentosa:

aminoglicosídeos, corticóides, carbamazepina, clindamicina,

isofluxano, enflurano, ketamina, sevoflurano – Gravidez:

teratogênico em coelhos; depressão respiratória potencial

motivada pelo uso de agente bloqueador

neuromuscular. Não há estudos controlados no humano –

Amamentação: não há dados disponíveis.

 

ATROPINA / DIFENOXILATO: antidiarréico – Risco:

C – Posologia: 0,05 mg atropina + 5,0 mg difenoxilato, 3-

4x/dia, VO – Indicações: diarréia – Contra-indicações:

hipersensibilidade aos fármacos, hepatopatia grave, icterícia,

desidratação, glaucoma de ângulo fechado – Efeitos

adversos: tontura, sonolência, euforia, sedação – Interação

medicamentosa: parassimpatomiméticos – Gravidez:

não há estudos controlados – Amamentação: não há dados

disponíveis.

 

ATROPINA: antiespasmódico – Risco: C – Posologia: 0,3-

1,2 mg, 4-6 h, SC, IM ou IV – Indicações: bradicardia,

assistolia, colo irritável, espasmo gastrintestinal, bloqueio

neuromuscular reverso, úlcera péptica, pré-operatório –

Contra-indicações: hipersensibilidade a anticolinérgicos,

glaucoma agudo, obstrução ou atonia intestinal, miastenia

grave, taquicardia (tirotoxicose) – Interação medicamentosa:

parassimpatomiméticos – Gravidez: controverso;

não há estudos controlados – Amamentação:

compatível.

 

AZATADINA: anti-histamínico – Risco: B/D – Posologia:

1 mg, 2x/dia, VO – Indicações: rinite alérgica, urticária –

Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula e anti-histamínicos, portadores de

glaucoma e de retenção urinária – Efeitos adversos: sonolência,

gastrite, retenção urinária – Interação medicamentosa:

depressores SNC, inibidores da monoaminooxidase

– Gravidez: não há contra-indicação; o uso de antihistamínicos

duas semanas antes da parturição pode determinar

fibroplasia retrolental em prematuros. Avaliar risco/

benefício – Amamentação: incompatível.

 

AZITROMICINA: antibiótico – Risco: C – Posologia: 500

mg, dose única/dia, VO – Indicações: gastroenterite, infecções

dos aparelhos geniturinário e respiratório causadas

por agentes sensíveis ao fármaco – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula

– Efeitos adversos: náusea, vômito, diarréia, dores abdominais

– Interação medicamentosa: pimozida, teofilina,

warfarina – Gravidez: não é embriotóxica ou teratogênica

em animais; no ser humano não há estudos controlados –

Amamentação: compatível em doses habituais.

 

AZTREONAM: antibiótico – Risco: C – Posologia: 2 g, 6-

8h, IM ou IV – Indicações: infecções dos tratos respiratório

inferior e geniturinário, tecidos moles – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da

fórmula – Efeitos adversos: náusea, vômito, diarréia,

anafilaxia, exantema, prurido, púrpura, urticária,

hipotensão, cefaléia – Interação medicamentosa:

cefoxitina, probenecida, imipenen – Gravidez: não demonstrou

efeitos embriotóxicos em animais de experimentação;

não há estudos controlados no ser humano – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

B

 

 

BACLOFENO: miorrelaxante – Risco: C – Posologia: 10-

20 mg, 3x/dia, VO – Indicações: espasticidade muscular

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e

componentes da fórmula – Efeitos adversos: sonolência,

hipotensão, constipação intestinal, polaciúria – Interação

medicamentosa: opióides, antidepressivos tricíclicos, antihipertensivos,

levodopa – Gravidez: não há estudos controlados

– Amamentação: compatível.

 

BARBEXACLONA: antiepilético – Risco: C – Posologia:

200 mg, 1-2x/dia, VO – Indicações: crises convulsivas,

tônico-clônicas, grande mal epiléptico, pequeno mal

mioclônico – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula, cardiopatias, nefro e

hepatopatias graves, feocromocitoma, tirotoxicoses,

glaucoma agudo, arritmias – Efeitos adversos: irritação,

agitação, astenia, perda de peso – Interação medicamentosa:

tranquilizantes, etanol, analgésicos – Gravidez: não

há estudos controlados – Amamentação: não há dados

disponíveis.

 

BENAZEPRIL: inibidor da enzima conversora de

angiotensina – Risco: B/D – Posologia: 10-20 mg/dia,

dose única/dia, VO – Indicações: hipertensão arterial,

angina, arritmia, insuficiência cardíaca congestiva,

nefropatias – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula, estenose arterial renal

– Efeitos adversos: erupção cutânea, hipercalemia, edema

– Interação medicamentosa: alopurinol, ácido

acetilsalicílico, azatioprina, ciclosporina, carbonato de lítio,

diuréticos – Gravidez: a partir do segundo trimestre inibe

efeito vasoconstritor da angiotensina. A hipotensão arterial

determina diminuição do fluxo renal do concepto provocando

anúria, oligoâmnio, conseqüententemente deformação

facial, contratura de membros, crescimento intrauterino

restrito, hipoplasia pulmonar, persistência do ducto

arterioso; avaliar risco/benefício – Amamentação: compatível

em doses habituais.

 

BENZONIDAZOL: antiprotozoário – Risco: C –

Posologia: 2,5-3,5 mg, 12-12 h, VO – Indicações: moléstia

de Chagas – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

discrasias sangüíneas, náusea, vômito, tontura, cefaléia,

erupção cutânea – Interação medicamentosa:

anticoagulantes, ácido acetilsalicílico, etanol – Gravidez:

não há estudos controlados – Amamentação: não há dados

disponíveis.

 

BISOPROLOL: bloqueador b-adrenérgico – Risco: C/D –

Posologia: 2,5-20 mg, dose única/dia, VO – Indicações:

angina pectoris, arritmias, hipertensão arterial, insuficiência

cardíaca congestiva – Contra-indicações: bradicardia, sonolência,

distúrbios do sono, choque cardiogênico, hipersensibilidade ao fármaco

e componentes da fórmula – Efeitos 

adversos: bradicardia, hipotensão, tontura, astenia –

Interação medicamentosa: bloqueadores a1-

adrenérgicos, amiodarona, hipoglicemiantes, clonidina,

digitoxina, fentanila, flunarizina, metildopa, verapamil –

Gravidez: aumento da resistência vascular no binônio materno-

fetal proporcional ao tempo de exposição. Segundo

trimestre, redução do peso da placenta e crescimento intrauterino

restrito; terceiro trimestre, redução do peso da

placenta. Avaliar risco/benefício – Amamentação: compatível

em doses habituais.

 

BLEOMICINA: antineoplásico – Risco: D – Posologia:

50-60 mg, 2x/semana, SC, IM ou IV – Indicações:

Hodgkin, carcinoma colo de útero, vulva, laringe – Contra-

indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: trombocitopenia,

hiperpirexia, hiperpigmentação – Interação medicamentosa:

fenitoína – Gravidez: citotóxico; ação direta

sobre DNA. Avaliar risco/benefíco – Amamentação:

contra-indicado.

 

BROMEXINA: mucolítico – Risco: B – Posologia: 8

mg,3x/dia, VO – Indicações: bronquite – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da

fórmula – Efeitos adversos: náusea, vômito, cefaléia, sonolência,

erupção cutânea – Interação medicamentosa:

amoxiciclina, cefuroxima, eritromicina, doxiciclina – Gravidez:

estudos pré-clínicos e ampla experiência clínica disponível

 não evidenciaram efeitos adversos – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

BUCLIZINA: anti-histamínico – Risco: C/D – Posologia:

50 mg, 2-3x/dia, VO – Indicações: processos alérgicos

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e

componentes da fórmula – Efeitos adversos: sonolência,

boca seca, visão turva – Interação medicamentosa:

depressores SNC – Gravidez: teratogênico em animais e

há controvérsia no ser humano; deve-se lembrar que o

uso de anti-histamínicos duas semanas antes da parturição

pode determinar fibroplasia retrolental em prematuros.

Avaliar risco/benefício – Amamentação: compatível em

doses habituais.

 

BUSSULFANO: antineoplásico – Risco: X – Posologia:

4-8 mg, dose única/dia, VO – Indicações: leucemia

mielóide crônica – Contra-indicações: leucemia aguda,

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula

– Efeitos adversos: mielossupressão, fibrose pulmonar,

fibrose endo e pericárdica, síndrome de Addison,

catarata – Interação medicamentosa: itraconazol,

fenitoína, vacina rotavírus, tioguanina – Gravidez:

malformações múltiplas e baixo peso ao nascer; contraindicado

– Amamentação: contra-indicado.

 

C

 

CANDESARTANO: bloqueador dos receptores da

angiotensina II – Risco: B/D – Posologia: 8-32 mg, dose

única/dia, VO – Indicações: insuficiência cardíaca

congestiva, hipertensão arterial, nefropatias – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: cefaléia, tontura – Interação

medicamentosa: não há referência – Gravidez: a

partir do segundo trimestre inibe efeito vasoconstritor

da angiotensina. A hipotensão arterial determina diminuição

do fluxo renal do concepto provocando anúria,

oligoâmnio, conseqüententemente deformação facial,

contratura de membros, crescimento intra-uterino restrito,

hipoplasia pulmonar, persistência do ducto arterioso;

avaliar risco/benefício – Amamentação: compatível em

doses habituais.

 

CAOLIM/PECTINA: antidiarréico – Risco: C –

Posologia: 5-90 g, fracionado 4-6 h, VO – Indicações:

diarréia – Contra-indicações: hipersensibilidade aos fármacos,

enterocolite pseudomembranosa – Efeitos adversos:

constipação – Interação medicamentosa:

cloroquina, clindamicina, digoxina, lincomicina – Gravidez:

anemia ferropriva, hipocalemia, associada à

ingestão do caolim – Amamentação: não há dados disponíveis.

 

CAPECITABINA: antineoplásico – Risco: D – Posologia:

1250 mg/m2, 12-12 h, VO – Indicações: câncer de mama –

Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeito adversos: diarréia, estomatite,

dor abdominal, anorexia, neutropenia, parestesia – Interação

medicamentosa: leucovorin, anticoagulantes orais –

Gravidez: embriotóxico e teratogênico em animais de experimentação;

no ser humano, potencialmente teratogênica

como todos os derivados fluoropirimidinas. Avaliar risco/

benefício – Amamentação: contra-indicado.

 

CAPTOPRIL: inibidor da enzima conversora de angiotensina

– Risco: B/D – Posologia: 25 mg, 2-3x/dia, VO – Indicações:

angina pectoris, arritmia, edema pulmonar, hipertensão

arterial, insuficiência cardíaca congestiva, nefropatias

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e

componentes da fórmula – Efeitos adversos: tosse, erupção

cutânea, hipercalemia – Interação medicamentosa:

carbonato, hidróxido e fosfato de alumínio, ácido

acetilsalicílico, azotropina, clorpromazina, diuréticos, carbonato

de lítio, carbonato, hidróxido, óxido e trissilicato

de magnésio – Gravidez: a partir do segundo trimestre

inibe efeito vasoconstritor da angiotensina. A hipotensão

arterial determina diminuição do fluxo renal do concepto

provocando anúria, oligoâmnio, conseqüententemente deformação

facial, contratura de membros, crescimento intrauterino

restrito, hipoplasia pulmonar, persistência do ducto

arterioso; avaliar risco/benefício – Amamentação: compatível

em doses habituais.

 

CARBAMAZEPINA: antiepiléptico – Risco: D –

Posologia: 200-400 mg, dose única/dia, VO – Indicações:

epilepsias, crises parciais simples e complexas, enxaquecas,

distúrbios bipolares, síndrome de abstinência alcoólica,

nevralgia idiopática do trigêmeo, neuropatia diabética

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e

componentes da fórmula, mielodepressão – Efeitos adversos:

náuseas, tontura, sonolência, discrasias sanguineas

– Interação medicamentosa: acetaminofeno, acetilasteína,

alprazolam, amitriptilina, carbamazepina, primidona,

fenobarbital, ácido valpróico, propoxifeno, eritromicina –

Gravidez: pode promover malformações múltiplas no ser

humano; avaliar risco/benefício – Amamentação: compatível,

em doses habituais.

 

CARBINOXAMINA: anti-histamínico – Risco: B/D –

Posologia: 4 mg, 3x/dia, VO – Indicações: rinite alérgica

e vasomotora, urticária – Contra-indicações: hipersensibilidade

aos anti-histamínicos derivados da etolamina – Efeitos

adversos: tontura, enxaqueca, sonolência – Interação

medicamentosa: depressores SNC, anticolinérgicos – Gravidez:

não há estudos controlados em mulheres; deve-se lembrar

que o uso de anti-histamínicos duas semanas antes da

parturição pode determinar fibroplasia retrolental em prematuros.

Avaliar risco/benefício – Amamentação: compatível

em doses habituais.

 

CARBOPLATINA: antineoplásico – Risco: D – Posologia:

360 mg/m2/semana, EV – Indicações: câncer de ovário

– Contra-indicações: hipersensibilidade aos medicamentos

cisplatina/platinum, hemorragia grave – Efeitos adversos:

mielossupressão, neuropatia periférica, distúrbios

eletrolíticos – Interação medicamentosa: aminoglicosídeos,

fenitoína – Gravidez: impede a replicação do DNA;

avaliar risco/benefício – Amamentação: contra-indicado.

 

CARMUSTINA: antineoplásico – Risco: D – Posologia:

200-240 mg/m2/semana, EV – Indicações: câncer do cérebro

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco

e componentes da fórmula – Efeitos adversos: mielossupressão,

falência renal, toxicidade pulmonar – Interação

medicamentosa: cimetidina, fenitoína – Gravidez: impede

a replicação do DNA; avaliar risco/benefício – Amamentação:

contra-indicado.

 

CARVEDILOL: bloqueador b-adrenérgico – Risco: C/D –

Posologia: 6,25-25 mg, 2x/dia, VO – Indicações: angina

pectoris, arritmia, cardiomiopatia, hipertensão arterial, insuficiência

cardíaca congestiva – Contra-indicações: asma,

choque cardiogênico, bradicardia sinusal, bloqueio

atrioventricular, síndrome sinusal – Efeitos adversos: tontura,

hipertensão arterial, hiperglicemia, diarréia,

bradicardia – Interação medicamentosa: amiodarona,

bloqueadores a1-adrenérgicos, cimetidina, clonidina,

ciclosporina, digoxina, epinefrina, fentanil, flumarazina,

hipoglicemiantes, metildopa, monoxidina, rifampicina,

verapamil – Gravidez: aumento da resistência vascular no

binônio materno-fetal proporcional ao tempo de exposição. Segundo

 trimestre, redução do peso da placenta e crescimento 

intra-uterino restrito; terceiro trimestre, redução

do peso da placenta. Avaliar risco/benefício – Amamentação:

não há dados disponíveis.

 

CEFACLOR: antibiótico – Risco: B – Posologia: 250-500

mg, 8-8 h, VO – Indicações: amigdalite, infecções de pele,

de tecidos moles, urinárias e demais infecções causadas por

agentes sensíveis ao fármaco – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos

adversos: diarréia, vômito, colite pseudomenbranosa

– Interação medicamentosa: inibidores de agregação

plaquetaria, aminoglicosídeos – Gravidez: compatível –

Amamentação: compatível em doses habituais.

 

CEFADROXILA: antibiótico – Risco: B – Posologia: 0,5-

1,0 g, 12-12 h, VO – Indicações: infecções do trato respiratório,

genitourinárias, de pele, de tecidos moles, produzidas

por bactérias susceptíveis ao medicamento – Contra-

indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: diarréia, náusea,

vômito, erupção cutânea – Interação medicamentosa:

aminoglicosídeos – Gravidez: compatível – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

CEFALEXINA: antibiótico – Risco: B – Posologia:

0,5-1,0 g, 8-8 h, VO – Indicações: amigdalite,

faringite, infecção das vias urinarias, de pele, de tecidos

moles, otite media, pneumonia, demais infecções

causadas por germes sensíveis ao fármaco – Contraindicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: diarréia, náusea,

vômito, tontura – Interação medicamentosa:

inibidores da agregação plaquetária, probenecida,

aminoglicosídeos – Gravidez: compatível –

Amamentação: compatível em doses habituais.

 

CEFALOTINA: antibiótico – Risco: B – Posologia: 0,5-

1,0 g, 6-6 h, IM – Indicações: endocardite, artrite, infecções

de tecidos moles, das vias urinárias, pneumonia, septicemia,

demais infecções causadas por bactérias sensíveis

ao fármaco – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

náusea, vômito, diarréia, trombocitopenia – Interação

medicamentosa: inibidores da agregação plaquetaria,

aminoglicosídeos – Gravidez: compatível –

Amamentação: compatível em doses habituais.

 

CEFAZOLINA: antibiótico – Risco: B – Posologia: 0,25-

1,5 g, 6-8 h, EV – Indicações: endocardite, infecções

dermatologicas, dos tecidos moles, do sistema

osteoarticular, das vias urinárias, septicemia e demais infecções

causadas por agentes sensíveis ao fármaco –

Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e

componentes da fórmula – Interação medicamentosa:

aminoglicosídeos e inibidores agregação plaquetária –

Gravidez: compatível – Amamentação: compatível em

doses habituais.

 

CEFEPIMA: antibiótico – Risco: B – Posologia: 1-2 g, 8-

12 h, IM ou IV – Indicações: infecções trato respiratório

inferior, infecções complicadas do trato geniturinário, septicemia

e demais infecções produzidas por bactérias suscetíveis

ao fármaco – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

diarréia, cefaléia, flebite, colite pseudomembranosa

– Interação medicamentosa: aminoglicosídeos,

furosemida – Gravidez: compatível – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

CEFETAMET: antibiótico – Risco: B – Posologia: 500 mg,

12-12 h, VO – Indicações: infecções das vias aéreas superiores,

do trato urinário, dos tecidos moles e demais infecções

causadas por germes sensíveis ao fármaco – Contraindicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: diarréia, náusea, vômito

– Interação medicamentosa: aminoglicosídeos,

probenecida, inibidores da agregação plaquetária – Gravidez:

compatível – Amamentação: compatível em doses

habituais.

 

CEFIXIMA: antibiótico – Risco: B – Posologia: 400 mg,

dose única/dia, VO – Indicações: infecções do trato

geniturinário, respiratório e demais infecções causadas por

germes sensíveis ao fármaco – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos

adversos: febre, diarréia, náusea, vômito, erupção

cutânea – Interação medicamentosa: aminoglicosídeos

– Gravidez: conpatível – Amamentação: compatível em

doses habituais.

 

CEFOPERAZONA: antibiótico – Risco: B – Posologia: 1-

2 g, 12-12 h, IM – Indicações: infecções do trato respiratório,

da pele, dos tecidos moles causadas por bactérias

sensíveis ao fármaco – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

diarréia, vômito, náusea, flebite – Interação medicamentosa:

aminoglicosídeos, heparina, warfarina –

Gravidez: compatível – Amamentação: compatível em

doses habituais.

 

CEFOTAXIMA: antibiótico – Risco: B – Posologia: 1-2 g,

8-12 h, IM ou IV – Indicações: infecções de pele, dos tecidos

moles, vias urinárias, septicemia e demais intercorrências

causadas por germes sensíveis ao fármaco – Contraindicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: cefaléia, erupção

cutânea, febre, flebite – Interação medicamentosa:

inibidores da agregação plaquetaria, aminoglicosídeos,

probenecida – Gravidez: compatível – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

CEFOXITINA: antibiótico – Risco: B – Posologia: 1-2 g,

6-8 h, IM ou IV – Indicações: infecção intra-articular, de

pele, de tecidos moles, vias urinárias, pneumonia e demais

infecções causadas por germes sensíveis ao fármaco – Contra-

indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da

fórmula – Efeitos adversos: erupção cutânea, 

cefaléia, náusea, vômito, diarréia, tromboflebite – Interação

medicamentosa: inibidores da agregação plaquetária,

aminoglicosídeos, probenecida – Gravidez: compatível

– Amamentação: compatível em doses habituais.

 

CEFPIROMA: antibiótico – Risco: C – Posologia: 1-2 g,

12-12 h, IV – Indicações: infecção dos tratos respiratório

inferior, geniturinário, dos tecidos moles – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da

fórmula – Efeitos adversos: diarréia, alteração de paladar,

erupção cutânea, náusea, vômito, – Interação medicamentosa:

aminoglicosídeos, probenecida – Gravidez:

não há estudos controlados – Amamentação: compatível

em doses habituais.

 

CEFPROZIL: antibiótico –Risco: B – Posologia: 250-500

mg, 12-12 g, VO – Indicações: infecções do trato respiratório,

de pele, de partes moles e demais infecções causadas

por germes susceptíveis ao fármaco – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula

– Efeitos adversos: diarréia, náusea, vômito, vaginite –

Interação medicamentosa: inibidores da agregação plaquetária,

aminoglicosídeos, probenecida – Gravidez: compatível

– Amamentação: compatível em doses habituais.

 

CEFTAZIDIMA: antibiótico – Risco: B – Posologia: 0,5-

1,0 g, 8-12 h, IM; 2 g, 12-12 h, IV – Indicações: infecções

respiratórias, urinárias, genitais, meningite e demais infecções

 causadas por germes sensíveis ao fármaco – Contraindicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: diarréia, erupção

cutânea, náusea, vômito – Interação medicamentosa:

aminoglicosídeos, cloranfenicol, agentes inibidores da agregação

plaquetária – Gravidez: compatível – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

CEFTRIAXONA: antibiótico – Risco: B – Posologia: 0,5-

2,0, 12-12 h, IM ou EV – Indicações: infecção auricular, dos

tecidos moles, das vias urinarias, pneumonia e demais infecções

causadas por germes sensíveis ao fármaco – Contraindicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da

fórmula – Efeitos adversos: erupção cutânea, náusea, vômito

– Interação medicamentosa: aminoglicosídeos, inibidores

da agregação plaquetária, ciclosporina – Gravidez: compatível

– Amamentação: compatível em doses habituais.

 

CEFUROXIMA: antibiótico – Risco: B – Posologia:

125-500 mg, 12-12 h, VO – Indicações: amigdalite,

bronquite, faringite, infecções urinárias,

osteoarticulares, de pele e de tecidos moles como as

demais infecções causadas por germes sensíveis ao

fármaco – Contra-indicações: hipersensibiliade ao

fármaco – Efeitos adversos: diarréia, náusea,

vômito,vaginite – Interação medicamentosa:

inibidores da agregação plaquetária, aminioglicosídeos,

probenecida – Gravidez: compatível – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

CELECOXIB – antiinflamatório não hormonal – Risco: C/

D – Posologia: 400 mg, 12-12 h, VO – Indicações:

osteoartrite, artrite reumatóide – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula,

urticária, asma, rinite – Efeitos adversos: cefaléia, prisão

de ventre, náuseas, artralgia, dor lombar, insônia, mialgia,

prurido, bronquite, tosse, faringite, sinusite, alergia, erupção

cutânea, nefrotoxicidade, hepatotoxicidade – Interação

medicamentosa: fluconazol, antiácidos, fenitoína,

tolbutamida, metotrexato, glibenclamida, carbonato de

lítio, inibidores das enzimas conversoras das angiotensinas,

ácido acetilsalicílico, warfarina – Gravidez: a partir do 3º

trimestre inibe a síntese de prostaglandinas; prolonga a gravidez,

determina oligúria fetal, oligoâmnio, dismorfoses

faciais, contratura muscular, oclusão prematura do ducto

arterioso e hipertensão pulmonar primária do RN. Avaliar

risco/benefício – Amamentação: não há dados disponíveis;

optar por ácido mefenâmico, cetoprofeno, diclofenaco,

ibuprofeno, meloxicam.

 

CERIVASTATINA: hipolipemiante – Risco: X – Posologia:

0,2-0,8 mg, dose única/dia, VO – Indicações:

hiperlipidemia, hipercolesterolemia – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula,

hepatopatia ativa, elevação persisitente e inexplicada das

transaminases séricas – Efeitos adversos: dor abdominal,

flatulência, constipação – Interação medicamentosa:

amprenavir, cetoconazol, ciclosporina, fluconazol,

indinavir, eritromicina – Gravidez: inibe a velocidade do

processo de síntese hepática do colesterol, promovendo a

redução dos níveis sanguíneos; além disso, aumenta a síntese

dos receptores de LDL, elevando sua depuração. Contra-

indicado – Amamentação: contra-índicada.

 

CETOCONAZOL: antifúngico – Risco: C – Posologia: 200

mg, dose única/dia, VO – Indicações: acne, blefarite, infecções

dos tratos gastrintestinal e urogenital determinadas

por fungos sensíveis ao fármaco – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula

– Efeitos adversos: hepatite, náusea, vômito – Interação

medicamentosa: alprazolan, amprenavir, astemizol,

atorvastatina, carbamazepina, cerivastatina, cisaprida,

clonazepam, clorazepato, ciclosporina, delavirdina,

diazepam, dicumarol, ebastina, etazolan, imipramina,

indinavir, loratadina, nifedipina, quinidina, saquinavir,

warfarina, antiácidos – Gravidez: possível associação com

terotogênese em animais de experimentação; reduz produção

de cortisol. Não há estudos controlados – Amamentação:

doses habituais, uso criterioso; monitorar o

lactente devido efeitos colaterais.

 

CETOPROFENO: antiinflamatório não hormonal – Risco:

B/D – Posologia: 100 mg, 1-2x/dia, VO, IM ou retal

– Indicações: tendinites, bursites, osteoartrite, artrite

reumatóide – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

mal estar, tontura, distúrbios gastrintestinais, erupção

cutânea – Interação medicamentosa: ciclosporina,

dicumarol, diuréticos de alça e poupadores de postássio,

fenindiona, carbonato de lítio, metotrexato, ofloxacina,

probenecida, sulfoniluréa, tacrolimus, warfarina – Gravidez:

a partir do 3º trimestre inibe a síntese de prostaglandinas;

prolonga a gravidez, determina oligúria fetal,

oligoâmnio, dismorfoses faciais, contratura muscular,

oclusão prematura do ducto arterioso e hipertensão pulmonar

primária do RN. Avaliar risco/benefício – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

CICLOBENZAPRINA: miorrelaxante – Risco: B –

Posologia: 10 mg, 3-4x/dia, VO – Indicações: espasmomuscular

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula, hipertiroidismo, uso

de inibidores da monoamino-oxidase, glaucoma, retenção

urinária – Efeitos adversos: sonolência, boca seca, náusea,

vômito, confusão – Interação medicamentosa:

fluoxetina, inibidores de monoamino-oxidase, tramadol –

Gravidez: compatível – Amamentação: não há dados disponíveis.

 

CICLOFOSFAMIDA: antineoplásico – Risco: D –

Posologia: 1-5 mg/kg/dia, VO; 10-15 mg/kg, 7-10 dias,

IV – Indicações: câncer de mama, ovário, linfomas,

leucemia, mieloma múltiplo, retinoblastoma, tumor de

Wilms – Contra-indicações: grave depressão de medula

óssea e hipersensibilidade ao fármaco e componentes da

fórmula – Efeitos adversos: alopécia, miocardiopatias, cistite,

náusea e vômito – Interação medicamentosa:

alopurinol, cloranfenicol, digoxina, clorotiazida,

taximofeno – Gravidez: impede a replicação do DNA;

avaliar risco/benefício – Amamentação: contra-indicado.

 

CICLOPIROX OLAMINA: antifúngico – Risco: B –

Posologia: loção, creme 1 % 2x/dia, uso tópico – Indicações:

vulvaginites, dermatomicoses, dermatite

seborréica, tíneas, motivadas por agentes sensíveis ao

fármaco – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

prurido, ardor – Interação medicamentosa: não há referências

– Gravidez: compatível – Amamentação: não há

dados disponíveis

 

CILAZAPRIL: inibidor da enzima conversora da angiotensina

– Risco: B/D – Posologia: 2,5-10 mg, dose única/dia,

VO – Indicações: hipertensão arterial, angina pectoris, cardiopatia

congestiva, arritmias – Contra-indicações:

estenose artéria renal, alteração de imunidade, hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos

adversos: tosse, erupção cutânea, hipercalemia – Interação

medicamentosa: ácido acetilsalicílico, ciclosporina,

carbonato de lítio, diuréticos – Gravidez: a partir do segundo

trimestre inibe efeito vasoconstritor da angiotensina.

A hipotensão arterial determina diminuição do fluxo renal

do concepto provocando anúria, oligoâmnio, conseqüententemente

deformação facial, contratura de membros, crescimento

intrauterino restrito, hipoplasia pulmonar, persistência

do ducto arterioso; avaliar risco/benefício – Amamentação:

não há dados disponíveis.

 

CIMETIDINA: antiulceroso – Risco: B – Posologia: 200-

400 mg, 2x/dia, VO – Indicações: úlcera gástrica e

duodenal – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

náusea, vômito, erupção cutânea, cefaléia, tontura – Interação

medicamentosa: alprazolam, amitriptilina,

carbamazepina, carmustina, cloroquina, clomipramina,

clozapina, ciclosporina, delavirdina, diltiazem, epirrubicina,

fluconazol, glipizida, imipramina, itraconazol, labetalol,

lidocaína, meperidina, metformina, metoprolol,

midazolam, miclobemida, morfina, nifedipina, nisodipina,

nortriptilina, pefloxacina, pentoxifilina, fenindiona,

procainamida, propranolol, quinidina, sertralina,

tracrolimus, teofilina, timolol, warfarina, zalcitabina – Gravidez:

compatível – Amamentação: doses habituais, uso

criterioso; monitorar o lactente devido efeitos colaterais.

 

CIPROFLOXACINA: quinolona – Risco: C – Posologia:

250-500 mg, 12-12h, VO –Indicações: infecções dos tratos

respiratório, gastrintestinal e geniturinário, conjutivite,

endocardite, meningite, osteomielite e otite media causadas

por agentes sensíveis ao fármaco – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula

– Efeitos adversos: diarréia, cefaléia, tontura – Interação

medicamentosa: probenecida, antiácidos,

ciclofosfamida, ciclosporina, ferro, zinco, metaprolol,

propranolol, teofilina, warfarina – Gravidez: não há risco

de malformações; as fluoroquinolonas produzem artropatia

devido a danos na cartilagem em animais de experimentação.

Há relatos no ser humano, porém, não há estudos controlados 

– Amamentação: optar por norfloxacina.

 

CISAPRIDA: estimulante da motilidade gástrica – Risco:

C – Posologia: 10-15 mg, 3x/dia, VO – Indicações:

retardo de esvaziamento gástrico, refluxo gastresofágico,

síndrome do desconforto digestivo alto, pseudo-obstrução

intestinal – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula, enterorragia, obstrução

intestinal mecânica, perfuração gastrintestinal, distúrbios

eletrolíticos – Efeitos adversos: diarréia, constipação,

fadiga, sonolência, arritmias, dores abdominais –

Interação medicamentosa: benzodiazepínicos, anticoagulantes,

antifúngicos, antivirais, antidepressivos

tricíclicos – Gravidez: não demonstrou teratogenicidade

em animais de experimentação; não há estudos controlados

no ser humano – Amamentação: compatível em doses

habituais.

 

CISATRACURIO: miorrelaxante cirúrgico – Risco: C –

Posologia: 0,15-0,20 mg/kg, “in bolus”, IV – Indicações:

entubação endotraqueal, complemento anestésico – Contra-

Indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula, ácido benzenosulfônico – Efeitos adversos:

bradicardia, hipotensão, broncoespasmo, flushing

– Interação medicamentosa: aminoglicosídeos,

corticóides, bupivacaína, clindamicina, cocaína, doxiciclina,

enflurano, isofluxano, lincomicina, carbonato de lítio,

magnésio, minociclina, óxido nitroso, oxitetraciclina,

procaína, quinidina, tetraciclina – Gravidez: não há estudos

controlados – Amamentação: não dados disponíveis.

 

CISPLATINA: antineoplásico – Risco: D – Posologia: 15-

20 mg/m2/dia, IV – Indicações: câncer de ovário e bexiga

– Contra-indicações: insuficiência renal ou auditiva

preexistente, hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: nefro e ototoxicidade,

neuropatia periférica, náusea, vômito – Interação medicamentosa:

carbamazepina, doxorrubicina, fenitoína,

tobramicina, topotecano – Gravidez: mutagênico em bactérias,

aberrações cromossômicas, teratogênico e

embriotóxico em animais de experimentação; potencialmente

teratogênico no humano. Avaliar risco/benefício –

Amamentação: contra-indicado.

 

CITARABINA: antineoplásico – Risco: D – Posologia: 100-

200 mg/m2/dia, IV – Indicações: leucemia aguda não

linfocitária, leucemia mielóide crônica – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da

fórmula – Efeitos adversos: erupção cutânea,

neurotoxicidade, náusea, vômito, alterações hematológicas

– Interação medicamentosa: flucitosina, vacinas com vírus

atenuados – Gravidez: bloqueia a síntese do DNA;

avaliar risco/benefício – Amamentação: contra-indicado.

 

CLADRIBINA: antineoplásico – Risco: D – Posologia:

0,09-0,1 mg/kg/dia, IV – Indicações: leucemia linfocitária

crônica – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

febre, mielossupressão – Interação medicamentosa:

imuno e mielossupressores – Gravidez: bloqueia a síntese

do DNA; avaliar risco/benefício – Amamentação: contra-

indicado.

 

CLARITROMICINA: antibiótico – Risco: D - Posologia:

250-500 mg, 12-12h, VO – Indicações: infecções dos tratos

respiratórios e digestivo, dermatites causadas por agentes

sensíveis ao fármaco – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos

adversos: dores abdominais, cefaléia, distorção do paladar

– Interação medicamentosa: teofilina, fenitoína,

warfarina, ciclosporina, digoxina, ácido valpróico,

terfenadina, astemizol, triazolam, zidovidina, ergotamina

– Gravidez: não é embriotóxica ou teratogênica em animais

de experimentação enquanto no ser humano há relatos

de malformações; avaliar risco/benefício – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

CLEMASTINA: anti-histamínico – Risco: C/D –

Posologia: 1,5-2,5 mg, 2-3x/dia, VO – Indicações:

rinite alérgica e urticária – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula, portadores

de sintomas do trato respiratório baixo – Efeitos

adversos: sedação, taquipnéia – Interação medicamentosa:

anticolinérgicos, depressores SNC, inibidores

monoamino-oxidase – Gravidez: não há estudos controlados

em mulheres; deve-se lembrar que o uso de antihistamínicos

 duas semanas antes da parturição pode determinar

fibroplasia retrolental em prematuros. Avaliar

risco/benefício – Amamentação: síndrome de abstinência

do RN se tiver sido exposto há mais de 10 semanas ao

medicamento intra-útero.

 

CLINDAMICINA: macrolideo – Risco: B – Posologia:

300-600mg, 6-8h, VO – Indicações: vaginites,

endometrites, diverticulites, peritonite, doença inflamatória

pélvica, pneumonias, faringites – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula

ou à lincomicina, colite provocada por antibióticos,

disfunção hepática, profilaxia da febre reumática – Efeitos

adversos: colite pseudomembranosa, náusea, vômito,

erupção cutânea, diarréia – Interação medicamentosa:

cloranfenicol, metilprednisolona, carbamazepina, teofilina,

fenitoína, warfarina, ciclosporina, digoxina, ácido valpróico,

terfenadina, astemizol, triazolan, ergotamina – Gravidez:

compatível – Amamentação: doses habituais, uso

criterioso; monitorar o lactente devido efeitos colaterais.

 

CLOBAZAM: antiepiléptico – Risco: D – Posologia: 30-

60 mg, dose única/dia, VO – Indicações: epilepsia, ansiedade,

convulsão – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos

adversos: incoordenação psicomotora, tontura, confusão,

hipotensão – Interação medicamentosa:

felbamato, fenitoína, teofilina – Gravidez: no termo

pode determinar hipotonia, hipotermia, síndrome abstinência.

Avaliar risco/benefício – Amamentação: contra-

indicada.

 

CLOFAZIMINA: hansenostático – Risco: C – Posologia:

100 mg, 8-8 h, VO – Indicações: lepra lepromatosa e quando

complicada por eritema nodoso – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula

– Efeitos adversos: ressecamento de pele, erupção

cutânea, prurido, náusea, vômito, pigmentação da pele –

Interação medicamentosa: fenitoína – Gravidez: não há

estudos controlados – Amamentação: doses habituais, uso

criterioso; monitorar o lactente devido efeitos colaterais.

 

CLOFIBRATO: hipolipemiante – Risco: C/D – Posologia:

720 mg, 2-4x/dia, VO – Indicações: hiperlipidemia,

esclerose múltipla, enxaqueca, glaucoma, acne – Contraindicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula, infarto do miocárdio recente, insuficiência

cardíaca congestiva, hepatopatia ativa – Efeitos adversos:

dor abdominal, cefaléia, flatulência, constipação – Interação

medicamentosa: clorpropramida, anticoagulantes

orais, fenitoína, furosemida – Gravidez: reduz LDL

circulante e eleva HDL; avaliar risco/benefício – Amamentação:

contra-indicado.

 

CLOMIFENO: indutor da ovulação – Risco: X - Posologia:

50-100 mg, dose única/dia, VO – Indicações: infertilidade

feminina – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula, metrorragia de

etiologia desconhecida, cisto de ovário – Efeitos adversos:

aumento do volume do ovário, acidente vascular cerebral,

eritema cutâneo, fogachos, metrorragia funcional,

náuseas, neoplasias endócrino dependentes, poliúria, reações

psicóticas, trombose cerebral – Interação medicamentosa:

não há referência – Gravidez: malformações

múltiplas no humano; contra-indicado – Amamentação:

pode reduzir a lactação; evitar.

 

CLOMIPRAMINA: antidepressivo – Risco: C/D -

Posologia: 25 mg, 3x/dia, VO – Indicações: depressão

mental, enurese noturna, fobia, síndrome obsessivo-compulsiva

e do pânico – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula, infarto do

miocárdio recente, bronquite asmática, glaucoma, insuficiência

hepática ou renal, doença bipolar, cardiopatias,

doenças convulsivas, esquizofrenia, hipertiroidismo,

discrasias sangüíneas – Efeitos adversos: ganho de peso,

boca seca, cefaléia, cansaço, hipotensão, sonolência – Interação

medicamentosa: etanol, inibidores da

momoamino-oxidase, depressores do SNC, anticolinérgicos,

anticoagulantes, antiepilépticos, fenotiazinass, simpatomiméticos,

cimetidina, clonidina – Gravidez: não há estudos

controlados; exposição prolongada resulta em

síndrome de privação do RN. Avaliar risco/benefício –

Amamentação: compatível em doses habituais.

 

CLONAZEPAM: sedativo/hipnótico, antiepiléptico – Risco:

D – Posologia: 1-4 mg, dose única/dia, VO – Indicações:

epilepsia, ansiedade, síndrome do pânico – Contraindicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula, glaucoma ângulo estreito, hepatopatia –

Efeitos adversos: tontura, hipotonia, depressão respiratória

– Interação medicamentosa: amiodarona,

carbamazepina, teofilina – Gravidez: relatos de

malformaões cardiovasculares e apnéia, cianose, letargia,

hipotonia, no termo; não há estudos controlados – Amamentação:

doses habituais, uso criterioso; monitorar

lactente devido a efeitos colaterais.

 

CLONIDINA: hipotensor a-adrenérgico – Risco: C –

Posologia: 0,1-0,6 mg, dose única/dia, VO – Indicações:

distúrbios cardiovasculares, metabólicos, músculo

esqueléticos – Contra-indicações: doença do nódulo

sinusal, hipersensibilidade ao fármaco e componentes da

fórmula – Efeitos adversos: agitação, boca seca, astenia,

tontura – Interação medicamentosa: b-bloqueadores, antidepressivos

tricíclicos, azotepina – Gravidez: não há estudos

controlados – Amamentação: doses habituais, uso

criterioso; monitorar o lactente devido efeitos colaterais.

 

CLORAMBUCIL: antineoplásico – Risco: D – Posologia:

0,1-0,2 mg/kg/dia, VO – Indicações: leucemia linfocítica

crônica, linfomas, Hodgkin – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula, grave

mielossupressão – Efeitos adversos: mielossupressão,

convulsões, pneumonite aguda, reações alérgicas – Interação

medicamentosa: azatioprina, glicocorticóides,

ciclofosfamida, lovastatina, mercaptopurina, tacrolimus –

Gravidez: impede a replicação do DNA; avaliar risco/

benefício – Amamentação: contra-indicado.

 

CLORANFENICOL: antibiótico – Risco: C/D –

Posologia: 250-500 mg, 6-6 h, VO – Indicações: infecções

por bactérias gram-positivas e gram-negativas

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e

componentes da fórmula – Efeitos adversos: náuseas,

vômitos, anemia aplástica, erupção cutânea,

mielossupressão – Interação medicamentosa:

ceftazidina, clorpropamida, ciclosporina, dicumarol,

entacapona, fenitoína, fenobarbital, rifampicina,

tacrolimus – Gravidez: não é teratogênico; ministrado

na proximidade do parto prematuro pode promover

colapso cardiovascular, respiração irregular, cianose –

síndrome cinzenta do RN – podendo chegar ao óbito.

Avaliar risco/benefício – Amamentação: doses habituais,

uso criterioso; monitorar o lactente devido efeitos

colaterais.

 

CLOROQUINA: anti-malárico – Risco: D – Posologia: 1

g, VO; após 6 h, 500 mg; proceguindo com 500 mg, dose

única/dia, VO – Indicações: fase aguda da malária,

amebíase – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

metahemoglobinemia, hipotonia muscular – Interação

medicamentosa: ciclosporina, praquizantel, cimetidina,

antiácidos, caolin, ampicilina, penicilamina, quinidina,

ranitidina – Gravidez: relatos de malformaçõs múltiplas;

a malária, por sua vez, pode determinar anemia, abortamento,

óbito intra-uterino, baixo peso e malária congênita;

controverdida. Avaliar risco/benefício –

Amamentação: a Academina Americana de Pediatria

considera compatível.

 

CLORPROMAZINA: tranquilizante – Risco: C/D –

Posologia: 25 mg, 1-4x/dia, VO – Indicações: psicoses,

náuseas, vômito, soluço – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula, mielossupressão,

coma – Efeitos adversos: hipotensão,

ataxia, discinesia, arritmias, constipação – Interação medicamentosa:

anfetamina, quinolonas, bloqueadores dos

receptores b-adrenérgicos, antiepiléticos, anticoagulantes,

analgésicos opióides – Gravidez: evitar próximo ao termo

devido à hipotensão, letargia, dificuldade de sucção

no RN; avaliar risco/benefício – Amamentação: evitar.

 

CLOTRIMAZOL: antimicótico – Risco; B – Posologia:

5g, dose única/dia, uso tópico – Indicações:

vulvovaginites determinadas por fungos sensíveis ao

fármaco – Contra indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

náusea, vômito, dermatite de contato – Interação

medicamentosa: anfotericina B lipossomal, anfotericina

B, sirolimus, betametasona – Gravidez: não há relatos de

desmorforses ou anomalias – Amamentação: compatível

em doses habituais.

 

CODEÍNA – analgésico opióide. Risco: C/D – Posologia:

30-60 mg, 3-6 h, VO – Indicações: calmante das tosses,

laringites, faringites, traqueites, bronquites, sedativo,

antiespasmódico – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula, hipotensão, urticária,

vasodilatação cutânea, depressão respiratória, coma

– Efeitos adversos: tontura, sedação. náuseas, vômitos,

euforia, constipação, hipotensão, psicose, porfiria,

nefrotoxicidade, disfunção sexual, edema pulmonar,

miastenia gravis, alterações cutâneas, prurido – Interação

medicamentosa: antidepressores do SNC, inibidores da

monoamino-oxidase, acetaminofeno, quinidina, etanol, antidepressivos

tricíclicos, anticolinérgicos – Gravidez: relatos

de malformações do aparelho respiratório, hipospádia,

hérnia inguinal e umbilical, estonose pilórica no 1º trimestre;

não há estudos controlados. Próximo ao termo

hipotonia e síndrome de privação do RN; avaliar risco/

benefício – Amamentação: doses elevadas/uso prolongado,

monitorar lactente devido a possíveis efeitos

colaterais.

 

D

 

DACARBAZINA: antineoplásico – Risco: D – Posologia:

2-4,5 mg/kg/dia, IV – Indicações: Hodgkin, sarcomas,

melanoma – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

mielossupressão, hepatotoxicidade, convulsões, náusea, vômito,

hipotensão – Interação medicamentosa: vacina com

vírus atenuados – Gravidez: impede a replicação do DNA;

avaliar risco/benefício – Amamentação: contra-indicado.

 

DACTINOMICINA: antineoplásico – Risco: D – Posologia:

0,4-0,45 mg/m2/dia, IV – Indicações: sarcoma de Ewing,

rabdomiossarcoma, tumor de Wilms – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula,

infecção por herpes zoster – Efeitos adversos: mielossupressão,

hepatotoxicidade, anafilaxia, náusea, vômito, erupção

cutânea – Interação medicamentosa: vacina com vírus

atenuados – Gravidez: citotóxico; ação direta sobre

DNA. Avaliar risco/benefíco – Amamentação: contra-indicado.

 

DANTROLENO: miorrelaxante cirúrgico – Risco: C –

Posologia: 1 mg/dia, IV – Indicações: espasticidade muscular,

hipertermia maligna – Contra-indicações:

hepatopatias, hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: boca seca, sonolência,

fotosensibilidade, hepatites, dores abdominais – Interação

medicamentosa: verapamil – Gravidez: não há estudos

controlados – Amamentação: não há dados disponíveis.

 

DAPSONA: hanseniostático – Risco: C – Posologia: 100 mg/

dia, VO – Indicações: lepra lepromatosa – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da

fórmula – Efeitos adversos: hemólise, meta-hemoglobinemia,

neuropatia periférica, náusea, vômito – Interação

medicamentosa: amprenavir, delavirdina, rifampicina,

saquinavir, trimetoprima, zidovudina – Gravidez: não é

teratogênico; relatos informam que pode provocar anemia

hemolítica, meta-hemoglobinemia; não há estudos controlados

– Amamentação: doses habituais, uso criterioso;

monitorar o lactente devido efeitos colaterais.

 

DAUNORRUBICINA: antineoplásico – Risco: D –

Posologia: 40 mg/m2/dia, cada 2 semanas, IV – Indicações:

sarcoma de Kaposi, leucemias – Contra-indicações:

moléstias cardiovasculares, hipersensibilidade ao fármaco

e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

mielosupressão, cardiotoxicidade, hiperuricemia, náusea,

vômito – Interação medicamentosa: vacina com vírus

atenuados – Gravidez: relatos informam alta incidência de

malformações múltiplas e aberrações cromossômicas; avaliar

risco/benefício – Amamentação: contra-indicado.

 

DEFEROXAMINA: antagonistas metais pesados – Risco: C

– Posologia: 20-60 mg/kg/dia, IV – Indicações: intoxicação

por ferro – Contra-indicações: anúria, hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

erupção cutânea, hipotensão, efeitos oculares – Interação

medicamentosa: ácido arcórbico, clorpromazina

– Gravidez: em animais de experimentação provoca anomalias

esqueléticas; não há estudos controlados no humano

– Amamentação: não há dados disponíveis.

 

DEXCLORFENIRAMINA: anti-histamínico – Risco: B/

D – Posologia: 2 mg, 3-4x/dia, VO – Indicações: rinite

e conjuntivite alérgicas, urticária – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula

– Efeitos adversos: ressecamento de boca e nariz,

gastralgia – Interação medicamentosa: inibidores de

monoamino-oxidase, furazolidona, depressores do SNC

– Gravidez: compatível; é preciso lembrar que o uso de

anti-histamínicos nas duas últimas semanas de gravidez

pode provocar fibroplasia retrolental em prematuros;

avaliar risco/benefício – Amamentação: compatível em

doses habituais.

 

DIAZEPAM: ansiolítico/anticonvulsionante – Risco: D –

Posologia: 2-10 mg, 2-4x/dia, VO – Indicações: agitação,

ansiedade, crises convulsivas, sedação, espasmos musculares

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula, glaucoma de ângulo

fechado, miastenia grave – Efeitos adversos: sonolência,

hipotenia muscular, erupção cutânea, síndrome de abstinência

– Interação medicamentosa: etanol, depressivos

do sistema SNC, anti-histamínicos, sedativos, relaxantes

musculares, barbitúricos – Gravidez: teratogênico em animais

de experimentação; no ser humano pode produzir hérnia

inguinal, malformações cardiovasculares, fenda palatina,

lábio leporino, crescimento intra-uterino restrito. Avaliar

risco/benefício – Amamentação: não recomendada.

 

DIAZÓXIDO: hipotensor – Risco: C – Posologia: 1-3 mg/kg,

“in bolus”, IV – Indicações: hipertensão arterial, insuficiência

cardíaca congestiva – Contra-indicações: hipoglicemia

funcional, feocromocitoma – Efeitos adversos: hipotensão,

taquicardia, agravamento de angina, náusea, vômito, hiperglicemia

– Interação medicamentosa: clorotiazida,

clorpromazina, clortalidona, clopamida, glipizina, fenitoína,

warfarina – Gravidez: relatos informam possibilidade de promover

hipoglicemia, hiperbilirrubinemia, trombocitopenia,

alopécia, hipertricose lamiginosa; não há estudos controlados

– Amamentação: não há dados disponíveis.

DICICLOMINA: antiespasmódico – Risco: B – Posologia:

10-20 mg, 3-4x/dia, VO – Indicações: dispepsia, colon

irritável – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula, miastenia grave,

glaucoma, uropatia obstrutiva, íleo paralítico, refluxo

gastroesofágico, colite ulcerativa – Efeitos adversos:

taquicardia, tontura, sonolência, ataxia, alucinação, fadiga,

agitação – Interação medicamentosa: antiácidos,

cisaprida, procainamida – Gravidez: compatível – Amamentação:

controverso.

 

DICLOFENACO SÓDICO: antiinflamatório não hormonal

– Risco: B/D – Posologia: 50 mg, 8-8 h, VO; 75 mg,

8-8 h, IM – Indicações: dor, processos inflamatórios –

Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula e outros antiinflamatórios, asma –

Efeitos adversos: náusea, diarréia, constipação, enxaqueca,

azia e úlcera gástrica – Interação medicamentosa:

ácido acetilsalicílico, inibidores de enzima conversora de

angiotensina, colestiramina, ciclosporina, dicumarol,

digoxina, carbonato de lítio, diuréticos de alça e poupadores

de potássio, metotrexato, ofloxacina, sulfoniluréias –

Gravidez: a partir do 3º trimestre inibe a síntese de prostaglandinas;

prolonga a gravidez, determina oligúria fetal,

oligoâmnio, dismorfoses faciais, contratura muscular,

oclusão prematura do ducto arterioso e hipertensão pulmonar

primária do RN. Avaliar risco/benefício – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

DIDANOSINA: antiviral – Risco: C – Posologia: 300 mg,

12-12 h, VO – Indicações: hepatite B, infecções virais

causadas por agentes sensíveis ao fármaco – Contra-indicações:

hipesensibilidade ao fármaco – Efeitos adversos:

náusea, vômito, diarréia, neutropenia, erupção

cutânea, pancreatite – Interação medicamentosa:

amprenavir, delavirdina, fluconazol, gatifloxacina,

indinavir, itrazonazol, cetoconazol, nelfinavir, quinolonas,

ritonavir, azitromicina, zidovudina – Gravidez: não produz

efeitos embriotóxicos em animais de experimentação;

não há estudos controlados no humano – Amamentação:

contra-indicada para evitar transmissão vertical do vírus para o RN.

 

DIFENIDOL: antiemético/antivertiginoso – Risco: C –

Posologia: 25 mg, 6-6 h, VO – Indicações: labirintite,

otite média, cinetose, náusea, vômito, vertigem – Contraindicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula, insuficiência renal – Efeitos adversos: alucinações,

confusão mental – Interação medicamentosa:

colinérgicos de ação central – Gravidez: não é teratogênico

e embriotóxico em animais de experimentação; não há estudos

controlados no ser humano – Amamentação: não

há dados disponíveis.

 

DIGOXINA: cardiotônico – Risco: C – Posologia: 0,125-0,5

mg/dia, VO – Indicações: arritmias supraventriculares –

Contra-inidicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: náusea, vômito, distúrbios

visuais, cefaléia, anorexia – Interação medicamentosa:

acarbose, amilorida, cisaprida, cimetidina, ciclofosfamida,

neomicina, penicilamina, rifampicina, sulfacrato, vincristina,

acetazolamida, diazepínicos, amiodarona, anfotericina B,

diuréticos, bloqueadores b-adrenérgicos e de canais de cálcio,

claritromicina, clotrimazol, ciclosporina, diclofenaco,

eritromicidina, fluoxetina, indometacina, itraconazol,

omeprazol, cloranfenicol, sinvastatina, anticoagulantes – Gravidez:

não é teratogênica; há toxicidade fetal quando ocorre

intoxicação materna, podendo haver óbito intra-uterino –

Amamentação: compatível.

 

DILTIAZEM: bloqueador do canal de cálcio – Risco: C –

Posologia: 60-120 mg, 2x/dia, VO – Indicações: angina

pectoris, hipertensão arterial – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula, bloqueio

atrioventricular, hipotensão grave – Efeitos adversos:

cefaléia, tontura, edema periférico, hiperplasia gengival,

bloqueio atrioventricular, bradicardia – Interação medicamentosa:

cimetidina, fluoxetina, ritonavir, saquinavir,

alfentanila, anticoagulantes orais, ácido acetilsalicílico, bloqueadores

b-adrenérgicos, buflomedil, buspirona,

carbamazepina – Gravidez: os poucos relatos associam o

fármaco com aumento da incidência de defeitos cardiovasculares;

não há estudos controlados – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

DIMERCAPROL: antagonista de metais pesados – Risco:

C – Posologia: 3-5 mg/kg, 4-4 h, IM – Indicações: intoxicações

por arsênico, mercúrio, chumbo e bismuto – Contra-

indicações: insuficiência hepática – Efeitos adversos:

náusea, vômito, cefaléia, tremor, lacrimejamento, rinorréia

– Interação medicamentosa: cádmio, ferro, selênio, urânio

– Gravidez: não há estudos controlados –Amamentação:

não há dados disponíveis.

 

DIMETICONA: antiflatulento – Risco: B – Posologia: 40-

80 mg, 4x/dia, VO – Indicações: hiperacidez, flatulência

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e

componentes da fórmula, insuficiência renal – Efeitos adversos:

diarréia, constipação, raquitismo, osteomalácia –

Interação medicamentosa: não há referências – Gravidez:

compatível – Amamentação: compatível.

 

DIPIRIDAMOL: vasodilatador coronariano – Risco: C

– Posologia: 75-100 mg, 4x/dia, VO – Indicações: angina

pectoris, infarto do miocárdio – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula

– Efeitos adversos: tontura, cefaléia, erupção

cutânea, dores abdominais, exacerbação da angina pectoris

– Interação medicamentosa: adenosina,

estreptoquinase, indometacina, heparina de baixo peso

molecular, salicilatos – Gravidez: poucas referências

indicam redução de infartos placentários e de crescimento

intra-uterino restrito; não há estudos controlados –

Amamentação: compatível.

 

DISOPIRAMIDA: antiarrítmico – Risco: C – Posologia:

100-200 mg, 6-6 h, VO – Indicações: arritmias

ventriculares – Contra-indicações: choque cardiogênico,

doença sinusal, hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: retenção urinária,

hepatopatias, ambliopia – Interação medicamentosa:

eritromicina, fenitoína, fenobarbital, rifampicina, atenolol,

cisaprida, digoxina, gatifloxacina, moxifloxacina,

pimozida, procainamida, propranolol, quinidina,

ritonavir, verapamil – Gravidez: embriotóxico em animais

de experimentação; não há estudos controlados no

ser humano – Amamentação: a Academia Americana de

Pediatria considera compatível.

 

DOBUTAMINA: simpatomimético/b1-adrenérgico – Risco:

C – Posologia: 2,5-10 mg/kg/minuto, IV – Indicações:

bradicardias, bloqueios cardíacos, embolia pulmonar, insuficiência

cardíaca congestiva, estresse, transplante cardíaco e

hepático – Contra-indicações: hipertrofia subaórtica

idiopática, sensibilidade ao fármaco – Efeitos adversos: angina

pectoris, arritmias cardíacas – Interação medicamentosa:

entacapona, isocaboxazida, tolcapona – Gravidez: não

há estudos controlados – Amamentação: não há dados disponíveis.

 

DOCETAXEL: antineoplásico – Risco: D – Posologia: 100

mg/m2, cada 3 semanas, IV – Indicações: carcinoma de

mama e pulmão – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula, insuficiência hepática,

neutropenia acentuada – Efeitos adversos: náusea,

edema, neutropenia, neuropatia, hepatotoxicidade,

alopécia, estomatite, mielossupressão, anemia, mialgia,

hipertermia, dores articulares, astenia – Interação medicamentosa:

cisplastina, dalfopristina, itraconazol,

paclitaxel – Gravidez: citotóxico, passível de promover

malformações e danos ao concepto; avaliar risco/benefício

– Amamentação: contra-indicado.

 

DOMPERIDONA: antiemético/antagonista dopaminérgico

– Risco: C – Posologia: 10 mg, 3x/dia, VO – Indicações:

náusea, vômito, dispepsia pós-quimioterapia – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da

fórmula – Efeitos adversos: distonias, arritmias – Interação

medicamentosa: carbonato de lítio – Gravidez: 

embriotóxica em animais de experimentação; no humano

não há estudos controlados – Amamentação: compatível

em doses habituais.

 

DOPAMINA: vasopressor – Risco: C – Posologia: 0,3-0,5

mg/kg/minuto, IV – Indicações: hipotensão grave devido

a traumas e/ou hemorragias, septicemias endotóxicas, intoxicações

por drogas, pós-operatório de cirurgia particularmente

cardíaca, síndrome de baixo débito, retenção

hidrossalina de etiologia variada, insuficiência renal – Contra-

indicações: feocromocitoma, taquirritmias, hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos

adversos: náusea, vômito, arritmias – Interação medicamentosa:

entacapona, ergonovina, ergotamina, fenitoína,

isocarboxazina, tolcapona – Gravidez: não há estudos controlados

– Amamentação: não há dados disponíveis.

 

DOXICICLINA: antibiótico – Risco: X - Posologia: 100

mg, 12-12 h, VO – Indicações: acne, actinomicose, infecções

dos tratos respiratórios, gastrintestinal e geniturinário,

malária, infecções oculares – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos

adversos: fotosensibilidade, dor epigástrica – Interação

medicamentosa: alumínio, carbamazepina, fenitoína,

ferro, isotretinoína, magnésio, fenobarbital, rifampicina,

warfarina – Gravidez: inibição de crescimento da fíbula,

prematuridade, óbito intra-uterino; descoloração do esmalte

dentário na primeira dentição; contra-indicado – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

DOXORRUBICINA: antineoplásico – Risco: D –

Posologia: 60-75 mg/m2, cada 3 semanas, IV – Indicações:

leucemia linfoblástica e mieloblástica agudas, tumor

de Wilms, neuroblastoma, sarcomas, carcinomas, linfomas

– Contra-indicações: mielossupressão, arritmias, náusea,

vômito – Interação medicamentosa: carbamazepina,

cisplatina, fenitoína – Gravidez: relatos de malformações

e óbito intra-uterino; avaliar risco/benefício –

Amamentação: contra-indicado.

 

DROPERIDOL: tranquilizante – Risco: C – Posologia: 2-5

mg/dia, IM ou EV – Indicações: náusea, vômito, pré-medicação,

complemento anestésico – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula

– Efeitos adversos: hipotensão arterial, taquicardia, tontura,

tremores, alucinações, erupção cutânea – Interação

medicamentosa: sedativos, anti-hipertensivos, analgésicos

opióides, etanol, carbonato de lítio, depressores do SNC,

guanetidina, levodopa, antiepilépticos – Gravidez: não é

teratogênico em animais de experimentação; no ser humano

não há estudos controlados – Amamentação: doses

habituais, uso criterioso; monitorar lactente devido a efeitos

colaterais.

 

 

E

 

EBASTINA: anti-histamínico – Risco: C/D – Posologia:

10 mg, dose única/dia, VO – Indicações: urticária, rinite

alérgica – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco

e componentes da fórmula, asma, infecções do trato respiratório

superior, hepato e nefropatia – Efeitos adversos:

sonolência, boca seca, enxaqueca, retenção urinária – Interação

medicamentosa: cetoconazol, eritromicina, warfarina

– Gravidez: não há dados disponíveis; deve-se lembrar que

o uso de anti-histamínicos duas semanas antes da parturição

pode determinar fibroplasia retrolental em prematuros.

Avaliar risco/benefício – Amamentação: compatível em

doses habituais.

 

ECONAZOL: antifúngico – Risco: C – Posologia: 5 g/dia,

uso tópico – Indicações: dermatomicoses, vulvovaginites

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e

componentes da fórmula – Efeitos adversos: prurido,

inchaço, ardor, eritema – Interação medicamentosa:

anfotericina B, anfotericina B lisossomal – Gravidez: poucas

referencias não associam o fármaco com efeitos deletérios;

não há estudos controlados no ser humano; – Amamentação:

não há dados disponíveis.

 

EFAVIRENZ: antiviral – Risco: C – Posologia: 600 mg, dose

única/dia, VO – Indicações: HIV – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula –

Efeitos adversos: mielodepressão, neuropatia periférica,

náusea, vômito – Interação medicamentosa: astemizol,

cizaprida, midazolan, nelfinavir, ritonavir, triazolam,

ergotamina, indinavir, saquinavir, rifampicina – Gravidez:

teratogênico em animais de experimentação; não há estudos

controlados no ser humano – Amamentação: contraindicada

para evitar transmissão vertical do vírus para o RN.

 

ENALAPRIL: inibidor da enzima conversora de angiotensina

– Risco: B/D – Posologia: 5-40 mg, dose única/dia, VO

– Indicações: angina pectoris, hiperaldosteronismo, hipertensão

arterial, insuficiência aórtica e cardíaca congestiva,

infarto do miocárdio, nefropatias, síncope vaso-vagal –

Contra-indicações: angioedema, estenose arterial renal,

alteração de estado imunitário, hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

tosse, erupção cutânea, hipercalemia, edema – Interação

medicamentosa: ácido acetilsalicílico, azatioprina,

clomipramina, ciclosporina, interferon alfa 2-A, carbonato

de lítio, diuréticos, rifampicina, trimetoprima – Gravidez:

a partir do segundo trimestre inibe efeito

vasoconstritor da angiotensina. A hipotensão arterial determina

diminuição do fluxo renal do concepto provocando

anúria, oligoâmnio, conseqüententemente deformação

facial, contratura de membros, crescimento intra-uterino

restrito, hipoplasia pulmonar, persistência do ducto

arterioso; avaliar risco/benefício – Amamentação: compatível

em doses habituais.

 

EPIRRUBICINA: antineoplásico – Risco: D – Posologia:

100-200 mg/m2, cada 3-4 semanas, IV – Indicações: carcinomas,

linfomas, sarcomas, leucemias – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da

fórmula – Efeitos adversos: mielossupressão,

miocardiopatias, alopécia, náusea, vômito – Interação

medicamentosa: cimetidina, paclitaxel – Gravidez:

citotóxico; ação direta sobre DNA. Avaliar risco/benefíco

– Amamentação: contra-indicado.

 

ERITROMICINA: antibiótico – Risco: B – Posologia: 250-

500 mg, 6-6 h, VO – Contra-indicações: infecções do trato

respiratório superior, erisipela, enterite, tracoma,

conjuntivites – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula, hepatopatias – Efeitos

adversos: diarréia, náusea, vômito, dores abdominais

– Interação medicamentosa: carbamazepina, teofilina,

fenitoína, warfarina, ciclosporina, digoxina, ácido valpróico,

terfenadina, astemizol, triazolam, ergotamina – Gravidez:

compatível – Amamentação: compatível em doses habituais.

 

ESCOPOLAMINA: antiespasmódico – Risco: C –

Posologia: 10-20 mg, 3-5x/dia, VO – Indicações: cólicas,

gastralgia, espasmos musculares – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da

fórmula, glaucoma primário – Efeitos adversos: cefaléia,

náusea, boca seca – Interação medicamentosa: antihistamínicos,

quinidina, amantadina, disopiramida,

metoclopramida, agentes b-adrenérgicos – Gravidez:

relatos informam possibilidade de letargia, taquicardia,

malformações menores; não há estudos controlados –

Amamentação: compatível.

 

ESPIRAMICINA: antibiótico – Risco: B – Posologia: 0,5-

1,0 g, 8-8 h, VO – Indicações: infecções dos tratos respiratório

e geniturinário – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula - Efeitos

adversos: leucopenia, trombocitopenia, cefaléia, tontura,

anorexia, diarréia, erupção cutânea – Interação medicamentosa:

levodopa, teofilina, pirimetamina, sulfas – Gravidez:

utilizada na Europa há mais de 30 anos, sem efeitos

deletérios; compatível – Amamentação: compatível.

 

ESPIRONOLACTONA: diurético – Risco: D –

Posologia: 25-100 mg, dose única/dia, VO – Indicações:

ascite, hiperaldosteronismo, hipertensão arterial, insuficiência

cardíaca congestiva, hipocalemia, edema,

síndrome nefrótica – Contra-indicações: anemia,

hipercalemia, insuficiência renal aguda severa, hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula, doença

hipertensiva específica da gravidez – Efeitos adversos:

hipercalemia, náusea, vômito, ginecomastia, ácidose –

Interação medicamentosa: ácido acetilsalicílico,

ciclosporina, deslanósidos, digoxina, inibidores de enzima

conversora da angiotensina, carbonato de lítio,

antiinflamatórios não hormonais, potássio, tacrolimus,

warfarina – Gravidez: não é teratogênico, porém, inibe a

reabsorção de sódio e diminui a excreção de potássio,

promovendo hipercalemia, hipovolemia e acidose metabólica.

Diminui a perfusão placentária; avaliar risco/benefício

– Amamentação: compatível em doses habituais.

 

ESTAVUDINA: antiviral – Risco: X/C – Posologia: 40 mg,

12-12 h, VO – Indicações: HIV – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula

– Efeitos adversos: mielodepressão, neuropatia periférica,

náusea, vômito – Interação medicamentosa:

zidovudina – Gravidez: efeitos embriotóxicos no primeiro

trimestre; nos demais não há estudos controlados –

Amamentação: contra-indicada para evitar transmissão

vertical do vírus para o RN.

 

ESTREPTOMICINA: antibiótico – Risco: D – Posologia:

1 g, dose única/dia, IM – Indicações: brucelose, cancro

mole, endocardites, granuloma inguinal – Contra-indicações:

hipersensibiliade ao fármaco – Efeitos adversos:

nefrotoxicidade, neurotoxicidade, ototoxicidade – Interação

medicamentosa: bumetamida, carboplatina, ácido

etacrínico, primetamina, cefalosporinas, ciclosporina,

vancomicina, furosemida, indometacina, succinilcolina –

Gravidez: não é teratogênica, porém ototóxica; avaliar risco/

benefício – Amamentação: compatível em doses habituais.

 

ETAMBUTOL: tuberculostático – Risco: B – Posologia:

15 mg/kg, dose única/dia, VO – Indicações: tuberculose

pulmonar – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

dermatite, artralgia, febre, cefaléia, tontura, prurido – Interação

medicamentosa: etionamida, rifampicina,

pirazinamida, isoniazida – Gravidez: compatível – Amamentação:

compatível em doses habituais.

ETIONAMIDA: tuberculostático – Risco: B – Posologia:

250 mg, 2x/dia, VO – Indicações: tuberculose – Contra-

indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: anorexia, náusea,

vômito – Interação medicamentosa: rifampicina,

pirazinamida, isoniazida, cicloserina - Gravidez: dar preferência

a medicamentos de primeira linha; compatível –

Amamentação: compatível em doses habituais.

 

ETOPOSIDA: antineoplásico – Risco: D – Posologia: 50

mg, dose única/dia, VO; 35 mg/m2/dia, IV – Indicações:

leucemia mielóide aguda, linfomas, carcinoma pulmonar –

Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: mielossupressão,

náusea, vômito, alopécia – Interação medicamentosa:

ciclosporina – Gravidez: malformações e reabsorções

em animais de experimentação; interrompe a divisão celular

na metáfase. Avaliar risco/benefício – Amamentação:

contra-indicado.

 

F

 

FAMOTIDINA: antiulceroso – Risco: B – Posologia: 40

mg, dose única/dia, VO – Indicações: úlcera gástrica,

síndrome de Zollinger-Ellison – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula –

Efeitos adversos: constipação, diarréia, tontura – Interação

medicamentosa: ciclosporina. delavirdina,

itraconazol, cetoconazol – Gravidez: compatível – Amamentação:

doses habituais, uso criterioso; monitorar o

lactente devido efeitos colaterais.

 

FANCICLOVIR: antiviral – Risco: C – Posologia: 125-500

mg, 8-12 h, VO – Indicações: hepatite B, infecções por

herpes simplex, periartrite nodosa – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula

– Efeitos adversos: cefaléia, náusea, diarréia, tontura –

Interação medicamentosa: cimetidina, probenecida,

teofilina, interferon alfa e beta – Gravidez: não há estudos

controlados – Amamentação: contra-indicada para evitar

transmissão vertical do vírus para o RN.

 

FELBAMATO: antiepiléptico – Risco: C – Posologia: 1-3

g/dia, VO – Indicações: convulções parciais e generalizadas,

síndrome de Lennox-Gastaut – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula,

mielodepressão, hepatopatia – Efeitos adversos: anemias

 

aplásticas, náuseas, vômito, hepatotoxicidade – Interação

medicamentosa: carbamazepina, clobazam, fenitoína, ácido

valpróico, warfarina – Gravidez: não há estudos controlados

– Amamentação: doses habituais, uso criterioso;

monitorar lactente devido a efeitos colaterais.

 

FELODIPINA: bloqueador do canal de cálcio – Risco: C –

Posologia: 5-10 mg, dose única/dia, VO – Indicações: angina

pectoris, arritmia, arteriosclerose, doença pulmonar

obstrutiva crônica, hipertensão arterial, insuficiência cardíaca

congestiva, nefropatias, trabalho de parto prematuro –

Contra-indicações: hipotensão, reações dermatológicas

persistentes, hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: edema periférico, cefaléia,

tontura, hiperplasia gengival, taquicardia – Interação

medicamentosa: bloqueadores b-adrenérgicos,

ciclosporina, cetoconazol, delavirdina, fentanila, fluconazol,

itraconazol, magnésio, anticoagulantes orais, fenobarbital,

quinupristina, saquinavir – Gravidez: teratogênico em animais

de experimentação nas doses 5-10 vezes superiores a

humana; algumas referências de defeitos cardiovasculares no

ser humano. Não há estudos controlados – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

FENIRAMINA: anti-histamínico – Risco: C/D –

Posologia: 15 mg, dose única/dia, VO – Indicações:

rinite e conjuntivite alérgicas – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos

adversos: sonolência, boca seca, tontura, náusea, vômito

 – Interação medicamentosa: outros antihistamínicos

– Gravidez: não há estudos controlados; devese

lembrar que o uso de anti-histamínicos duas semanas

antes da parturição pode determinar fibroplasia retrolental

em prematuros. Avaliar risco/benefício – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

FENITOÍNA: antiepiléptico – Risco: D – Posologia: 125

mg, 3x/dia, VO – Indicações: crises tônico clônicas parciais

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e

componentes da fórmula – Efeitos adversos: nistagmo,

ataxia, letargia, discrasia sanguínea, toxidade cardiovascular

– Interação medicamentosa: anticoagulantes, antivirais,

amitriptilina, antineoplásicos, corticóides, quinolonas,

antifúngos, bloqueadores de canal de cálcio, teofilina,

imunodepressores, hidantoína, fenitoína – Gravidez: pode

determinar dismorfoses faciais, hipoplasia da falange distal

e unhas das mãos, microcefalias, crescimento intra-uterino

restrito; avaliar risco/benefício – Amamentação: a Academia

Americana de Pediatria considera compatível.

 

FENOBARBITAL: antiepiléptico – Risco: D - Posologia:

60-200 mg, dose única/dia, VO – Indicações: crises tônico

clônicas, “status epilepticus’’, ansiedade, distúrbios do

sono, síndrome de abstinência alcoólica – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da

fórmula, porfiria – Efeitos adversos: hipotensão, sonolência,

ataxia, depressão, discinesias – Interação medicamentosa:

ácido valpróico, anticoagulantes, corticóides, cloranfenicol,

cimetidina, delavirdina, carbamazepina,

digitálicos, antifúngicos, bloqueadores de canal de cálcio –

Gravidez: pode promover malformações menores, como

hipoplasia de falanges e pelve; malformações maiores quando

associado a outros anticonvulsivantes. Avaliar risco/

benefício – Amamentação: doses habituais, uso criterioso;

monitorar lactente devido a efeitos colaterais.

 

FENTICONAZOL: antifúngico – Risco: C – Posologia: 5

g, dose única/dia, intravaginal – Indicações: vulvovaginite,

vaginite, leucorréia – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos

adversos: não há referência – Interação medicamentosa:

não há eferência – Gravidez: em animais de experimentação

não é antogênico ou teratogênico; não há estudos

controlados no ser humano – Amamentação: não há

dados disponíveis.

 

FEXOFENADINA: anti-histamínico – Risco: C/D –

Posologia: 120 mg, dose única/dia, VO – Indicações:

rinite alérgica – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

náuseas, dispepsia, fadiga – Interação medicamentosa:

carbonato de magnésio, inibidores monoamino-oxidase,

anticolinérgicos, depressores SNC, terfenadina – Gravidez:

carcinogênico e mutagênico em animais de experimentação.

Não há estudos controlados no ser humano; deve-se

lembrar que o uso de anti-histamínicos duas semanas antes

da parturição pode determinar fibroplasia retrolental em

prematuros. Avaliar risco/benefício – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

FLUCONAZOL: antifungico – Risco: X/C – Posologia:

150 mg/semana, VO – Indicações: afecções orofaríngeas,

tratos gastrintestinal, respiratório e geniturinário,

dermatomicoses – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

náusea, vômito, erupção cutânea, cefaléia, diarréia

– Interação medicamentosa: amitriptilina, astemizol,

carbamazepina, celecoxib, cisaprida, dicumarol, isradipina,

losartana, lovastatina, nifedipina, prednisona, rifampicina,

terfenadina, warfarina – Gravidez: teratogênico em animais

de experimentação e no humano quando ministrado

continuadamente no primeiro trimestre – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

FLUDARABINA: antineoplásico – Risco: D – Posologia:

25 mg/m2/dia, IV – Indicações: leucemia linfocítica crônica,

linfomas – Contra-indicações: infecções graves, hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula –

Efeitos adversos: neurotoxicidade, mielossupressão, pneumonia

– Interação medicamentosa: dipiridamol – Gravidez:

bloqueia a síntese do DNA; avaliar risco/benefício

– Amamentação: contra-indicado.

 

FLUOROURACIL: antineoplásico – Risco: D – Posologia:

7-12 mg/kg/dia, IV – Indicações: carcinoma de mama,

ovário, estômago, bexiga – Contra-indicações: desnutrição,

depressão da medula óssea, infecções graves, hipersensibilidade 

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos

adversos: mielossupressão, encefalopatia, náusea, vômito

– Interação medicamentosa: clorotiazida,

leucovorina, levamizol, metronidazol, tamoxifeno – Gravidez:

bloqueia a síntese do DNA; avaliar risco/benefício

– Amamentação: contra-indicado.

 

FLURBIPROFENO - antiinflamatório não hormonal – Risco:

B/D – Posologia: 40 mg, 12-12 h, adesivo transdérmico

– Indicações terapêuticas: artrite reumatóide, gota aguda,

espondilite anquilosante, osteoarite, bursite, trauma, dismenorréia,

cefaléia, prevenção de declínio cognitivo, fraturas –

Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula, broncoespasmo, úlcera péptica aguda, lesão

de pele – Efeitos adversos: alterações gastrintestinais e

plaquetárias, irritação local, ardor, formigamento, insônia,

amnésia, depressão, nefrotoxicidade, hepatotoxicidade, rinite,

erupção cutânea, úlcera péptica – Interação medicamentosa:

dicumarínicos, inibidores da enzima conversora de

angiotensina, bloqueadores b-adrenérgicos e de canal de cálcio,

diuréticos de alça e tiazídicos; heparina, metotrexato,

ranitidina, warfarina, carbonato de lítio, ciclosporina,

cimetidina, ofloxacina; sulfoniluréa – Gravidez: a partir do 3º

trimestre inibe a síntese de prostaglandinas; prolonga a gravidez,

determina oligúria fetal, oligoâmnio, dismorfoses faciais,

contratura muscular, oclusão prematura do ducto arterioso e

hipertensão pulmonar primária do RN. Avaliar risco/benefício

– Amamentação: compatível em doses habituais.

 

FLUVASTATINA: hipolipemiante – Risco: X – Posologia:

20-80 mg, dose única/dia, VO – Indicações: aterosclerose,

hipercolesterolemia homozigótica familial e primária,

dislipidemia,, hipertrigliceridemia – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula,

hepatopatia ativa, elevação persisitente e inexplicada das

transaminases séricas – Efeitos adversos: dor abdominal,

flatulência, constipação – Interação medicamentosa:

ciclosporina, eritromicina, niacina, quinupristina, warfarina

– Gravidez: inibe a velocidade do processo de síntese hepática

do colesterol, promovendo a redução dos níveis

sanguíneos; além disso, aumenta a síntese dos receptores

de LDL, elevando sua depuração. Contra-indicado – Amamentação:

não há dados disponíveis.

 

FORMESTANO: antineoplásico – Risco: X – Posologia:

250 mg, cada 2 semanas, IM – Indicações: câncer de

mama avançado – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

alopécia, apatia, náusea, vômito, dores ósseas –

Interação medicamentosa: antigoagulantes, fenitoína –

Gravidez: inibidor da síntese de estrógenos interferem

na unidade feto-placentária; contra-indicado –

Amamentação: contra-indicado.

 

FOSCARNET: antiviral – Risco: C – Posologia: 40-120mg/

dia, IV – Indicações: encefalites, mielites, pneumonia,

retinite, hepatite B, citomegalovírus, HIV – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da

fórmula – Efeitos adversos: anemia, febre, cefaléia, náusea,

vômito, nefrotoxicidade – Interação medicamentosa:

pentamidina, interferon a, anfotericina B, ganciclovir –

Gravidez: teratogênico em animais de experimentação; não

há estudos controlados no ser humano – Amamentação:

contra-indicada para evitar transmissão vertical do vírus

para o RN.

 

FOSINOPRIL: inibidor da enzima conversora de angiotensina

– Risco: B/D – Posologia: 10-40 mg, dose única/dia, VO

– Indicações: insuficiência cardíaca congestiva, infarto do

miocárdio, hipertensão arterial, nefropatia – Contra-indicações:

angioedema, estenose arterial renal, alteração do

estado imunitário, hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Interação medicamentosa: ácido

acetilsalicílico, azatioprina, ciclosporina, carbonato de lítio,

diuréticos – Gravidez: a partir do segundo trimestre inibe

efeito vasoconstritor da angiotensina. A hipotensão arterial

determina diminuição do fluxo renal do concepto provocando

anúria, oligoâmnio, conseqüententemente deformação

facial, contratura de membros, crescimento intrauterino

restrito, hipoplasia pulmonar, persistência do ducto arterioso;

avaliar risco/benefício – Amamentação: compatível em

doses habituais.

 

FURAZOLIDONA: antibiótico – Risco: C – Posologia: 100

mg, 6-6 h, VO – Indicações: diarréia bacteriana, giardíase

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e

componentes da fórmula – Efeitos adversos: náusea, vômito,

erupção cutânea, cefaléia – Interação medicamentosa:

amitriptilina, etanol, anfetamina, efedrina, meperidina,

norepinefrina, fenilefrina, fenilpropranolamina, terbutalina

– Gravidez: não há estudos controlados; teoricamente está

associada a anemia em deficientes de glicose-6 fosfato

desidrogenase – Amamentação: doses habituais, uso

criterioso; monitorar o lactente devido efeitos colaterais.

 

G

 

GABAPENTINA: antiepiléptico – Risco: C – Posologia:

300 mg, 3x/dia, VO – Indicações: epilepsia – Contraindicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: sonolência, tontura,

ataxia, ganho de peso – Interação medicamentosa: antiácidos

contendo alumínio e magnésio – Gravidez: poucos

relatos referem teratogênese; não há estudos controlados

– Amamentação: doses habituais, uso criterioso;

monitorar lactente devido a efeitos colaterais.

GALAMINA: miorrelaxante cirúrgico – Risco: C –

Posologia: 80-120 mg dose inicial – Indicações: espasmo

muscular – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

hipertensão, taquicardia, broncoespasmo, apnéia –

Interação medicamentosa: aminoglicosídeos, corticóides,

clindamicina, quinidina, sevoflurano – Gravidez: não há

estudos controlados – Amamentação: não há dados disponíveis.

 

GANCICLOVIR: antivirial – Risco: C – Posologia: 1 g, 3x/

dia, VO; 5 mg/kg, 12-12 h, IV – Indicações:

citomegalovirus, retinite, hepatite B – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula

– Efeitos adversos: mielossupressão, febre, flebite,

anorexia – Interação medicamentosa: ciclosporina,

imipenem, zidovudina, probenecida, didanosina, aciclovir

– Gravidez: embriotoxico e teratôgenico em animais de

experimentação; não há estudos controlados no humano –

Amamentação: contra-indicada.

 

GATIFLOXACINA: antiinfeccioso – Risco: C – Posologia:

400 mg, dose única/dia, VO ou IV – Indicações: bronquite

crônica, pneumonia, infecções do trato urinário –

Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: náusea, diarréia,

cefaléia, tontura – Interação medicamentosa: antiácidos

– Gravidez: não há risco de malformações; as

fluoroquinolonas produzem artropatia devido a danos na

cartilagem em animais de experimentação. Há relatos no

ser humano, porém, não há estudos controlados – Amamentação:

não há dados disponíveis.

 

GEMFIBROZILA: hipolipemiante – Risco: X – Posologia:

600 mg, 2x/dia, VO – Indicações: doença coronariana,

hiperlipidemia, diabete melito – Contra-Indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula,

cirrose biliar – Efeitos adversos: dores abdominais, náuseas,

dispepsia, vômito – Interação medicamentosa: anticoagulantes

orais – Gravidez: inibe a velocidade do processo

de síntese hepática do colesterol, promovendo a redução

dos níveis sanguíneos; além disso, aumenta a síntese

dos receptores de LDL, elevando sua depuração. Contraindicado

– Amamentação: não há dados disponíveis.

 

GENCITABINA: antineoplásico – Risco: X – Posologia:

1000 mg/m2, 7-7 dias, IV, “in bolus” – Indicações: câncer

de pulmão e ovário – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos

adversos: edema periférico, proteinúria, náusea, vômito,

mielossupressão – Interação medicamentosa: warfarina

– Gravidez: contra-indicado – Amamentação: não há

dados disponíveis.

 

GENTAMICINA: antibiótico – Risco: D – Posologia: 80

mg, 12-12 h, IM; 120 mg, 24-24 h, IM – Indicações: septicemia,

bacteremia, infecções graves do SNC e dos tratos

respiratório, gastrintestinal e geniturinário, infecções

ósseas, cutâneas ou de tecidos moles – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da

fórmula – Efeitos adversos: nefro e ototoxicidade –

Interação medicamentosa: bumetanida, carboplatina,

cefalosporinas, sulfato de magnésio, ácido etacrínico,

piretanida, ciclosporina, furosemida, indometacina, cálcio,

vancomicina, tacrolimus, furosemina, quinino,

succilcolina – Gravidez: não é teratogênica, porém

ototóxica; avaliar risco/benefício – Amamentação: compatível

em doses habituais.

 

GRANISETRONA: antiemético – Risco: C – Posologia:

2 mg, dose única/dia, VO; 10 mg/kg/dia, IV – Indicações:

náusea e vômito induzidos por quimioterapia e irradiações

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:cefaléia, constipação, astenia, diarréia, dor abdominal –

Interação medicamentosa: não há referências – Gravidez:

não há estudos controlados – Amamentação: não

há dados disponíveis.

 

GRISEOFULVINA: antifúngico – Risco: D – Posologia:

250 mg, 1-2x/dia, VO – Indicações: líquem plano,

dermatococoses, micoses – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula, porfiria,

hepatopatias – Efeitos adversos: urticária, náusea, vômito,

cefaléia, erupção cutânea, fotosensibilidade – Interação

medicamentosa: ciclosporina, dicumarol, warfarina,

fenobarbital – Gravidez: embriogênico e embriotóxico em

animais de experimentação; foi relatada ocorrência de abortamento,

fenda palatina, hipoplasia da câmara esquerda do

coração no ser humano. Avaliar risco/benefício – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

GUANABENZO: hipotensor a2-adrenérgico – Risco: C –

Posologia: 4-8 mg, 2x/dia, VO – Indicações: hipertensão

arterial, hipertrofia ventricular esquerda – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: depressão do SNC,

hipotensão ortostática, boca seca – Interação medicamentosa:

diuréticos – Gravidez: malformações esqueléticas em

animais de experimentação; no humano não há estudos

controlados – Amamentação: não há dados disponíveis.

 

 

H

 

HALOFANTRINA: antimalárico – Risco: C – Posologia:

2 g/dia – Indicações: plasmódios sensíveis ao fármaco e

resistentes a outros medicamentos convencionais – Contra-

indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: dor abdominal,

náusea, vômito, tontura – Interação medicamentosa:

amiodarona, diazepóxido, cisaprida, eritromicina,

procainamida, quinidina, sotalol, terfenadina, antidepressivos

tricíclicos – Gravidez: não há estudos controlados

– Amamentação: não há dados disponíveis.

 

HIDOXICLOROQUINA: antimalárico – Risco: B –

Posologia: 200-400 mg, 1-2x/dia, VO – Indicações: malária,

artrite reumatóide – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula, alterações

do campo visual – Efeitos adversos: agranulocitose, toxicidade

ocular, pigmentação de pele, náusea, vômito – Interação

medicamentosa: digoxina, metoprolol – Gravidez:

compatível – Amamentação: doses habituais, uso

criterioso; monitorar o lactente devido efeitos colaterais.

 

HIDRALAZINA: vasodilatador – Risco: C – Posologia:

25-50 mg, 12-12 h, VO; 5-40 mg, dose única/dia, IM ou

IV – Indicações: hipertensão arterial, doença hipertensiva

específica da gravidez, insuficiência cardíaca congestiva,

aórtica e mitral, defeito do septo ventricular – Contra-indicações:

aneurisma dissecante da aorta – Efeitos adversos:

taquicardia, neuropatia periférica, síndrome lúpica –

Interação medicamentosa: indometacina, metoprolol,

propranolol – Gravidez: há relatos de hematomas, trombocitopenia,

leucopenia, petéquias; não há estudos controlados

– Amamentação: compatível.

 

HIDROXIURÉIA: antineoplásico – Risco: D – Posologia:

80 mg/kg, 3-3 dias, VO – Indicações: melanoma, carcinoma

de ovário – Contra-indicações: mielodepressão, hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula –

Efeitos adversos: mielossupressão, distúrbios gastrintestinais,

mutagenicidade – Interação medicamentosa: não

há relatos – Gravidez: teratogênico em animais de experimentação;

potencialmente teratogênico no ser humano

Avaliar risco/benefício – Amamentação: contra-indicada.

 

HIDROXIZINA: anti-histamínico - Risco: C - Posologia:

25 mg, 3-4x/dia, VO - Indicações: estados alérgicos, ansiedade,

agitação, náusea, vômito pré e pós-parto - Contra-

indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula, glaucoma de ângulo aberto - Efeitos

adversos: tontura, cefaléia, boca seca, constipação, exantema,

astenia, náusea, retenção urinária, sedação, sonolência

- Interação medicamentosa: depressores do SNC,

etanol, anticolinérgicos, inibidores da monoamino-oxidase

- Gravidez: teratogênico em animais de experimentação;

não há estudos controlados no humano; deve ser lembra

do que a ingestão de anti-histamínicos durante as duas últimas

semanas de gravidez pode provocar fibroplasia

retrolental em prematuros - Amamentação: compatível

em doses habituais.

 

HOMATROPINA: antiespasmódico – Risco: C –

Posologia: 2,5-5,0 mg, 4x/dia, VO – Indicações: espasmos

do aparelho gastrintestinal – Contra-indicações:

colite ulcerativa, miastenia e cardiopatias graves,

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula,

glaucoma – Efeitos adversos: sedação, náusea, vômito,

sonolência, retenção urinária, visão turva, taquicardia

– Interação medicamentosa: anticolinérgicos,

cetoconazol, cloreto de potássio – Gravidez: não há estudos

controlados – Amamentação: compatível.

 

 

I

IBUPROFENO - antiinflamatório não hormonal – Risco: B/

D – Posologia: 200-800 mg, 2-4x/dia, VO – Indicações:

artrite aguda, osteoartrite, dismenorréia, artrite reumatóide,

carcinoma de cólon, fibrose cística, neuropatia diabética,

fibromialgia, artropatia hemofílica, síndrome nefrótica –

Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula, arritimia, hipertensão arterial, anemia

aplástica e hemolítica, hipoglicemia, porfiria, alterações gastrointestinais,

nefro e hepatotoxicidade, alopécia, vasculite,

asma, urticária, angioedema, broncoespasmo – Efeitos adversos:

náusea, vômito, diarréia, constipação, dor epigástrica,

ambliopia tóxica, diplopia, edema, inibição da agregação

plaquetária, linfopenia, anemia hemolítica, agranulocitose,

trombocitopenia, erupção cutânea, depressão SNC, tontura,

insônia – Interação medicamentosa: dicumarínicos,

ácido acetilsalicílico, inibidores da enzima conversora da

angiotensina, bloqueadores b-adrenérgicos, diuréticos de alça

e tiazídicos; salicilatos, metotrexato, carbonato de lítio,

corticotrofina, uroquinase, hipoglicemiantes, ácido valpróico,

probenecida, digoxina, warfarina, misoprostol, minoxidil,

metildopa, heparina de baixo peso molecular, hidralazina,

digoxina, dicumarol, diazóxido, ciclosporina, cimetidina,

ofloxacina, fentoína, prazosina, sulfoniluréa, bloqueador do

canal de cálcio – Gravidez: a partir do 3º trimestre inibe a

síntese de prostaglandinas; prolonga a gravidez, determina

oligúria fetal, oligoâmnio, dismorfoses faciais, contratura

muscular, oclusão prematura do ducto arterioso e hipertensão

pulmonar primária do RN. Avaliar risco/benefício –

Amamentação: compatível em doses habituais.

 

IDARRUBICINA: antineoplásico – Risco: D – Posologia:

12 mg/m2, dose única/dia, IV – Indicações: leucemia

mielóide aguda – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

cardiotoxicidade, mielossupressão, toxicidade

gastrintestinal – Interação medicamentosa: não há dados

disponíveis – Gravidez: citotóxico; ação direta sobre

DNA. Avaliar risco/benefíco – Amamentação: contraindicada.

 

IDOXURIDINA: antiviral – Risco: C – Posologia: 1 gota,

2-2 h, solução oftálmica – Indicações: queratite herpética

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e

componentes da fórmula – Efeitos adversos: pontadas,

ardor – Interação medicamentosa: ácido bórico – Gravidez:

teratogênico em animais de experimentação com

uso tópico; não há estudos controlados no ser humano –

Amamentação: não há dados disponíveis.

 

IMIPENEN/CILASTINA: antibiótico – Risco: C –

Posologia: 500-750 mg, 12-12 h, IM; 1 g, 6-8 h, IV – Indicações:

infecções tratos respiratório inferior e geniturinário,

dermatite, meningite – Contra-indicações: hipersensibilidade

aos fármacos – Efeitos adversos: náusea, vômito,

diarréia, convulsões – Interação medicamentosa:

ciclosporina, ganciclovir, teofilina, probenecida – Gravidez:

não há estudos controlados – Amamentação: doses

habituais, uso criterioso; monitorar o lactente devido efeitos

colaterais.

 

INDAPAMIDA: diurético – Risco: D – Posologia: 2,5 mg,

dose única/dia, VO – Indicações: hipertensão arterial,

edema, insuficiência cardíaca congestiva, nefropatias –

Contra-indicações: acidente vascular cerebral, hepato e

nefropatias graves – Efeitos adversos: hipocalemia, tontura,

cefaléia, hiperuricemia, hipersensibilidade ao fármaco

e componentes da fórmula – Interação medicamentosa:

inibidores da enzima conversora de angiotensina, carbonato

de cálcio, diazóxido, digitálicos, carbonato de lítio,

vincamicina – Gravidez: não é teratogênico; diminui reabsorção

do sódio e determina perda de potássio, ocasionando

hipocalemia, alcalose metabólica e hipovolemia.

Diminui a perfusão placentária; avaliar risco/benefício –

Amamentação: não há dados disponíveis.

 

INDINAVIR: antiviral – Risco: C – Posologia: 800 mg, 8-8

h, VO – Indicações: HIV – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos

adversos: náusea, vômito, litíase renal, hiperbilirrubinemia

– Interação medicamentosa: cetoconazol,

didanosina; indinavir, terfenadina, astemizol, midazolam,

rifampicina – Gravidez: não e teratogênico em animais de

experimentação; não há estudos controlados no ser humano

 – Amamentação: contra-indicada para evitar transmissão 

vertical do vírus para o RN.

 

INDOMETACINA - antiinflamatório não hormonal – Risco:

B/D – Posologia: 25 mg, 2-3x/dia, VO; 100 mg, 2x/

dia, via retal – Indicações: artrite aguda, espondilite

anquilosante, osteoartrite, artrite reumatóide, carcinoma de

cólon, prevenção de declínio cognitivo, colecistite, dismenorréia,

eritema nodoso, gota – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula,

sangramento intestinal recente, asma, urticária, rinite,

hemorróidas, úlcera gástrica, hemofilia – Efeitos adversos:

alterações gastrintestinais, úlceras, sangramentos, anemia

aplástica, pancreatite, cefaléia, tontura, boca seca, confusão

mental, psicose, alucinação, leucopenia, angina, hipertensão,

alterações cerebrais, neuropatia, psicose, hiper

e hipoglicemia, porfiria, colite, enteropatia, sangramento

gastrointestinal, pancreatite, nefro e hepatotoxicidade, alteração

visual, psoríase – Interação medicamentosa:

dicumarínicos, inibidores da enzima conversora de

angiotensina, bloqueadores b-adrenérgicos, diuréticos de

alça e tiazídicos, hipoglicemiantes, carbonato de lítio,

zidovudina, tobramicina, amicacina, ciclosporina,

gentamicina, metotrexate – Gravidez: a partir do 3º trimestre

inibe a síntese de prostaglandinas; prolonga a gravidez,

determina oligúria fetal, oligoâmnio, dismorfoses

faciais, contratura muscular, oclusão prematura do ducto

arterioso e hipertensão pulmonar primária do RN. Avaliar

risco/benefício – Amamentação: não há dados disponí 

veis; optar por ácido mefenâmico, cetoprofeno, diclofenaco,

ibuprofeno, meloxicam.

 

INTERFERON ALFA-2A: imunomodulador – Risco: D

– Posologia: 3 MU, dose única/dia, SC ou IM – Indicações:

hepatite C crônica, leucemia mielóide crônica,

tricoleucemia, sarcoma de Karposi – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula,

antecedente de hepatite auto-imune, transplantados imunodeprimidos,

depressão mental, cirrose hepática, comprometimento

funcional do SNC, disfunção hepática, renal e

mielóide grave, doença auto-imune, distúrbios convulsivos

– Efeitos adversos: astenia, inapetência, letargia, mal-estar,

discrasia sangüínea, arritmias cardíacas, predisposição

à hemorragia, infecção, cefaléia, exantema – Interação medicamentosa:

aldesleucina, captopril, enalapril, teofilina,

zidovudina, cimetidina, fenitoína, warfarina, diazepam,

propranolol – Gravidez: em altas doses provoca abortamento

em primatas; não foi observada citotoxidade no

humano. A atividade antiproliferativa impõe reserva ao seu

uso. Avaliar risco/benefício – Amamentação: não há dados

disponíveis.

 

INTERFERON ALFA 2-B: imunomodulador – Risco: D

– Posologia: 30 milhões/m2, 3x/semana, SC ou IM – Indicações:

hepatite B e C crônicas, sarcoma de Kaposi,

tricoleucemia – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula, cardiopatias – Efeitos

adversos: anemia, cefaléia diarréia, mialgia, febre,

astenia dispepsia, náusea, vômito – Interação medicamentosa:

depressores da medula óssea, antiinflamatórios não

hormonais, ácido acetilsalicílico – Gravidez: abortamento

em animais de experimentação; potencialmente

teratogênico no humano. Avaliar risco/benefício – Amamentação:

não há dados disponíveis.

 

INTERFERON BETA-1B: imunomodulador– Risco: C –

Posologia: 8 milhões UI, 48-48 h, SC – Indicações:

esclerose múltipla, sarcoma de Kaposi – Contra-indicações:

albumina humana, hipersensibilidade ao fármaco e

componentes da fórmula, estados depressivos, convulsões,

mielossupressão, neutropenia, infecção – Efeitos adversos:

enxaqueca, vômitos, diarréia, febre, calafrios, mialgia,

instabilidade emocional – Interação medicamentosa:

zidovudina – Gravidez: embriotóxico e abortamento espontâneo

em primatas; não há estudos controlados no humano

– Amamentação: não há dados disponíveis.

 

IODETO DE POTÁSSIO: expectorante – Risco: D –

Posologia: 15 mg, 4x/dia, VO – Indicações:

expectoração, hipertiroidismo – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao elemento – Efeitos adversos: hipotiroidismo,

torpor – Interação medicamentosa: carbonato

de lítio, anticoagulantes orais – Gravidez: uso

prolongado e próximo ao termo pode determinar hipotiroidismo

e bócio no RN. Avaliar risco/benefício –

Amamentação: a Academia Americana de Pediatria considera

compatível.

 

IRBESATANA: bloqueador dos receptores da angiotensina

II – Risco: C/D – Posologia: 150-300 mg, dose única/

dia, VO – Indicações: insuficiência cardíaca congestiva,

hipertensão arterial, nefropatia diabética – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da

fórmula – Efeitos adversos: diarréia, dispepsia, azia, fadiga

– Interação medicamentosa: não há referência –

Gravidez: a partir do segundo trimestre inibe efeito

vasoconstritor da angiotensina. A hipotensão arterial determina

diminuição do fluxo renal do concepto provocando

anúria, oligoâmnio, conseqüententemente deformação

facial, contratura de membros, crescimento intra-uterino

restrito, hipoplasia pulmonar, persistência do ducto

arterioso; avaliar risco/benefício – Amamentação: compatível

em doses habituais.

 

IRINOTECANO: antineoplásico – Risco: D – Posologia:

125 mg/m2/semana, EV – Indicações: carcinoma coloretal

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco

e componentes da fórmula – Efeitos adversos: mielossupressão,

diarréia, náuseas, vômito, colite – Interação medicamentosa:

dexametasona – Gravidez: impede a

replicação do DNA; avaliar risco/benefício – Amamentação:

contra-indicado.

 

ISOCONAZOL: antifúngico – Risco: C – Posologia: 5 mg,

dose única/dia, intravaginal – Indicações: dermatomicoses

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: prurido, irritação,

queimação – Interação medicamentosa: absorção mínima,

não há referência – Gravidez: não há estudos controlados

no humano – Amamentação: doses habituais, uso

criterioso; monitorar o lactente devido efeitos colaterais.

 

ISOMETEPTENO: antienxaquecoso – Risco: C –

Posologia: 30-60 mg, 6-6 h, VO – Indicações: analgésico,

antiespasmódico – Contra-indicações: discrasia sanguínea,

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da

fórmula, hipertensão arterial – Efeitos adversos:

agranulocitose, anemia, metahemoglobinemia, pancitopenia,

trombocitopenia – Interação medicamentosa: antidepressivos

tricíclicos, beta-bloqueadores, digitálicos,

ergotamina, inibidores da monoamino-oxidase,

maprotilina, ocitocina – Gravidez: não há estudos controlados

– Amamentação: não há dados disponíveis.

 

ISONIAZIDA: tuberculostático – Risco: C – Posologia:

30 mg, dose única/dia, VO – Indicações: tuberculose –

Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e

componentes da fórmula, dores articulares, febre,

hepatopatia – Efeitos adversos: discrasias sanguíneas,

constipação, diarréia, distúrbios visuais, parestesia, vômito,

hipotenção – Interação medicamentosa:

acetominofeno, carbamazepina, diazepam, fenitoína,

meperidina, teofilina, ácido valpróico, itraconazol,

cetoconazol – Gravidez: embora haja controvérsias, é utilizado

no tratamento da tuberculose – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

ISRADIPINA: bloqueador do canal de cálcio – Risco: C –

Posologia: 5-15 mg, dose única/dia, VO – Indicações: angina

pectoris, arteriosclerose, hipertensão arterial, insuficiência

cardíaca congestiva, trabalho de parto prematuro – Contraindicações:

hipotensão – Efeitos adversos: edema periférico,

cefaléia, tontura, hiperplasia gengival, taquicardia – Interação

medicamentosa: anticoagulantes orais, bloqueadores

beta adrenérgicos, cetonazol, delavirdina, fentanila, fluconazol,

itraconazol, magnésio, quinupristina, rifampicina, saquinavir

– Gravidez: não é teratogênica em animais de experimentação.

No humano, relatos informam que, pode ocorrer diminuição

da perfusão uteroplacentária; não há estudos controlados

– Amamentação: compatível em doses habituais.

 

ITRACONAZOL: antifúngico – Risco: D/C – Posologia:

200 mg, 12-12 h, VO – Indicações: infecções por fungos

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e

componentes da fórmula – Efeitos adversos: náusea, vômito,

hipocalemia, erupção cutânea, hepatotoxicidade – Interação

medicamentosa: astemizol, atorvastatina,

bussulfano, cimetidina, cisaprida, claritromicina,

ciclosporina, digoxina, famotidina, fenitoína, indinavir,

isoniazida, nefedipina, omeprazol, fenobarbital, quinidina,

saquinavir, verapamil, warfarina – Gravidez: malformações

em animais de experimentação; no humano, vários casos

relatados de malformações de extremidade durante primeiro

trimestre. Nos demais trimestres não há estudos

controlados – Amamentação: doses habituais, uso

criterioso; monitorar o lactente devido efeitos colaterais.

 

IVERMECTINA: anti-helmíntico – Risco: C – Posologia:

200 mg/kg, dose única, VO – Indicações: helmintíase –

Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: cefaléia, prurido

– Interação medicamentosa: não há referencias –

Gravidez: não há estudos controlados – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

ISOTRETINOÍNA – análogo sintético da vitamina A- Risco: X

– Posologia- 0,5 a 2,0 mg/kg/dia, VO – Indicações: acne

conglobata e nodulocística e outras formas graves de acne que

sejam resistentes às terapias convencionais (por exemplo,

antibióticos sistêmicos) – Contra-indicações: hipersensibilidade

à isotretinoína e/ou componentes da fórmula; insuficiência renal

ou hepática; hipervitaminose A; hiperlipidemia; uso concomitante

de tetraciclinas – Efeitos adversos: ressecamento da pele e das

mucosas, conjuntivite, epistaxe, rouquidão, tecido de granulação,

bolhas, ceratite, hiperpigmentação facial, acne fulminante, reações

tipo granuloma piogênico, distúrbios visuais como a fotofobia

e visão turva, alopécia, vasculite alérgica, broncoespasmo, cefaléia,

náusea, sonolência, mal-estar, sudorese, depressão, sintomas

psicóticos, tentativas de suicídio e suicídio, convulsões

epileptiformes, mialgia, artralgia, irregularidades menstruais,

aumento nas transaminases, elevação de triglicérides e colesterol,

hiperuracemia, colite, ileíte, pancreatite, paroníquia, distrofia

ungueal, elevação da glicemia, trombocitopenia, trombocitose,

leucopenia, anemia, aumento do VHS, linfadenopatia, hematúria,

proteinúria, fotossensibilidade – Interações medicamentosas:

carbamazepina, tetraciclina – Gravidez: altamente teratogênica

em animais de experimentação e no ser humano. Os riscos

excluem claramente qualquer benefício que a droga possa vir a

trazer - Amamentação: contra-indicada.

 

L

LACIDIPINA: bloqueador do canal de cálcio – Risco: C –

Posologia: 2-6 mg, dose única/dia, VO – Indicações:

aterosclerose, insuficiência cardíaca congestiva, hipertensão

arterial essencial, nefropatia, trabalho de parto prematuro

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco

e componentes da fórmula – Efeitos adversos: cefaléia,

rubor, tontura, palpitação, náusea, vômito, erupção cutânea

– Interação medicamentosa: amiodarona, b-bloqueadores,

diuréticos, cimetidina – Gravidez: não há estudos controlados

– Amamentação: não há dados disponíveis.

 

LAMIVUDINA: antiviral – Risco: C – Posologia: 150 mg,

2x/dia, VO – Indicações: infecção por HIV, hepatite B

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e

componentes da fórmula – Efeitos adversos: fadiga,

náusea, vômito, cefaléia, acidose láctica, hepatomegalia –

Interação medicamentosa: trimetoprima/

sulfametoxazol, nelfinavir – Gravidez: não há estudos

controlados – Amamentação: contra-indicada devido

transmissão vertical do vírus.

 

LAMOTRIGINA: antiepiléptico – Risco: C – Posologia:

50-400 mg, 1-2x/dia, VO – Indicações: epilepsia,

síndrome de Lennox-Gastaut – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

erupção cutânea, fadiga, sonolência, cefaléia,

necrose epidermal tóxica – Interação medicamentosa:

carbamazepina, fenitoína, oxcarbazepina, primidona,

sertralina, ácido valpróico – Gravidez: não há estudos controlados

– Amamentação: doses habituais, uso criterioso;

monitorar lactente devido a efeitos colaterais.

 

LANZOPRAZOL: antiulceroso – Risco: C – Posologia: 10-

20 mg, dose única/dia, VO – Indicações: úlceras gástrica

e duodenal, refluxo esofágico – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula,

disfunção hepática – Efeitos adversos: cefaléia, lombalgia,

discinesia, vômito, náusea, gastroenterite, artralgia – Interação

medicamentosa: teofilina, cetoconazol, digoxina,

sais de ferro, ampicilina – Gravidez: não é embriotóxica

ou teratogênica em animais de experimentação; não há estudos

controlados no ser humano – Amamentação: doses

habituais, uso criterioso; monitorar o lactente devido

efeitos colaterais.

 

LERCANIDIPINA: bloqueador do canal de cálcio – Risco:

C – Posologia: 10-20 mg, dose única/dia, VO – Indicações:

hipertensão arterial, insuficiência cardíaca congestiva,

nefropatias – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

cefaléia, tontura, vômito, náusea, palpitação – Interação medicamentosa:

amiodarona, bloqueadores beta adrenérgicos,

delavirdina – Gravidez: não há estudos controlados – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

LETROZOL: antineoplásico – Risco: D – Posologia: 2,5

mg, dose única/dia, VO – Indicações: carcinoma de

mama – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

enxaqueca, náusea, vômito, fadiga, artralgia, dores músculo

esqueléticas – Interação medicamentosa: não há

referências – Gravidez: não há estudos controlados; ação

antiproliferativa celular teoricamente contra-indica seu

uso. Avaliar risco/benefício – Amamentação: não há

dados disponíveis.

 

LEVAMISOL: anti-helmíntico – Risco: C – Posologia: 150

mg, dose única/dia, VO – Indicações: ascaridíase, toxoplasmose,

leishmaniose, ancilostomíase, oxiuríase – Contra-

indicações: hipersensibilidade ao farmaco – Efeitos

adversos: náusea, vômito, diarréia, mielossupressão,

vasculite – Interação medicamentosa: fluorouracil,

warfarina – Gravidez: embriotóxico em animais de experimentação;

não há estudos controlados no humano –

Amamentação: compatível em doses habituais.

 

LEVETIRACETAM: antiepiléptico – Risco: C –

Posologia: 500-300 mg, dose única/dia, VO – Indicações:

epilepsia – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

astenia, sonolência – Interação medicamentosa:

fenitoína – Gravidez: não há estudos controlados –

Amamentação: doses habituais, uso criterioso; monitorar

lactente devido a efeitos colaterais.

 

LEVOFLOXACINA: antiinfeccioso – Risco: C – Posologia:

500 mg, dose única/dia, VO ou EV – Indicações: infecções

dos tratos respiratório, geniturinário, gastrintestinal –

Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: náusea, diarréia,

cefaléia, tontura – Interação medicamentosa: antiácidos,

cálcio, didanosina, ferro, zinco – Gravidez: não há risco

de malformações; as fluoroquinolonas produzem artropatia

devido a danos na cartilagem em animais de experimentação.

Há relatos no humano, porém, não há estudos controlados

– Amamentação: não há dados disponíveis.

 

LIDOCAÍNA: anestésico local – Risco: B – Posologia: dose

máxima 400 mg, local – Indicações: bloqueios nervosos

periféricos – Contra-indicações: hipersensibilidade a anestésicos

locais tipo amida – Efeitos adversos: tontura, tremores,

hipotensão, bradicardia – Interação medicamentosa:

antiarrítmicos, digitálicos, cimetidina, b-bloqueadores

– Gravidez: compatível – Amamentação: a Academia

Americana de Pediatria considera compatível.

 

LIDOCAÍNA: antiarrítmico – Risco: B – Posologia: 0,02-

0,05 mg/kg/minuto, IV “bolus” – Indicações: anestesia,

arritmias ventriculares, angiografia periférica, asma, hipertensão

intracraniana, neuropatia diabética – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da

fórmula – Interação medicamentosa: amiodarona,

amprenavir, cimetidina, hialuronidase, metoprolol, nadolol,

propafenona, propranolol, ritonavir, fenitoína, óxido

nitroso, propofol, bupivacaína – Gravidez: eventual depressão

do SNC – Amamentação: compatível.

 

LINCOMICINA: antibiótico – Risco: B – Posologia: 500

mg, 3-4x/dia, VO; 600 mg, 12-24 h, IM ou IV – Indicações:

endocardites, vaginites, diverticulites, peritonites, infecções

oculares, pélvicas, pneumonias causadas por agentes

sensíveis ao fármaco – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos

adversos: diarréia, náusea, vômito, dores abdominais –

Interação medicamentosa: pancurônio, carbamazepina,

teofilina, digoxina, ácido valpróico, astemizol, triazolam,

ergotamina, eritromicina, clindamicina, cloranfenicol –

Gravidez: compatível – Amamentação: compatível em

doses habituais.

 

LISINOPRIL: inibidor da enzima conversora de angiotensina

– Risco: B/D – Posologia: 10-40 mg, dose única/dia, VO

– Indicações: hipertensão arterial, insuficiência cardíaca

congestiva, infarto do miocárdio, miocardiopatia – Contra-

indicações: estenose da artéria renal, alteração do estado

imunitário, hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: cefaléia, diarréia,

fadiga, tontura, náusea, astenia, erupção cutânea,

broncoespasmo, parestesia – Interação medicamentosa:

antiinflamatórios não hormonais, diuréticos de alça e

tiazídicos, alopurinol, azatioprina, ciclosporina,

eritropoetina, carbonato de lítio, potássio – Gravidez: a

partir do segundo trimestre inibe efeito vasoconstritor da

angiotensina. A hipotensão arterial determina diminuição

do fluxo renal do concepto provocando anúria,

oligoâmnio, conseqüententemente deformação facial,

contratura de membros, crescimento intrauterino restrito,

hipoplasia pulmonar, persistência do ducto arterioso; avaliar

risco/benefício – Amamentação: compatível em doses

habituais.

 

LOMEFLOXACINA: antiinfeccioso – Risco: C –

Posologia: 400 mg, dose única/dia, VO – Indicações:

conjutivite, infecções dermatologicas, dos tratos respiratório

e genitourinário, determinadas por agentes sensíveis

ao fármaco – Contra-indicação: hipersensibilidade a

fluoroquinolonas – Efeitos adversos: fototoxidade,

cefaléia, tontura – Interação medicamentosa: antiácidos,

cálcio, ferro, didanosina– Gravidez: não há risco de malformações;

as fluoroquinolonas produzem artropatia devido

a danos na cartilagem em animais de experimentação.

Há relatos no ser humano, porém, não há estudos controlados

– Amamentação: não há dados disponíveis.

 

LOMUSTINA: antineoplásico – Risco: D – Posologia:

130mg/m2, cada 6 semanas, VO – Indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula

– Contra-indicações: hipersensibilidade à nitrosouréia e

componentes da fórmula, mielodepressão, disfunção hepática

e renal, insuficiência pulmonar, uso recente de

citotóxicos, radioterapia – Efeitos adversos:

mielossupressão, ataxia, fibrose pulmonar, náusea, vômito,

nefrotoxicidade – Interação medicamentosa: não há

dados disponíveis – Gravidez: impede a replicação do

DNA; avaliar risco/benefício – Amamentação: não dados

disponíveis.

 

LOPERAMIDA: antidiarréico – Risco: B – Posologia:

2,0mg, a cada evacuação até 16mg/dia, VO – Indicações:

constipação, colite pseudomembranosa – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes a fórmula,

colites ulcerativa e pseudomembranosa, doença de

Crohn, megacólon tóxico, disfunção hepática – Efeitos

adversos: dor abdominal, sonolência, náusea, vômito, boca

seca – Interação medicamentosa: com fármacos com propriedades

semelhantes – Gravidez: não há contra-indicação

– Amamentação: a Academia Americana de Pediatria

considera compatível.

 

LORATADINA: anti-histamínico – Risco: B – Posologia:

10 mg, dose única/dia, VO – Indicações: rinite alérgica –

Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: sedação, vertigem,

boca seca, enxaqueca, náusea – Interação medicamentosa:

amprenavir, inibidores monoamino-oxidase,

depressores do SNC – Gravidez: nada foi observado que

contra-indique o produto nos vários trimestres; deve ser

lembrado que a ingestão de anti-histamínicos durante as

duas últimas semanas de gravidez pode provocar

fibroplasia retrolental em prematuros – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

LOSARTANA: bloqueador de receptores da angiotensina II –

Risco: B/D – Posologia: 25-100 mg, 1-2x/dia, VO – Indicações:

hipertensão arterial, hiperuricemia, hipertrofia

ventricular esquerda, insuficiência cardíaca congestiva – Contra-

indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: angioedema, cefaléia,

tontura, tosse – Interação medicamentosa: fluconazol,

fenobarbital, rifampicina, carbonato de lítio – Gravidez: a

partir do segundo trimestre inibe efeito vasoconstritor da

angiotensina. A hipotensão arterial determina diminuição do

fluxo renal do concepto provocando anúria, oligoâmnio,

conseqüententemente deformação facial, contratura de membros,

crescimento intrauterino restrito, hipoplasia pulmonar,

persistência do ducto arterioso; avaliar risco/benefício –

Amamentação: compatível em doses habituais.

 

LOVASTATINA: hipolipemiante – Risco: X – Posologia: 20-

80 mg, dose única/dia, VO – Indicações: arteriosclerose,

prevenção de doença coronariana, hipercolesterolemia,

hiperlipoproteinemia – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula, hepatopatia

ativa, elevação persisitente e inexplicada de transaminases

séricas – Efeitos adversos: dores abdominais, flatulência,

constipação – Interação medicamentosa: eritromicina,

indinavir, itrazonazol, quinupristina, ritonavir – Gravidez:

inibe a velocidade do processo de síntese hepática do

colesterol, promovendo a redução dos níveis sanguíneos;

além disso, aumenta a síntese dos receptores de LDL, elevando

sua depuração. Contra-indicado – Amamentação: evitar.

 

 

M

MANDIPINA: bloqueador do canal de cálcio – Risco: C –

Posologia: 10-20 mg, dose única/dia, VO – Indicações:

hipertensão arterial, nefropatias, intubação traqueal – Contra-

indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: cefaléia, tontura,

taquicardia, edema – Interação medicamentosa:

amiodarona, bloqueadores b-adrenérgicos, delavirdina,

antiinflamatórios não hormonais, anticoagulantes orais –

Gravidez: não há dados disponíveis – Amamentação:

contra-indicada pelo fabricante.

 

MAZINDOL: estimulante do SNC – Risco: C – Posologia:

3-8 mg, dose única/dia, VO – Indicações: obesidade,

narcolepsia – Contra-indicações: glaucoma, moléstias cardiovasculares,

hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: taquicardia, palpitação,

tontura, insônia – Interação medicamentosa: litio,

inibidores de monoamino-oxidase, sibutramina, antidepressivos

tricíclicos – Gravidez: não há estudos controlados –

Amamentação: não há dados disponíveis.

 

MEBENDAZOL: anti-helmíntico – Risco: C – Posologia:

100 mg, 2x/dia, VO – Indicações: enterobíase, ascaridíase,

tricuríase, ancilostomíase – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

 dor abdominal, diarréia, erupção cutânea –

Interação medicamentosa: carbamazepina, fenitoína –

Gravidez: embriotoxico e teratogênico em animais de experimentação;

nada referido no humano – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

MEFLOQUINA: antimalárico – Risco: C – Posologia:

1250 mg/dia, VO – Indicações: malária, tratamento

profilático e curativo – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula ou quinino

– Efeitos adversos: bradicardia sinusal, vômito, convulsão,

elevação das transaminases do fígado – Interação

medicamentosa: propranolol, halofantrina, ácido

valpróico – Gravidez: referido óbito intra-uterino, baixo

peso ao nascer; não há estudos controlados – Amamentação:

doses habituais, uso criterioso; monitorar o

lactente devido efeitos colaterais.

 

MEGLUMINA: anti-leishmaniose – Risco: C – Posologia:

10-20 mg/kg/dia, EV – Indicações: leishmaniose

mucocutânea e vesical – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

rubor, hipotensão, alteração do paladar, náusea,

vômito – Interação medicamentosa: metformina – Gravidez:

não há estudos controlados – Amamentação: compatível

em doses habituais.

 

MELOXICAM - antiinflamatório não hormonal – Risco: B/

D – Posologia: 7,5-15 mg, dose única/dia, VO; 15 mg, dose

única/dia, IM – Indicações: artrite reumatóide, dor crônica,

trauma, osteoartrite – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula, asma, pólipos

nasais, edema de Quincke, urticária, úlcera péptica aguda,

insuficiência hepática grave, insuficiência renal grave – Efeitos

adversos: dispepsia, náuseas, vômitos, dor abdominal,

constipação, flatulência, diarréia, alterações de enzimas hepáticas,

alterações de função renal, úlcera péptica, sangramento

gastrintestinal, anemia, leucopenia, trombocitopenia,

reação dermatológica, prurido, erupção cutânea, tontura,

cefaléia, vertigem, zumbido, sonolência, edema, infecção do

trato urinário – Interação medicamentosa: dicumarínicos,

inibidores da enzima conversora da angiotensina, bloqueadores

b-adrenérgicos, bloqueadores de canal de cálcio,

diuréticos de alça e tiazídicos; ofloxacina, sulfoniluréa,

antidiabéticos orais, carbonato de lítio, metrotexato,

ciclosporina, cimetidina, digoxina, heparina de baixo peso

molecular, warfarina. Gravidez: a partir do 3º trimestre inibe

a síntese de prostaglandinas; prolonga a gravidez, determina

oligúria fetal, oligoâmnio, dismorfoses faciais, contratura

muscular, oclusão prematura do ducto arterioso e hipertensão

pulmonar primária do RN. Avaliar risco/benefício –

Amamentação: compatível em doses habituais.

 

MEPERIDINA: analgésico narcótico – Risco: B/D –

Posologia: 60 mg, anestesia peridural; 50-150 mg, IM ou

IV – Indicações: tratamento da dor aguda ou crônica severa

e pré-operatório, analgesia, cefaléia – Contra-indicações:

consumidores de drogas de abuso e tolerantes aos

efeitos depressores do SNC; hepatotoxicidade,

nefrotoxicidade, lesão intracraniana, flutter atrioventricular,

depressão respiratória ou coma, convulsões – Efeitos adversos:

depressão respiratória, náuseas, vômitos, disforia,

obnubilação, prurido, constipação, retenção urinária,

hipotensão, agranulocitose, alterações cardiovasculares,

hipotensão tromboflebite, paralisia, sintomas de Parkinson,

porfiria, alterações cutâneas – Interação medicamentosa:

fenotiazínicos, inibidores de monoamino-oxidase, antidepressivos

tricíclicos, prometazina, clorpromazina,

fenobarbital ou fenitoína, anfetamina, cimetidina, contraceptivos

orais hormonais, ramitidine, tramadol – Gravidez:

no 1º trimestre e apenas 4,8% apresentaram polidactilia

e hipospadia. Verifica-se depressão respiratória dose-dependente

após 60 minutos da injeção. Avaliar risco/benefício

– Amamentação: compatível.

 

MERCAPTOPURINA: antineoplásico – Risco: D –

Posologia: 2,5 mg/kg, dose única/dia, VO – Indicações:

leucemias – Contra-indicações: leucemias linfáticas crônicas,

hipersensibilidade à tioguanina e mercaptopurina –

Efeitos adversos: mielossupressão, hiperuricemia, hepatotoxicidade,

náusea, vômito – Interação medicamentosa:

alopuridol, metotrexato, warfarina – Gravidez: bloqueia

a síntese do DNA; avaliar risco/benefício – Amamentação:

contra-indicado.

MEROPENEMA: antibiótico – Risco: C – Posologia: 500

mg, 8-12 h, IM; 0,5-1,0 g, 8-8 h, IV – Indicações: infecções

dos tratos respiratórios inferior, geniturinário, pele,

tecidos moles e demais infecções produzidas por germes

sensíveis ao fármaco – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos

adversos: erupção cutânea, vômito, diarréia, neutropenia,

trombocitopenia – Interação medicamentosa:

probenecida – Gravidez: não há estudos controlados –

Amamentação: não há dados disponíveis.

 

METILDOPA: bloqueador a-adrenérgico – Risco: B –

Posologia: 250-500 mg, 2-3x/dia, VO – Indicações: insuficiência

cardíaca congestiva, hipertensão arterial – Contra-indicações:

hepatite, disfunção autonômica, hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

hepatotoxicidade, febre, anemia hemolítica Coombs positiva

– Interação medicamentosa: bloqueadores b-adrenérgicos,

haloperidol, ferro, carbonato de lítio, inibidores monoaminooxidase,

fenilpropanolamina – Gravidez: os poucos relatos

de efeitos adversos não estão associados ao uso do fármaco –

Amamentação: compatível em doses habituais.

 

METILFENIDATO: estimulante do SNC – Risco: C –

Posologia: 10-60 mg/dia, VO – Indicações: narcolepsia

– Contra-indicações: glaucoma, ansiedade, tensão, agitação,

síndrome de Tourette, ADHD – Efeitos adversos:

alucinação, irritabilidade, perturbação comportamental

– Interação medicamentosa: carbamazepina,

dicumarol, inibidores da monoamino-oxidase,

antidepressivos tricíclicos – Gravidez: relatos controvertidos;

não há estudos controlados – Amamentação: não

há dados disponíveis.

 

METIMAZOL: antitiroidiano – Risco: D – Posologia: 5-10

mg, 3x/dia, VO – Indicações: hipertiroidismo, tirotoxicose

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao grupo de fármacos

– Efeitos adversos: urticária, erupção cutânea, dor

epigástrica, artralgia, parestesia – Interação medicamentosa:

anticoagulantes orais – Gravidez: malformações são

controversas; pode determinar hipotiroidismo e bócio nos

conceptos. Avaliar risco/benefício – Amamentação: doses

habituais, uso criterioso; monitorar o lactente devido efeitos

colaterais.

 

METOCLOPRAMIDA: antiemético – Risco: B - Posologia:

10 mg, 3x/dia, VO, IM, IV ou via retal – Indicações: vômito,

náusea – Contra-indicações: epilepsia,

feocromocitoma, enterorragia,, disfunção hepática ou renal,

obstrução e/ou perfuração intestinal, uso maior que

12 semanas – Efeitos adversos: cefaléia, cansaço, insônia,

sedação, sonolência – Interação medicamentosa: anticolinérgicos,

analgésicos, opióides, levodopa, depressores do

SNC, cimetidina, digoxina, ciclosporina, inibidores da

monoamino-oxidase – Gravidez: compatível – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

METOPROLOL: bloqueador b-adrenérgico – Risco: C/D

– Posologia: 100 mg, dose única/dia, VO – Indicações:

angina pectoris, ansiedade, ataxia neuroléptica, arritmias,

enxaqueca, glaucoma, hipertensão arterial, insuficiência cardíaca

congestiva, síncope, tremor – Contra-indicações:

bradicardia, bloqueio átrio-ventricular, choque

cardiogênico, hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: bradicardia,

hipotensão, depressão, insônia, tontura, cefaléia – Interação

medicamentosa: bloqueadores a1-adrenérgicos e de

canais de cálcio, amiodarona, clorpromazina, cimetidina,

ciprofloxacina, epinefrina, flunarizina, fluoxetina,

hidralazina, propoxifeno, quinidina, antiinflamatórios não

hormonais, fenobarbital, rifampicina, hipoglicemiantes,

clonidina, digoxina, verapamil, ritodrina – Gravidez: aumento

da resistência vascular no binônio materno-fetal proporcional

ao tempo de exposição. Segundo trimestre, redução

do peso da placenta e crescimento intra-uterino restrito;

terceiro trimestre, redução do peso da placenta.

Avaliar risco/benefício – Amamentação: evitar.

 

METOTREXATO: antineoplásico – Risco: X – Posologia:

50 mg/m2/dia, IM – Indicações: carcinomas, sarcomas,

leucemias, linfomas – Contra-indicações: hepato e/ou

nefropatia, mielossupressão – Efeitos adversos: mielossupressão,

vasculites, náusea – Interação medicamentosa:

amiodarona, amoxicilina, ácido acetilsalicílico,

acetaminofem, diclofenaco, dipirona, fenilbutazona,

fenoprofeno, ibuprofeno, leucovorina, ácido mefenâmico,

neomicina, nimesulida, penicilina, probenecida, tenoxicam,

trimetoprima – Gravidez: bloqueia a síntese do DNA; contra-

indicado – Amamentação: contra-indicado.

 

METRONIDAZOL: antimicrobiano / antiprotozoário –

Risco: X/B – Posologia: 2 g, dose única/dia, VO – Indicações:

infecções e infestações causadas por bactérias ou

protozoários sensíveis ao fármaco – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula

– Efeitos adversos: convulsão, náusea, vômito, paladar

metálico – Interação medicamentosa: amprenavir,

carbamazepina, dicumarol, fluorouracil, fenitoína, carbonato

de lítio, trimetoprima, warfarina – Gravidez: contraindicado

no primeiro trimestre – Amamentação: doses

habituais, uso criterioso; monitorar o lactente devido efeitos

colaterais.

 

MEXILETINA: antiarrítmico – Risco: C – Posologia: 100-

200 mg, 8-8 h, VO – Indicações: arritmias ventriculares e

congênitas, “cor pulmonale”, epilepsia, espasticidade,

fibrilação atrial, infarto do miocárdio, taquicardia

supraventricular – Contra-indicações: choque

cardiogênico, bloqueio atrioventricular, hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

arritmias, bradicardia, hipotensão, ataxia, tremor –

Interação medicamentosa: amiodarona, fenitoína,

ritonavir, teofilina – Gravidez: não há estudos controlados

– Amamentação: compatível.

 

MILRINONA: vasodilatador – Risco: C – Posologia: 50

mg/kg “in bolus”, IV – Indicações: choque séptico, insuficiência

cardíaca digestiva, transplante cardíaco – Contra-

indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: arritmias, angina

pectoris, cefaléia, hipotensão – Interação medicamentosa:

furosemida, procainamida – Gravidez: eleva número de

reabsorções em coelhas; não há estudos controlados no

humano – Amamentação: não há dados disponíveis.

 

MINOCICLINA: antibiótico – Risco: X – Posologia: 200

mg, 12-12 h, VO – Indicações: acne, actinomicose, infecções

dos tratos gastrointestinal, respiratório,

geniturinário e oculares – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos

adversos: fotosensibilidade, náusea, vômito, tontura,

diarréia – Interação medicamentosa: anticoagulantes

orais, digoxina, carbonato de lítio, penicilinas, cimetidina,

anti-ácidos, magnésio, cálcio, ferro – Gravidez: descoloração

do esmalte dentário na primeira dentição, inibição

do crescimento da fíbula, prematuridade, óbito intra-uterino;

contra-indicado – Amamentação: compatível em

doses habituais.

 

MINOXIDIL: vasodilatador – Risco: C – Posologia: 1-

2%, 2x/dia, solução tópica – Indicações: alopécia, insuficiência

cardíaca congestiva, transplante capilar, hipertensão

arterial – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

hipertricose, sufusão pleural e pericárdica, taquicardia reflexa,

retenção hídrica – Interação medicamentosa: não

há referências – Gravidez: Poucos casos relatados referem

anomalias congênitas, como onfalocele, depressão nasal,

implantação baixa de orelha, micrognatia, hipertricose; não

há estudos controlados – Amamentação: a Academia

Americana de Pediatria considera compatível.

 

MIOCAMICINA: antibiótico – Risco: C – Posologia: 600

mg, 6-8 h, VO – Indicações: infecções da cavidade bucal,

dermatite, infecções dos tratos respiratório e

urogenital – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

diarréia, vômito, náusea, cólicas – Gravidez: não é

embriotóxico ou teratogêico em animais; não há estudos

controlados no humano – Amamentação: não há dados

disponíveis.

 

MISOPROSTOL: antiulceroso – Risco: X – Posologia: 200

mg, 2x/dia, VO – Indicações: úlcera duodenal – Contraindicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: diarréia, dor abdominal

– Interação medicamentosa: carbonato de lítio,

hidróxido e fosfato de alumínio e magnésio, trisilicato de

magnésio, fenilbutazona – Gravidez: contra-indicado –

Amamentação: contra-indicado.

MITOMICINA: antineoplásico – Risco: D – Posologia: 2

mg, dose única/dia, EV – Indicações: carcinoma gástrico

e/ou pancreático – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula, trombocitopenia,

distúrbios de coagulação – Efeitos adversos: anemia

hemolítica, mielossupressão, nefrotoxicidade – Inte 

ração medicamentosa: taximofeno, vimblastina – Gravidez:

citotóxico; ação direta sobre DNA. Avaliar risco/

benefíco – Amamentação: contra-indicado.

 

MITOTANO: antineoplásico – Risco: X – Posologia: 1,5

g, 3-4x/dia, VO – Indicações: carcinoma adrenocortical,

síndrome de Cushing – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos

adversos: distúrbios visuais, depressão, erupção cutânea,

náusea, vômito, tontura – Interação medicamentosa:

warfarina – Gravidez: altamente tóxico, danifica gravemente

a córtex da supra-renal; contra-indicado – Amamentação:

contra-indicado.

 

MITOXANTRONA: antineoplásico – Risco: D –

Posologia: 14 mg/m2, 3-3 semanas, IV – Indicações:

leucemia não linfocítica aguda – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula –

Efeitos adversos: náusea, vômito, diarréia, estomatite,

alopécia, hepatotoxicidade – Interação medicamentosa:

não há referências – Gravidez: citotóxico; ação direta sobre

DNA. Avaliar risco/benefíco – Amamentação: contra-

indicado.

 

MORFINA – analgésico opióide – Risco: B/D – Posologia:

30-60 mg, 4-4 h, VO; 1-2 mg, 4-4 h, SC, IM IV; 0,2-4 mg,

intratecal; 5 mg, epidural –Indicações: dor intensa aguda

e crônica, infarto do miocárdio, câncer, analgesia cirúrgica,

doenças crônicas, politraumatismo – Contra-indicações:

pacientes ou viciados que são tolerantes aos efeitos

depressores; hepatotoxicidade, nefrotoxicidade,

feocromocitoma – Efeitos adversos: depressão respiratória,

náuseas, vômitos, disforia, obnubilação, prurido,

constipação, retenção urinária, hipotensão – Interação

medicamentosa: fenotiazídicos, inibidores de

monoamino-oxidase e antidepressivos tricíclicos,

anfetamina, anti-histamínicos, cimetidina, metoclopramina,

tramadol – Gravidez: Não há relatos de defeitos congênitos;

durante o trabalho de parto pode promover depressão

respiratória no recém-nascido e síndrome de privação;

avaliar risco/benefício – Amamentação: doses elevadas/

uso prolongado, monitorar lactente devido a possíveis efeitos

colaterais.

 

MOXIFLOXACINA: antiinfeccioso – Risco: C – Posologia:

400 mg, dose única/dia, VO – Indicações: bronquite, sinusite

– Contra-indicações: hipersensibiliade ao fármaco

e componentes da fórmula – Efeitos adversos: náusea,

vômito, diarréia, cefaléia – Interação medicamentosa:

alumínio, cálcio, antiácidos, ferro, didanosina, eritromicina,

magnésio, fenotiazinas, antidepressivos, zinco – Gravidez:

não há risco de malformações; as fluoroquinolonas

produzem artropatia devido a danos na cartilagem em animais

de experimentação. Há relatos no humano, porém,

não há estudos controlados – Amamentação: não há dados

disponíveis.

 

N

NABUMETONA: antiinflamatório não hormonal – Risco:

B/D – Posologia: 0,5-1,0 g, dose única/dia, VO – Indicações:

bursites, tendinites, lombalgias, osteoartrite, artrite

reumatóide – Contra-indicações: asma, reações alérgicas

a antiinflamatórios, hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: cefaléia, tontura,

edema, distúrbios gastrintestinais – Interação medicamentosa:

ciclosporina, dicumarol, diuréticos de alça e

poupadores de potássio, carbonato de lítio, metotrexato,

ofloxacino, tacrolimus, warfarina, inibidores das enzimas

conversoras da angiotensina, bloqueadores b-adrenérgicos

e de canais de cálcio, sulfoniluréias, heparina, acetaminofeno,

antiácidos, ácido acesilsalicílico – Gravidez: a partir do 3º

trimestre inibe a síntese de prostaglandinas; prolonga a gravidez,

determina oligúria fetal, oligoâmnio, dismorfoses

faciais, contratura muscular, oclusão prematura do ducto

arterioso e hipertensão pulmonar primária do RN. Avaliar

risco/benefício – Amamentação: não há dados disponíveis;

optar por ácido mefenâmico, cetoprofeno, diclofenaco,

ibuprofeno, meloxicam.

 

NADOLOL: bloqueador beta-adrenérgico – Risco: C/D –

Posologia: 40-80 mg, dose única/dia, VO – Indicações:

angina pectoris, ansiedade, arritmias, ataxia neuroléptica,

agressividade, enxaqueca, glaucoma, hipertensão arterial,

insuficiência cardíaca congestiva – Contra-indicações:

asma, bradicardia, bloqueio átrio-ventricular, choque

cardiogênico, hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: bradicardia, tontura,

astenia, distúrbio do sono – Interação medicamentosa:

amiodarona, bloqueadores a-adrenérgicos e de canal de

cálcio, diltiazem, digoxina, hipoglicemiantes, ergotamina,

lidocaína, metisergida, clonidina, antiinflamatórios não

hormonais – Gravidez: aumento da resistência vascular no

binônio materno-fetal proporcional ao tempo de exposição.

Segundo trimestre, redução do peso da placenta e crescimento

intra-uterino restrito; terceiro trimestre, redução

do peso da placenta. Avaliar risco/benefício – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

NAPROXENO: antiinflamatório não hormonal – Risco: B/

D – Posologia: 500 mg, dose única/dia, VO – Indicações:

artrite aguda, osteoartrite, dismenorréia, gota, artrite

reumatóide, câncer de colon, processo inflamatório local,

prevenção de declínio cognitivo, lúpus, espondilite

anquilosante, bursite, tendinite, eritema nodoso, alterações

musculoesqueléticas, trauma, pós-operatório – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da

fórmula, urticária, rinite, asma, alergias a ácido acetilsalicílico

e outros antiinflamatórios não hormonais, úlcera péptica,

sangramento gastrointestinal – Efeitos adversos:

colite,dispnéia, náusea, estomatite, azia, sangramento

gastrointestinal, cefaléia, sonolência, vertigens, enxaqueca,

tontura, prurido, edema, dispepsia, púrpura, hepatites, icterícia,

hematúria, agranulocitose, vasculite, trombocitopenia,

disfunção cognitiva, convulsões, alterações dermatológicas,

hipertensão arterial, broncoespasmo, hepatotoxicidade,

nefrotoxicidade – Interação medicamentosa:

dicumarínicos, ácido acetilsalicílico, inibidores da enzima

conversora da engiotensina, bloqueadores b-adrenérgicos,

diuréticos de alça e tiazídicos, metrotexato, carbonato de lítio,

corticotrofina, uroquinase, hipoglicemiantes, ácido valpróico,

probenecida, digoxina – Gravidez: a partir do 3º trimestre

inibe a síntese de prostaglandinas; prolonga a gravidez, determina

oligúria fetal, oligoâmnio, dismorfoses faciais,

contratura muscular, oclusão prematura do ducto arterioso

e hipertensão pulmonar primária do RN. Avaliar risco/benefício

– Amamentação: compatível em doses habituais.

 

NELFINAVIR: antiviral – Risco: B – Posologia: 250 mg,

8-8 h, VO – Indicações: infecção por HIV – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: diarréia, náusea, fadiga –

Interação medicamentosa: amprenavir, efavirenz,

cetoconazol, retronavir, carbamazepina, didanosina,

fenobarbital, rifampicina, amiodarona, astemizol, cisaprida,

indinavir, lamividuna, midazolam, quinidina, saquinavir,

terfenadina, triazolam – Gravidez: não há evidencia de

teratogênese em animais de experimentação; compatível –

Amamentação: evitar.

 

NEOMICINA: antibiótico – Risco: C – Posologia: 1-2 g,

4-6 h, VO – Indicações: diarréia, flatulência, irrigação de

bexiga, preparo intestinal para procedimentos, dermatites

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e

componentes da fórmula – Efeitos adversos: diarréia,

náusea, vômitos – Interação medicamentosa:

bumetanida, carboplatina, ácido etacrínico, piretanida,

cefalosporinas, vancomicina, furosemida, indometacina,

succilcolina, magnésio – Gravidez: não há informação sobre

ultrapassagem da placenta; não há estudos controlados

– Amamentação: compatível em doses habituais.

 

NETILMICINA: antibiótico – Risco: D – Posologia: 1-2

mg/kg, 8-12 h, IV – Indicações: apendicite, fibrose

cística, infecções dos tratos respiratório e geniturinário,

septicemia – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

diarréia, náusea, vômito – Interação medicamentosa:

bumetanida, carboplatina, ácido etacrínico, piretanida,

cefalosporinas, aciclovir, ciclosporina, vancomicina,

furosemida, indometacina, anticoagulantes, succilcolina,

magnésio – Gravidez: não é teratogênica, porém

ototóxica; avaliar risco/benefício – Amamentação: compatível

em doses habituais.

 

NEVIRAPINA: antiviral – Risco: C – Posologia: 4 mg/kg,

dose única/dia, VO – Indicações: infecção causada por

HIV – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco

e componentes da fórmula – Efeitos adversos: fadiga,

cefaléia, náusea, diarréia, erupção cutânea – Interação medicamentosa:

cimetidina, claritromicina, eritromicina,

quinupristina, rifampicina, indinavir, itraconazol,

cetoconazol, saquinavir, zidovudina, metadona – Gravidez:

crias de baixo peso em ratas; não há estudos controlados

no humano – Amamentação: evitar devido à transmissão

vertical do vírus.

 

NICLOSAMIDA: anti-helmíntico – Risco: C – Posologia:

2 g, dose única, VO – Indicações: teníase, himenolepíase

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e

componentes da fórmula – Efeitos adversos: vômito,

náusea, dores abdominais – Interação medicamentosa:

não há referências – Gravidez: pouco absorvido; não há

estudos controlados – Amamentação: compatível em

doses habituais.

 

NIFEDIPINA: bloqueador do canal de cálcio – Risco: C –

Posologia: 10 mg, 3x/dia, VO – Indicações: angina

pectoris, cardiomiopatia hipertrófica, doença pulmonar

obstrutiva crônica, glaucoma, hipertensão arterial, insuficiência

cardíaca congestiva – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula,

estenose aórtica, infarto do miocárdio recente, angina pectoris

estável – Efeitos adversos: agranulocitose, anemia

hemolítica, trombocitopenia – Interação medicamentosa:

amiodarona, bloqueadores b-adrenérgicos, cimetidina,

buflomedil, ciclosporina, delavirdina, diltiazem, fluconazol,

itraconazol, cetoconazol, magnésio, rifampicina, ritonavir,

saquinavir, anticoagulantes orais, antiinflamatórios não-hormonais

– Gravidez: teratogênico e embriotóxico em ani 

mais de experimentação; teoricamente diminui o fluxo útero-

placentário, como todos os bloqueadores de canal de

cálcio. Não há estudos controlados – Amamentação: compatível

em doses habituais.

 

NIMODIPINA: bloqueador do canal de cálcio – Risco: C –

Posologia: 60 mg, 4-4 h, VO; 1-2 mg/h, IV – Indicações:

isquemia cerebral, hemorragia subaracnóidea, hipertensão

arterial – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

náusea, câimbra, diarréia, hipotensão – Interação medicamentosa:

ácido valpróico, amiodarona, bloqueadores

b-adrenérgicos, buflomedil, delavirdina, saquinavir,

carbamazepina, fenitoína, rifampicina, antiinflamatórios não

hormonais, anticoagulantes orais – Gravidez: teratogênica

em coelhas e embriotóxica em ratas; convém lembrar que

este grupo de fármacos ministrado no 3º trimestre diminui

a perfusão útero-placentária. Não há estudos controlados

no ser humano – Amamentação: compatível em doses

habituais.

 

NISTATINA: antifúngico – Risco: B – Posologia: 5 g, dose

única/dia, intravaginal – Indicações: prevenção e tratamento

de infecções causadas por Candida albicans – Contra-

indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: irritação

vulvovaginal – Interação medicamentosa: absorção mínima

– Gravidez: compatível – Amamentação: compatível

em doses habituais.

 

NITRENDIPINA: bloqueador do canal de cálcio – Risco: C

– Posologia: 10-20 mg, 1-2x/dia, VO – Indicações: hipertensão

arterial, insuficiência cardíaca congestiva, nefropatias –

Contra-indicações: estenose aórtica, hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: anemia,

leucopenia, trombocitopenia, edema, rubor, cefaléia, distúrbios

do sono, hipoglicemia – Interação medicamentosa:

amiodarona, bloqueadores b-adrenérgicos, cimetidina,

delavirdina, saquinavir, rifampicina, digoxina, antiinflamatórios

não hormonais, anticoagulantes orais – Gravidez: é interessante

lembrar que os fármacos desse grupo diminuem a

perfusão útero-placentária com todas suas conseqüências no

terceiro trimestre; não há estudos controlados – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

NITROGLICERINA: vasodilatador – Risco: C –

Posologia: 0,5-1,0 mg, 48-72 h, IV – Indicações: angina

pectoris, arritmias, edema pulmonar, hipertensão arterial,

infarto do miocárdio – Contra-idicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula, anemia,

hipotensão – Efeitos adversos: cefaléia, hipotensão,

taquicardia – Interação medicamentosa: acetilcisteína,

ácido acetilsalicílico, heparina, indometacina, deidroergotamina,

pancurônio – Gravidez: não há estudos controlados

– Amamentação: não há dados disponíveis.

 

NITROPRUSSIATO: vasodilatador – Risco: C –

Posologia: 0,3 mg/kg/minuto, IV – Indicações: espasmo

arterial, insuficiência cardíaca congestiva, hipertensão

arterial e pulmonar, infarto do miocárdio, defeito do septo

ventricular – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula, anemia, traumatismo

craniano, hipotensão, cefalopatias – Efeitos adversos:

cefaléia, hipotensão, taquicardia, meta-hemoglobinemia –

Interação medicamentosa: não há referência – Gravidez:

uso limitado; não há estudos controlados – Amamentação:

não há dados disponíveis.

 

NIZATIDINA: antiulceroso – Risco: B – Posologia: 150

mg, 2x/dia, VO – Indicações: esofagite, úlcera gástrica e

duodenal – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

cefaléia, dor abdominal, diarréia, náusea – Interação medicamentosa:

cetoconazol, itraconazol, delavirdina – Gravidez:

compatível – Amamentação: doses habituais, uso

criterioso; monitorar o lactente devido efeitos colaterais.

 

NORFLOXACINA: antiinfeccioso – Risco: C – Posologia:

400 mg, 12-12 h, VO – Indicações: conjuntivite, malaria,

uretrites, diarréia – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da formula – Efeitos adversos: dores

abdominais, náusea, vômito, cefaléia – Interação medicamentosa:

antiácidos, cálcio, zinco, magnésio, nitrofurantoína,

teofilina, warfarina – Gravidez: não há risco de malformações;

as fluoroquinolonas produzem artropatia devido a danos

na cartilagem em animais de experimentação. Há relatos

no ser humano, porém, não há estudos controlados – Amamentação:

compatível, em doses habituais.

 

O

OFLOXACINA: antiinfeccioso – Risco: C – Posologia: 400

mg, 12-12 h, VO – Indicações: infecções dos tratos respiratório,

gastrintestinal e geniturinário, septicemias, dermatites

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Interação medicamentosa: antiácidos,

cálcio, ferro, didanosina zinco – Gravidez: não há risco

de malformações; as fluoroquinolonas produzem artropatia

devido a danos na cartilagem em animais de experimentação.

Há relatos no ser humano, porém, não há estudos controlados

– Amamentação: não há dados disponíveis.

 

OMEPRAZOL: antiulceroso – Risco: C – Posologia: 10-20

mg, dose única/dia, VO – Indicações: úlcera gástrica e

duodenal, esofagite erosiva grave – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula

– Efeitos adversos: cefaléia, náusea, vômito, erupção

cutânea, constipação – Interação medicamentosa:

alprazolam, carbamazepina, clorazepato, ciclosporina,

digoxina, dissulfiram, metotrexato, midazolam, warfarina

– Gravidez: não há estudos controlados – Amamentação:

doses habituais, uso criterioso; monitorar o lactente

devido efeitos colaterais.

 

ONDANSETRONA: sedativo/hipnótico – Risco: C –

Posologia: 4-16 mg, 1-2x/dia, VO; 8 mg, 2-3x/dia, IV –

Indicações: vômito induzido por terapia antineoplásica,

pós-operatório – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

cefaléia, obstipação leve – Interação medicamentosa:

ranitidina, claritromicina – Gravidez: não é

embriotóxico ou teratogênico em animais de experimentação;

não há estudos controlados no ser humano – Amamentação:

não há dados disponíveis.

 

OXACILINA: antibiótico – Risco: B – Posologia: 0,5-1,0 g,

6-6 h, VO – Indicações: pneumonia, bursite, artrite séptica

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: náusea, vômito,

diarréia, erupção cutânea, choque anafilático – Interação

medicamentosa: penicilinas – Gravidez: compatível – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

OXAMNIQUINA: anti-helmíntico – Risco: C – Posologia:

15 mg/kg, dose única/dia, VO – Indicações:

esquistossomose – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

hipertermia, tontura, alucinações – Interação medicamentosa:

não há referencias – Gravidez: embriotóxico em coelhas

e camundongos; não há estudos controlados no ser humano

– Amamentação: compatível em doses habituais.

 

OXICARBAZEPINA: antiepiléptico – Risco: C – Posologia:

300-1200 mg, dose única/dia, VO – Indicações: crises tônico

clônicas parciais, nevralgia do trigêmeo – Contra-indica 

ções: hipersensibilidade aos diazepínicos, miastenia grave –

Efeitos adversos: hiponatrenia, sonolência, cefaléia, tontura

– Interação medicamentosa: fenitoína, carbamazepina,

fenobarbital, ácido valpróico – Gravidez: por ter mecanismo

de ação distinto da fenitoína e ácido valpróico, teoricamente

apresenta menor risco para o concepto; não há estudos

controlados – Amamentação: doses habituais, uso criterioso;

monitorar lactente devido a efeitos colaterais.

 

OXICONAZOL: antifúngico – Risco: B – Posologia: 1x/

dia, uso tópico – Indicações: dermatofitoses, candidíase

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e

componentes da fórmula – Efeitos adversos: prurido,

queimação, eritema, irritações locais – Interação medicamentosa:

não há referência – Gravidez: compatível –

Amamentação: não há dados disponíveis.

 

OXITETRACICLINA: antibiótico – Risco: X – Posologia:

5 mg, 6-6 h, VO – Indicações: acne, actinomicose,

peritonite, psitacose, doença de Lyme, malária, sífilis, toxoplasmose,

infecções do trato respiratório, gastrintestinal e

geniturinário – Contra-indicações: hipersensibilidade as

tetraciclinas – Efeitos adversos: fotosensibilidade, náusea,

vômito – Interação medicamentosa: anticoagulantes orais,

digoxina, carbonato de lítio, penicilinas, cimetidina, antiácidos,

alumínio, magnésio, cálcio, ferro – Gravidez: descoloração

do esmalte dentário na primeira dentição, inibição do

crescimento da fíbula, óbito intra-uterino; contra-indicado

– Amamentação: compatível em doses habituais.

 

P

PACLITAXEL: antineoplásico – Risco: D – Posologia: 135

mg/m2/dia, IV – Indicações: câncer metastático de mama e

ovário, sarcoma de Kaposi – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula, neutropenia,

neutrofilia – Efeitos adversos: mielossupressão, bradicardia,

náusea, vômito – Interação medicamentosa: epirrubicina,

fenitoína, quinupristina – Gravidez: potencialmente

teratogênico; avaliar risco/benefício – Amamentação: contra-

indicado.

 

PANCURÔNIO: miorrelaxante cirúrgico – Risco: C –

Posologia: 0,015 mg/kg, IV – Indicações: entubação

endotraqueal – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

taquicardia, hipertensão arterial, salivação, broncoespasmo

– Interação medicamentosa: aminoglicosídeos,

brometos, corticóides, carbamazepina, clindamicina,

digoxina, enflurano, fenitoína, furosemida, isoflurano,

teofilina, nitroglicerina, quinidina, quinino, sevoflurano,

teofilina, verapamil – Gravidez: citotóxico em animais de

experimentação; não há estudos controlados no humano –

Amamentação: compatível.

 

PANTOPRAZOL: antiulceroso – Risco: B – Posologia: 40

mg, dose única/dia, VO – Indicações: úlcera gástrica e

duodenal, esofagite erosiva – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos

adversos: diarréia, náusea, vômito, cefaléia – Interação

medicamentosa: cetoconazol, itraconazol – Gravidez:

compatível – Amamentação: doses habituais, uso

criterioso; monitorar o lactente devido efeitos colaterais.

 

PAPAVERINA: vasodilatador – Risco: C – Posologia: 75-

300 mg, 3x/dia, VO – Indicações: estados vertiginosos,

esclerose cerebral, neuroses vasculomotoras, comoções cerebrais,

náusea, vômito – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula,

hepatopatias, glaucoma, distúrbio de condução átrioventricular,

doença de Parkinson – Efeitos adversos: desconforto

abdominal, hepatite, sonolência – Interação

medicamentosa: levodopa – Gravidez: não há estudos

controlados – Amamentação: não há dados disponíveis.

 

PEFLOXACINA: antiinfeccioso – Risco: C – Posologia:

400 mg, dose única/dia, VO – Indicações: osteomielite,

fibrose cística, infecções dos tratos respiratório e gastrintestinal,

peritonite – Contra-indicações: hipersensibilidade

as fluoroquinolonas – Efeitos adversos:

hepatopatias, tontura, náusea, vômito, diarréia, cefaléia –

Interação medicamentosa: cálcio, antiácidos, cimetidina

– Gravidez: não há risco de malformações; as

fluoroquinolonas produzem artropatia devido a danos na

cartilagem em animais de experimentação. Há relatos no

ser humano, porém, não há estudos controlados – Amamentação:

não há dados disponíveis.

 

PENCICLOVIR: antiviral – Risco: C – Posologia: aplicar

a cada 2h, uso tópico – Indicações: herpes simplex, herpes

zoster– Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeito adverso:

eritema – Interação medicamentosa: interferon a e b –

Gravidez: não há estudos controlados – Amamentação:

não há dados disponíveis.

 

PENICILAMINA: antagonista de metais pesados – Risco:

X – Posologia: 250 mg, 4x/dia, VO – Indicações: artrite

reumatóide grave, doença de Wilson – Contra-indicações:

anemia aplástica, agranulocitose, hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

náusea, vômito, mielossupressão, proteinúria – Interação

medicamentosa: hidróxido de alumínio e magnésio,

carbonato de alumínio e magnésio, digoxina, ferro – Gravidez:

malformações esqueléticas em animais de experimentação;

malformações múltiplas no humano. Contra-indicado

– Amamentação: evitar.

 

PENICILINA G BENZATINA: antibiótico – Risco: B

– Posologia: 1.200.000 UI, dose única, IM – Indicações:

endocardite, erisipela, estreptococcia, gangrena gasosa,

sífilis – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

choque anafilático, erupção cutânea, convulsão, nefrite –

Interação medicamentosa: metotrexato, probenecida –

Gravidez: compatível – Amamentação: compatível em

doses habituais.

 

PENICILINA G POTÁSSICA: antibiótico – Risco: B -

Posologia: 1-5 milhões UI, 4-6 h, IM ou IV – Indicações:

septicemia, infecções do trato respiratório e geniturinário

– Contra-indicações: hipersensibilidade às penicilinas –

Efeitos adversos: diarréia, erupção cutânea – Interação

medicamentosa: colestiramina, etinilestradiol, mestrenol,

metotrexato, noretindrona, norgestrel – Gravidez: compatível

– Amamentação: compatível em doses habituais.

 

PENICILINA G PROCAÍNA: antibiótico – Risco: B -

Posologia: 600.000-1200.000 UI, dose única, IM – Indicações:

septicemia, infecções dos tratos respiratório e

geniturinário, antraz, erisipela, escarlatina, sífilis – Contraindicações:

hipersensibilidade às penicilinas e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: nefrite, erupção

cutânea, tontura – Interação medicamentosa:

etinilestradiol, mestrenol, noretindrona, norgestrel, vacina

tifóide – Gravidez: compatível – Amamentação: compatível

em doses habituais.

 

PENICILINA V: antibiótico – Risco: B – Posologia:

200.000-800.000 UI, 6-8 h, VO – Indicações: empiema,

otite media, faringite, pneumonia, rotura prematura de

membrana – Contra-indicações: hipersensibilidade às

penicilinas e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

choque anafilático, erupção cutânea, náusea, vômito,

diarréia – Interação medicamentosa: metotrexato,

probenecida – Gravidez: compatível – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

PENTAMIDINA: antiprotozoário – Risco: C – Posologia:

3-4 mg/kg, dose única/dia, IV – Indicações: profilaxia

e/ou tratamento de pneumonia por Pneumocistis carinii,

leishmaniose, tripanossomíase – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula –

Efeitos adversos: leucopenia, trombocitopenia,

hipotensão, dor torácica, náusea, anorexia, hipoglicemia,

disfunção hepática e/ou renal – Interação medicamentosa:

aciclovir, foscarnet, zalcitabina – Gravidez: não há

estudos controlados – Amamentação: compatível em

doses habituais.

 

PERAZOSINA: antagonista a1-adrenérgico – Risco: C -

Posologia: 10-20 mg, dose única/dia, VO – Indicações:

insuficiência cardíaca congestiva, hipertensão arterial

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

taquicardia, tontura, síncope, cefaléia, astenia –

Interação medicamentosa: beta bloqueadores

adrenérgicos, verapamil – Gravidez: não é teratogênica

em coelhos; não há estudos controlados no humano –

Amamentação: não há dados disponíveis.

 

PERINDOPRIL: inibidor da enzima conversora de

angiotensina – Risco: B/D – Posologia: 4-8 mg, dose

única/dia, VO – Indicações: angina pectoris, hipertensão

arterial, insuficiência cardíaca congestiva, infarto do

miocárdio – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

tosse, cefaléia – Interação medicamentosa:

alopurinol, ácido acetilsalicílico, azatioprina,

ciclosporina, carbonato de lítio, diuréticos de alça e

poupadores de potássio, potássio – Gravidez: a partir

do segundo trimestre inibe efeito vasoconstritor da

angiotensina. A hipotensão arterial determina diminuição

do fluxo renal do concepto provocando anúria,

oligoâmnio, consequententemente deformação facial,

contratura de membros, crescimento intra-uterino restrito,

hipoplasia pulmonar, persistência do ducto

arterioso; avaliar risco/benefício– Amamentação: compatível

em doses habituais.

 

PINDOLOL: bloqueador b-adrenérgico – Risco: B/D –

Posologia: 5 mg, 2x/dia, VO – Indicações: angina

pectoris, arritmia, depressão, glaucoma, hipertensão, insuficiência

cardíaca congestiva, hipertiroidismo – Contraindicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula, bradicardia, asma, choque cardiogênico

– Efeitos adversos: bradicardia, hipotensão, taquicardia,

tontura, insônia – Interação medicamentosa:

bloqueadores a1-adrenérgicos, amiodarona,

antidiabéticos, clonidina, digoxina, fentanila, metildopa,

verapamil – Gravidez: aumento da resistência vascular

no binônio materno-fetal proporcional ao tempo de exposição.

Segundo trimestre, redução do peso da placenta

e crescimento intra-uterino restrito; terceiro trimestre,

redução do peso da placenta. Avaliar risco/benefício –

Amamentação: compatível em doses habituais.

 

PIPERACILINA / TAZOBACTAM: antibiótico – Risco:

C/B – Posologia: 4 g de piperacilina + 500 mg de

tazobactam, 6-8 ou 12 h, IM ou IV – Indicações: infecções

osteoarticulares, dos tratos respiratório e geniturinário,

septicemia – Contra-indicações: hipersensibilidade a

penicilinas, tazobactam e componentes da fórmula – Efeitos

adversos: erupção cutânea, diarréia, cefaléia, náusea,

vômito – Interação medicamentosa: aminoglicosídeos,

miorrelaxantes, anticoagulantes, probenecida – Gravidez:

não há trabalhos específicos no primeiro trimestre; a partir

da 24ª semana não produz efeito adverso – Amamentação:

não há dados disponíveis.

 

PIPERAZINA: anti-helmíntico – Risco: B – Posologia: 65

mg/kg, dose única/dia, VO – Indicações: ascaridíase,

enterobíase – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

náusea, vômito – Interação medicamentosa: não há referências

– Gravidez: não há referências sobre associação

do medicamento com efeitos deletérios no concepto –

Amamentação: compatível em doses habituais.

 

PIRANTEL: anti-helmíntico – Risco: C – Posologia:

11 mg/kg, dose única, VO – Indicações: enterobíase,

ancilostomíase, necatoríose, ascaridíase Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: náusea, vômito,

cefaléia – Interação medicamentosa: não há

referencias – Gravidez: não é teratogênico em animais

de experimentação; não há estudos controlados –

Amamentação: compatível em doses habituais.

 

PIRAZINAMIDA: tuberculostático – Risco: C –

Posologia: 15-30 mg/kg, dose única/dia, VO – Indicações:

tuberculose – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula,

hepatopatia – Efeitos adversos: dor articular, aumento

da uriciremia, gota, erupção cutânea, náusea, vômito,

hepatotoxicidade – Interação medicamentosa:

ciclosporina, zidovudina, fenitoína, etionamida,

probenecida – Gravidez: não há estudos controlados –

Amamentação: compatível em doses habituais.

 

PIRILAMINA: anti-histamínico – Risco: C – Posologia: 50

mg, 3x/dia, VO – Indicações: rinite alérgica, asma, resfriado

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco

e componentes da fórmula – Efeitos adversos: sonolência,

boca seca, distúrbios visuais – Interação medicamentosa:

não há referências – Gravidez: deve-se lembrar que

o uso de anti-histamínicos duas semanas antes da parturição

pode determinar fibroplasia retrolental em prematuros –

Amamentação: não há dados disponíveis.

 

PIRIMETAMINA / SULFADOXINA: parasiticida – Risco:

C – Posologia: 25 mg de pirimetamina + 500 mg de

sulfadoxina, 2 comprimidos/semana, VO – Indicações:

malária, toxoplasmose – Contra-indicações: hipersensibilidade

aos fármacos e componentes da fórmula, discrasia

sangüínea, hepatopatias, nefropatias – Efeitos adversos:

discrasia sangüínea, síndrome de Stevens-Johnson,

mioelossupressão, nefrotoxicidade – Interação medicamentosa:

ácidos fólico e para-aminobenzóico,

sulfametoxazol, trimetoprima – Gravidez: inibidora do

ácido fólico, o uso da pirimetamina é teoricamente questionado;

não há, porém, estudos controlados. Associação

com ácido fólico pode atenuar os efeitos deletérios. A

sulfadoxina está contra-indicada próximo ao termo. Amamentação:

doses habituais, uso criterioso; monitorar o

lactente devido efeitos colaterais.

 

PIRIMETAMINA: parasiticida – Risco: C – Posologia: 50

mg, 3x/dia, VO – Indicações: malária, toxoplasmose –

Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula, discrasias sangüíneas – Efeitos adversos:

síndrome de Stevens-Johnson, anemia

megaloblástica, leucopenia – Interação medicamentosa:

ácido fólico, sulfametoxazol, trimetoprima – Gravidez:

inibidora do ácido fólico, o uso da pirimetamina tem sido

teoricamente questionado; não há estudos controlados.

Associação com ácido fólico pode atenuar os efeitos deletérios

– Amamentação: doses habituais, uso criterioso;

monitorar o lactente devido efeitos colaterais.

 

PIROXICAM: antiinflamatório não hormonal – Risco: B/

D – Posologia: 20 mg, dose única/dia, VO – Indicações:

espondilite anquilosante, cirurgia de catarata, prevenção de

câncer de cólon, inflamação ocular, osteoartrite, algias,

afecções musculoesqueléticas, ginecológicas e otorrinolaringológicas

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula, rinite, urticária, asma

e alergia a ácido acetilsalicílico e outros antiinflamatórios,

úlcera péptica em atividade – Efeitos adversos: úlcera

péptica, alteração da função plaquetária, anemia aplástica,

neutropenia, colite, esofagite, sangramento gastrintestinal,

pancreatite, hepatotoxicidade, alterações cutâneas, alopecia,

artrite, gota – Interação medicamentosa: derivados

cumarínicos, warfarina, heparina de baixo peso molecular,

inibidores da enzima conversora de angiotensina, bloqueadores

b-adrenérgicos, diuréticos, bloqueadores do canal de

cálcio, ácido acetilsalicílico, alendronato, metotrexato,

ofloxacina, warfarina, cimetidina, carbonato de lítio,

sulfoniluréia – Gravidez: a partir do 3º trimestre inibe a

síntese de prostaglandinas; prolonga a gravidez, determina

oligúria fetal, oligoâmnio, dismorfoses faciais, contratura

muscular, oclusão prematura do ducto arterioso e hipertensão

pulmonar primária do RN. Avaliar risco/benefício

– Amamentação: compatível em doses habituais.

 

PIRVÍNIO: anti-helmíntico – Risco: D/C – Posologia: 10

mg/kg, dose única, VO – Indicação: enterobíase – Contra-

indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula, obstrução intestinal – Efeitos adversos:

náusea, vômito, dor abdominal, diarréia – Interação

medicamentosa: não há referências – Gravidez: evitar no

primeiro trimestre; não há estudos controlados nos demais

trimestres – Amamentação: compatível em doses habituais.

 

PRAVASTATINA: antilipemiante – Risco: X – Posologia:

10-20 mg, dose única/dia, VO – Indicações: aterosclerose,

prevenção doença coronariana, hipercolesterolemia, hipertensão

arterial – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula, hepatopatia ativa, elevação

persistente e inexplicada das transaminases séricas –

Efeitos adversos: dor abdominal, flatulência, constipação

– Interação medicamentosa: amprenavir, ciclosporina,

eritromicina – Gravidez: contra-indicado – Amamentação:

em face de seu potencial adverso, evitar.

 

PRAZIQUANTEL: anti-helmíntico – Risco: C – Posologia:

5-10 mg/kg, dose única, VO – Indicações: esquistossomose,

cestoidíase, trematoidíase – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula;

cesticercose ocular – Efeitos adversos: cefaléia, indisposição

– Interação medicamentosa: albendazol, cimetidina,

carbamazepina, cloroquina, fenitoína – Gravidez: não é

teratogênico em animais de experimentação; não há estudos

controlados no ser humano – Amamentação: compatível

em doses habituais.

 

PRAZOSINA: antagonista a1-adrenérgico – Risco: C –

Posologia: 1 mg, 2-3x/dia, VO – Indicações: hipertensão

arterial, insuficiência cardíaca congestiva, bexiga

neurogênica, feocromocitoma – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula

– Efeitos adversos: hipotensão, taquicardia, tontura –

Interação medicamentosa: b-bloqueadores adrenérgi 

cos, verapamil – Gravidez: não há estudos controlados

– Amamentação: não há dados disponíveis.

 

PRIMAQUINA: antimalárico – Risco: C – Posologia: 15 mg,

dose única/dia, VO – Indicações: profilaxia e tratamento

da malária – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula, artrite reumatóide, lúpus

eritematoso, imunossupressão – Efeitos adversos: anemia,

leucocitose, dor abdominal – Interação medicamentosa:

acetaminofeno, etinilestradiol, mestranol – Gravidez: não é

embriogênico ou embriotóxico em animais de experimentação;

não há estudos controlados no ser humano – Amamentação:

doses habituais, uso criterioso; monitorar o

lactente devido efeitos colaterais.

 

PRIMIDONA: antiepiléptico – Risco: D – Posologia: 100-

125 mg, 1-3x/dia, VO – Indicações: epilepsia – Contraindicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: tontura, sonolência,

náusea, vômito – Interação medicamentosa:

anticoagulantes orais, corticóides, carbamazepina, ácido

valpróico, fenitoína, leucovorina, teofilina – Gravidez:

pode determinar malformações da face, esqueléticas, crescimento

intra-uterino restrito; avaliar risco/benefício –

Amamentação: doses habituais, uso criterioso; monitorar

lactente devido a efeitos colaterais.

 

PROBUCOL: hipolipemiante – Risco: B – Posologia: 500

mg, 2x/dia, VO – Indicações: hipercolesterolemia, mo 

léstia de Raynaud – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula, cirrose biliar –

Efeitos adversos: dor abdominal, náusea, vômito,

parestesia – Interação medicamentosa: ciclosporina –

Gravidez: não é teratogênico em animais de experimentação;

no ser humano não revelou efeitos adversos – Amamentação:

não há dados disponíveis.

 

PROCAINAMIDA: antiarrítmico – Risco: C – Posologia:

dose inicial, 1250 mg, VO; manutenção, 500-1000 mg, 2-3

h, VO – Indicações: arritmias ventriculares, fibrilação

atrial, flutter atrial, infarto do miocárdio, taquicardia

supraventricular, taquicardia funcional – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da

fórmula, bloqueio cardíaco, “torsades de pointes” – Efeitos

adversos: mielossupressão, neuropatia, náusea, vômito,

diarréia, tontura – Interação medicamentosa:

amiodarona, anestésicos locais, atracúrio, atropina,

beladona, cimetidina, cisaprida, clotrimazol, ciclopentolato,

desopiramida, galamina, gatifloxacina, moxifloxacina,

ofloxacina, pancurônio, procaína, quinidina, sotalol,

trimetroprima – Gravidez: não há estudos controlados –

Amamentação: a Academia Americana de Pediatria considera

compatível.

 

PROMETAZINA: anti-histamínico – Risco: C – Posologia:

25 mg, 3x/dia, VO – Indicações: pré-operatório, processos

alérgicos – Contra-indicações: glaucoma, úlcera

péptica – Efeitos adversos: sonolência, tontura,

xerostomia – Interação medicamentosa: fenobarbital,

gatifloxacina, carbonato de lítio, meperidina, pimozida,

sotalol, tramadol, trazodona – Gravidez: não está associada

a malformações; seu uso durante o trabalho de parto

provoca depressão no RN – Amamentação: compatível

em doses habituais.

 

PROPAFENONA: antiarrítmico – Risco: C – Posologia:

150 mg, 8-8 h, VO; 1-2 mg/kg, IV – Indicações: arritmias

supraventriculares e ventriculares – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula,

choque cardiogênico, bradicardia, hipotensão, distúrbios

broncoespáticos, sinoatriais, atrioventriculares e

ventriculares – Efeitos adversos: arritmias, tontura,

cefaléia, náusea, vômito – Interação medicamentosa:

fluoxetina, quinidina, sertralina, rifampicina, amitriptilina,

clomipramina, ciclosporina, digoxina, imipramina,

lidocaína, metoprolol, nortriptilina, ritonavir, warfarina –

Gravidez: não é teratogênica em animais de experimentação;

não há estudos controlados no ser humano – Amamentação:

não há dados disponíveis.

 

PROPRANOLOL: bloqueador b-adrenérgico – Risco: C/

D – Posologia: 40 mg, 2x/dia, VO – Indicações: angina

pectoris, ansiedade, arritmia, ataxia neuroléptica, hipertensão

arterial, insuficiência cardíaca congestiva – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula, asma, bradicardia, bloqueio átrio-ventricular,

choque cardiogênico – Efeitos adversos: broncoespasmo,

bradicardia, depressão – Interação medicamentosa: bloqueadores

a1-adrenérgicos, amiodarona, bloqueadores de

canal de cálcio, cimetidina, diltiazem, flunarizina,

furosemida, hidralazina, propafenona, propoxifeno,

quinidina, antiinflamatórios não hormonais, fenobarbital,

rifampicina, hipoglicemiantes orais, bromazepam, clorpromazina,

digoxina, warfarina – Gravidez: aumento da resistência

vascular no binônio materno-fetal proporcional ao

tempo de exposição. Segundo trimestre, redução do peso

da placenta e crescimento intra-uterino restrito; terceiro

trimestre, redução do peso da placenta. Avaliar risco/benefício

– Amamentação: compatível em doses habituais.

 

Q

QUINAPRIL: inibidor da enzima conversora de angiotensina

– Risco: B/D – Posologia: 10-20 mg, dose única/dia, VO

– Indicações: hipertensão arterial, insuficiência aórtica,

infarto do miocárdio, nefropatias, insuficiência cardíaca

congestiva – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula, estenose da artéria

renal, alterações do estado imunitário – Efeitos adversos:

tosse, erupção cutânea, edema, hipercalemia – Interação

medicamentosa: alopurinol, ácido acetilsalicílico,

azatioprina, ciclosporina, diuréticos, carbonato de lítio,

potássio, tetraciclinas, trimetoprima – Gravidez: a partir

do segundo trimestre inibe efeito vasoconstritor da

angiotensina. A hipotensão arterial determina diminuição

do fluxo renal do concepto provocando anúria,

oligoâmnio, conseqüententemente deformação facial,

contratura de membros, crescimento intrauterino restrito,

hipoplasia pulmonar, persistência do ducto arterioso; avaliar

risco/benefício – Amamentação: compatível em doses

habituais.

QUINIDINA: antiarrítmico – Risco: C – Posologia: 200-

400 mg, 6-6 h, VO – Indicações: arritmias atriais e

ventriculares, infarto do miocárdio, malária – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula, defeitos cardíacos de condução, ausência de

atividade atrial, intoxicação digitálica, miastenia grave –

Efeitos adversos: mielossupressão, náusea, vômito, diarréia

– Interação medicamentosa: amiodarona,

amprenavir, cimetidina, delavirdina, diltiazem, eritromicina,

fluoxetina, gatifloxacina, itraconazol, moxifloxacina,

nelfinavir, verapamil, fenitoína, nifedipina, rifampicina,

amitriptilina, atenolol, digitálicos, haloperidol, imipramina,

cetoconazol, metoprolol, procainamida, propafenona,

propranolol, tramadol, ácido acetilsalicílico, warfarina –

Gravidez: não é teratogênica em animais de experimentação;

doses elevadas têm efeitos ocitócicos – Amamentação:

a Academia Americana de Pediatria considera compatível.

 

QUININA: antimalárico – Risco: X – Posologia: 30 mg/

kg/dia, VO – Indicações: malária – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula,

deficiência de glicose-6-fosfato deidrogenase, miastenia grave

– Efeitos adversos: trombocitopenia, convulsão, urticária,

hipoglicemia – Interação medicamentosa:

astemizol, dicumarol, pancurônio, cimetidina, ritonavir,

ciclosporina – Gravidez: ocitócico; estimula liberação de

insulina no pâncreas fetal, promovendo malformações

múltiplas. Contra-indicado – Amamentação: doses habituais,

uso criterioso; monitorar o lactente devido efeitos

colaterais.

 

R

RABEPRAZOL: antiulceroso – Risco: B – Posologia: 20

mg, dose única/dia, VO – Indicações: úlcera duodenal,

hipersecreção gástrica – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos

adversos: cefaléia – Interação medicamentosa: digoxina,

itraconazol – Gravidez: compatível – Amamentação:

doses habituais, uso criterioso; monitorar o lactente devido

efeitos colaterais.

 

RACECADOTRIL: antidiarréico – Risco: C – Posologia:

100 mg, 8-8 h, VO – Indicações: diarréia – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da

fórmula – Efeitos adversos: sonolência, náusea, vômito,

constipação, vertigem, cefaléia – Interação medicamentosa:

não há referências – Gravidez: não é embriotóxico

ou teratogênico em animais de experimentação; não há estudos

controlados no ser humano– Amamentação: não

há dados disponíveis.

 

RAMIPRIL: inibidor da enzima conversora de angiotensina

– Risco: B/D – Posologia: 2,5-5 mg, dose única/dia,

VO – Indicações: hipertensão arterial, insuficiência cardíaca

congestiva, infarto do miocárdio, angina pectoris –

Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula, estenose da artéria renal, alteração

do estado imunitário – Efeitos adversos: tosse, erupção

cutânea, edema, hipercalemia – Interação medicamentosa:

alopurinol, ácido acetilsalicílico, azatioprina,

ciclosporina, carbonato de lítio, diuréticos – Gravidez: a

partir do segundo trimestre inibe efeito vasoconstritor

da angiotensina. A hipotensão arterial determina diminuição

do fluxo renal do concepto provocando anúria,

oligoâmnio, consequententemente deformação facial,

contratura de membros, crescimento intra-uterino restrito,

hipoplasia pulmonar, persistência do ducto arterioso;

avaliar risco/benefício – Amamentação: compatível em

doses habituais.

 

RANITIDINA: antiulceroso – Risco: B – Posologia: 150-

300 mg, dose única/dia, VO – Indicações: úlcera

gastroduodenal, síndrome Zollinger-Ellison, profilaxia de

enterorragias – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

fadiga, tontura, cefaléia – Interação medicamentosa:

delavirdina, dicumarol, cetoconazol, glipizida, itraconazol,

metformina, warfarina – Gravidez: compatível – Amamentação:

doses habituais, uso criterioso; monitorar o

lactente devido efeitos colaterais.

 

RESERPINA: anti-hipertensivo – Risco: C – Posologia:

250-500 mg, dose única/dia, VO – Indicações: hipertensão

arterial, hipertiroidismo, esclerose sistêmica progressiva,

coréia, enxaqueca – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula, gastroente 

ropatias, asma – Efeitos adversos: letargias, congestão nasal,

depressão – Interação medicamentosa: inibidores da

monoamino-oxidase – Gravidez: relatos controversos;

não há estudos controlados – Amamentação: doses habituais,

uso criterioso; monitorar o lactente devido efeitos

colaterais.

 

RIBAVIRINA: antiviral – Risco: X – Posologia: 200-500

mg, 2x/dia, VO – Indicações: hepatite crônica, hepatite

C crônica, cirrose hepática conseqüente à hepatite C – Contra-

indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: erupção cutânea,

disfunção respiratória – Interação medicamentosa: inibe

atividade de outros antivirais – Gravidez: embriotóxica

em animais de experimentação; o Centro de Controle e

Prevenção de Doenças contra-indica – Amamentação:

não há dados disponíveis.

 

RIFAMPICINA: tuberculostático – Risco: C – Posologia:

600 mg, dose única/dia, VO – Indicações: tuberculose

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e

componentes da fórmula – Efeitos adversos: náusea,

vômito, queimação pré-cordial – Interação medicamentosa:

amiodarona, amprenavir, betametasona,

buspirona, carbamazepina, cloranfenicol, clofibrato,

cortisona, ciclosporina, dapsona, delavirdina, diazepam,

digoxina, enalapril, etionamida, fluconazol, indinavir,

isoniazida, isradipina, itraconazol, cetoconazol, nelfinavir,

nifedipina, fenitoína, prednisona, ritonavir, rofecoxib,

ácido valpróico, zidovudina – Gravidez: relatos contraditórios;

embora não haja estudos controlados é utilizado

dentro de esquema terapêutico – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

RITONAVIR: antiviral – Risco: B – Posologia: 600 mg, 2x/

dia, VO – Indicações: infecção por vírus HIV – Contraindicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: náusea, vômito, astenia,

alteração do paladar – Interação medicamentosa:

alprazolam, amiodarona, astemizol, atorvastatina, cisaprida,

claritromicina, ciclosporina, diazepínicos, antivirais, bloqueadores

de canais de cálcio, antifúngicos, ácido valpróico,

warfarina, zidovudina – Gravidez: embriotóxico em animais

de experimentação; inibidores da protease apresentam

relação risco/beneficio favorável – Amamentação:

evitar devido a transmissão de vírus.

 

RITUXIMAB: antineoplásico – Risco: C – Posologia: 375 mg/

m2/semana, EV – Indicações: linfomas, exceto Hodgkin –

Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: febre, náusea, vômito,

urticária – Interação medicamentosa: não há referências –

Gravidez: não há estudos controlados; o uso de citotóxicos,

de forma geral, é prejudicial ao desenvolvimento do concepto

– Amamentação: contra-indicado.

 

ROCURÔNIO: miorrelaxante cirúrgico – Risco: B –

Posologia: 600 mg/kg, “in bolus” – Indicações:

entubação endotraqueal – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos

adversos: taquicardia, hipertensão arterial – Interação

medicamentosa: aminoglicosídeos, carbamazepina,

clindamicina, corticóides, epinefrina, magnésio, sevoflurano

– Gravidez: compatível– Amamentação: compatível.

 

ROFECOXIB - antiinflamatório não hormonal – Risco: C/

D – Posologia: 12,5, 25 ou 50 mg, dose única/dia, VO –

Indicações: dor leve e moderada, pós-operatório,

osteoartrite, artrite reumatóide, lombalgias, tendinites,

bursites e outros estados inflamatórios – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da

fórmula, úlcera péptica, sangramento gastrintestinal,

broncoespasmo, rinite, urticária, angioedema – Efeitos

adversos: edema de membros inferiores, hipertensão arterial,

azia, dispepsia, desconforto epigástrico, náusea, diarréia,

úlceras orais, anemia, nefrotoxicidade, hepatotoxicidade

– Interação medicamentosa: derivados cumarínicos,

heparina de baixo peso molecular, inibidores da enzima

conversora de angiotensina, bloqueadores b-adrenérgicos,

diuréticos, bloqueadores do canal de cálcio, ácido

acetilsalicílico, alendronato, metotrexato, ofloxacina,

sulfoniluréia, antiácidos, digoxina, carbonato de lítio,

rifampicina – Gravidez: a partir do 3º trimestre inibe a

síntese de prostaglandinas; prolonga a gravidez, determina

oligúria fetal, oligoâmnio, dismorfoses faciais, contratura

muscular, oclusão prematura do ducto arterioso e hipertensão

pulmonar primária do RN. Avaliar risco/benefício

– Amamentação: não há dados disponíveis; optar por

ácido mefenâmico, cetoprofeno, diclofenaco, ibuprofeno,

meloxicam.

 

ROXITROMICINA: antibiótico – Risco: C – Posologia:

150 mg, 12-12 h, VO – Indicações: bronquiectasia, doença

de Lyme, dermatite, uretrites, toxoplasmose – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da

fórmula – Efeitos adversos: náusea, vômito, diarréia, dores

abdominais – Interação medicamentosa:

metilpredinizolona, carbamazepina, teofilina, fenitoína,

warfarina, ciclosporina, digoxina, ácido valpróico,

terfenadina, astemizol, triazolam, ergotamina – Gravidez:

não há estudos controlados – Amamentação: compatível.

 

S

SAQUINAVIR: antiviral – Risco: B - Posologia: 600 mg,

3x/dia, VO – Indicações: infecção causada por HIV

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco

e componentes da fórmula – Efeitos adversos: diarréia,

náusea, vômito, desconforto abdominal, dispepsia

– Interação medicamentosa: clindamicina,

ciclosporina, ergot, flunarizina, bloqueadores de canal

de cálcio, quinina, astemizol, cisaprida, warfarina,

carbamazepina, efavirenz, indinavir, fenitoína,

rifampicina, itraconazol, cetoconazol, amprenavir –

Gravidez: não é embriotóxico ou teratogênico em animais

de experimentação; compatível no ser humano –

Amamentação: evitar devido transmissão do vírus

para o RN.

 

SECNIDAZOL: antiparasitário – Risco: D/C – Posologia:

2 g, dose única, VO – Indicações: amebíase, giardíase,

tricomoníase, – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula, discrasia sanguínea

– Efeitos adversos: náusea, vômito, prurido, erupção

cutânea, alteração do paladar – Interação medicamentosa:

etanol, anticoagulantes orais – Gravidez: não

há estudos controlados; a exemplo de outros

nitroimidazois, não deve ser usado no primeiro trimestre

– Amamentação: evitar.

 

SERTACONAZOL: antifúngico – Risco: C – Posologia:

5 g, dose única/dia, intravaginal – Indicações: dermatites

de contato, micoses superficiais, dermatofitoses – Contraindicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: ardor, rubor, eritema

– Interação medicamentosa: não há referências – Gravidez:

absorção mínima; não há estudos controlados – Amamentação:

não há dados disponíveis.

 

SOTALOL: bloqueador b-adrenérgico – Risco: C/D –

Posologia: 80-320 mg, dose única/dia, VO – Indicações:

angina pectoris, arritmias atrial e ventricular, hipertensão arterial

– Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco

e componentes da fórmula, asma, bradicardia, bloqueio

atrioventricular, choque cardiogênico – Efeitos adversos:

bradicardia, arritmia – Interação medicamentosa: bloqueadores

a-adrenérgicos, de canais de cálcio, antiácidos,

antiinflamatórios não hormonais, astemizol, clordiazepóxido,

digoxina, hipoglicemiantes, clonidina, metildopa –

Gravidez: aumento da resistência vascular no binônio materno-

fetal proporcional ao tempo de exposição. Segundo

trimestre, redução do peso da placenta e crescimento intrauterino

restrito; terceiro trimestre, redução do peso da placenta.

Avaliar risco/benefício – Amamentação: compatível

em doses habituais.

 

SUCCINILCOLINA: miorrelaxante cirúrgico – Risco: C

– Posologia: 2,5-4 mg/kg, dose única, IM; 0,6 mg/kg, dose

única, IV – Indicações: entubação endotraqueal – Contra-indicações:

hipertermia maligna, fase aguda de grandes

traumas, queimaduras, hipersensibilidade ao fármaco e

componentes da fórmula – Efeitos adversos: bradicardia,

hipercalemia – Interação medicamentosa: aminoglicosídeos,

halotano, carbonato de lítio, magnésio, metoclopramida,

propofol, prostiguina, quinidina, sevoflurano,

terbutalina, vancomicina, verapamil – Gravidez: não há

estudos controlados – Amamentação: não há dados disponíveis.

 

SULFADIAZINA: antibacteriano – Risco: B/D – Posologia:

1 g, 6-6 h, VO – Indicações: espondilite, colite, colecistite,

proctosigmoidite, artrite – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos

adversos: cristalúria, insuficiência renal – Interação

medicamentosa: anticoagulantes orais, ciclosporina, ácido

fólico, digoxina, ferro, ácido para-amino benzóico –

Gravidez: teratogênica em animais de experimentação; no

humano pode determinar hiperbilirrubinemia em prematuros.

Avaliar risco/benefício – Amamentação: doses habituais,

uso criterioso; monitorar o lactente devido efeitos

colaterais.

 

SULFASSALAZINA: anti-colite ulcerativa – Risco: B/D –

Posologia: 500 mg, 6-6 h, VO – Indicações: infecções

trato gastrintestinal, espondilite, escaras hipertróficas,

síndrome de Reiter, esclerodermia – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula

– Efeitos adversos: cefaléia, náusea, vômito – Interação

medicamentosa: anticoagulantes orais, ácido fólico,

ciclosporina, digoxina, ácido para-aminobenzóico – Gravidez:

embriotóxica e teratogênica em animais de experimentação;

no ser humano pode promover hiperbilirrubinemia

em prematuros. Avaliar risco/benefício – Amamentação:

doses habituais, uso criterioso; monitorar o lactente

devido efeitos colaterais.

 

SURAMINA: antiparasitário – Risco: C – Posologia: 1 g,

1º, 3º, 7º, 14º e 21º dia, dose única, IV – Indicações:

tripanossomíase – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

náusea, vômito, cefaléia, tontura – Interação medicamentosa:

não há referências – Gravidez: embriotóxico

em roedores; não há estudos controlados no ser humano–

Amamentação: não há dados disponíveis.

 

T

TALIDOMIDA: hanseniostático/hipnótico – Risco: X

– Posologia: 100 mg, 1-4x/dia, VO – Indicações:

lepra lepromatosa, ansiedade – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula

– Efeitos adversos: neuropatia periférica, tontura, sonolência,

hipotensão ortostática– Interação

medicamentosa: depressores do SNC, hipotensores,

etanol – Gravidez: focomelia, encurtamento e ausência

de extremidades; contra-indicada – Amamentação:

contra indicada.

 

TELMISARTANA: bloqueador dos receptores da

angiotensina II – Risco: B/D – Posologia: 40-80 mg, dose

única/dia, VO – Indicações: hipertensão arterial, isquemia

do miocárdio – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

cefaléia, tontura, tosse – Interação medicamentosa:

digoxina – Gravidez: a partir do segundo trimestre inibe

efeito vasoconstritor da angiotensina. A hipotensão arterial

determina diminuição do fluxo renal do concepto provocando

anúria, oligoâmnio, conseqüententemente deformação

facial, contratura de membros, crescimento intrauterino

restrito, hipoplasia pulmonar, persistência do ducto

arterioso; avaliar risco/benefício – Amamentação: compatível

em doses habituais.

 

TENIPOSIDA: antineoplásico – Risco: D – Posologia:

50-100 mg/m2, 1-2x/semana, IV – Indicações: leucemia

linfóide aguda – Contra-indicações – hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

mielossupressão, febre, diarréia, náusea, vômito

– Interação medicamentosa: fenobarbital, fenitoína –

Gravidez: potencialmente toxico para o concepto; avaliar

risco/benefício – Amamentação: contra-indicado.

 

TENOXICAM: antiinflamatório não hormonal – Risco: C/

D – Posologia: 20-40 mg, dose única/dia, VO – Indicações:

artrite reumatóide, osteoartrite, espondilite

anquilosante, dor crônica leve e moderada, traumas, doenças

degenerativas musculoesqueléticas – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da

fórmula, pólipos nasais, angioedema, doenças gastrintestinais,

asma, rinite – Efeitos adversos: desconforto gástrico,

epigástrico e abdome, dispnéia, pirose náusea, vertigem,

cefaléia, constipação, diarréia, sangramento

gastrintestinal, fadiga, alteração do sono, boca seca, prurido,

elevação de enzimas hepáticas, distúrbios visuais,

anemia, leucopenia, trombocitopenia, agranulocitose,

edema, nefro e hepatotoxicidade, alterações cutâneas,

ototoxicidade – Interação medicamentosa: derivados

cumarínicos, inibidores da enzima conversora de

angiotensina, bloqueadores b-adrenérgicos e de canal de

cálcio, diuréticos de alça e tiazídicos, salicilatos, ofloxacina,

antiácidos, cimetidina, ciclosporina, warfarina,

sulfoniluréia, metotrexato, carbonato de lítio – Gravidez:

a partir do 3º trimestre inibe a síntese de prostaglandinas;

prolonga a gravidez, determina oligúria fetal, oligoâmnio,

dismorfoses faciais, contratura muscular, oclusão prematura

do ducto arterioso e hipertensão pulmonar primária

do RN. Avaliar risco/benefício – Amamentação: compatível

em doses habituais.

 

TERCONAZOL: antifúngico – Risco: C/B – Posologia:

5 mg, dose única/dia, intra-vaginal – Indicações:

candidíase vaginal – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

ardor, prurido, queimações locais, cefaléia – Interação

medicamentosa: não há referências – Gravidez: não

há estudos controlados sobre o primeiro trimestre; compatível

nos demais – Amamentação: doses habituais, uso

criterioso; monitorar o lactente devido efeitos colaterais.

 

TERFENADINA: anti-histamínico – Risco: D –

Posologia: 60-120 mg, dose única/dia, VO – Indicações:

rinite alérgica, asma, fadiga, resfriado comum, bexiga

neurogênica, prurido, urticária – Contra-indicações:

disfunção cardiovascular, hepatopatias, hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

cefaléia, depressão, exantema, sonolência, taquicardia,

tontura – Interação medicamentosa: carbamazepina,

cetoconazol, claritromicina, delavirdina, eritromicina,

fluconazol, fluoxetina, indinavir, itraconazol, nelfinavir,

pimozida, quinupristina, ritonavir, saquinavir, sertralina,

sotalol – Gravidez: há relatos referindo associação com

abortamento, polidactilia, redução de membros; avaliar

risco/benefício – Amamentação: compatível em doses

habituais.

 

TETRACICLINA: antibiótico – Risco: X – Posologia:

500 mg, 6-6 h, VO – Indicações: acne, actinimicose, doenças

de Whipple, de Lyme, síndrome de Reiter, psitacose,

toxoplasmose, infecções dos tratos respiratório,

gastrintestinal e geniturinário – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula

– Efeitos adversos: fotosensibilidade, náusea, vômito,

diarréia – Interação medicamentosa: anticoagulantes

orais, digoxina, carbonato de lítio, penicilinas, cimetidina,

antiácidos, magnésio, cálcio, ferro, alumínio – Gravidez:

descoloração do esmalte dentário na primeira dentição,

inibição do crescimento da fíbula, prematuridade, óbito

intra-uterino; contra-indicado – Amamentação: compatível

em doses habituais.

 

TIABENDAZOL: anti-helmíntico – Risco: C/B –

Posologia: 50 mg/kg, dose única, VO – Indicações:

ascaridíase, enterobíase, tricuríase, estrongiloidíase,

necatoríase – Contra-indicação: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

náusea, vômito, reações psicóticas – Interação medicamentosa:

teofilina – Gravidez: teratogênico em animais

de experimentação; se houver manifestações clinicas, tratamento

após segundo semestre – Amamentação: compatível

em doses habituais.

 

TIANFENICOL: antibiótico – Risco: C – Posologia: 500

mg, 8-8 h, VO – Indicações: doenças sexualmente transmissíveis,

vulvovaginites, doença inflamatória pélvica –

Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: mielodepressão,

vômito, náusea – Interação medicamentosa: acetominofeno,

penicilinas, rifampicina, hipoglicemiantes orais,

ciclofosfamida, dicumarol, fenitoína, fenobarbital,

warfarina, clindamicina, entromicina, lincomicina – Gravidez:

inibe síntese protéica mitocondrial; não há estudos

controlados – Amamentação: não há dados disponíveis.

 

TIAPRIDA: tranquilizante – Risco: C – Posologia: 200-

300 mg, dose única/dia, VO – Indicações: confusão mental,

distúrbios de memória, ansiedade, agitação, depressão,

irritabilidade, agressividade – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula,

feocromocitoma – Efeitos adversos: ansiedade,

sedação, sonolência, discinesias, hipotensão ortostática,

ganho ponderal – Interação medicamentosa: etanol, hipnóticos,

tranqüilizantes, anestésicos, analgésicos – Gravidez:

não há estudos controlados – Amamentação: não

há dados disponíveis.

 

TICARCILINA/ÁCIDO CLAVULÂNICO: antibiótico –

Risco: B – Posologia: ticarcilina, 3,0 g; ácido clavulânico,

0,1 g, 4-6 h, IV – Indicações: infecções dos tecidos moles,

dos tratos respiratório, geniturinário e hospitalares – Contra-

indicações: hipersensibilidade a ticarcilina, ácido

clavulânico e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

cefaléia, convulsão, colite pseudomembranosa,

tromboflebite – Interação medicamentosa: aminoglicosídeos,

ciclosporina, probenecida – Gravidez: compatível

– Amamentação: não há dados disponíveis.

 

TIMOLOL: bloqueador b-adrenérgico – Risco: C/D –

Posologia: 1 gota (0,25%), 2x/dia, intraocular – Indicações:

redução da pressão intraocular elevada, glaucoma

de ângulo aberto, afaquia e glaucoma, glaucoma secundário

– Contra indicações: hipersensibilidade ao fármaco e

componentes da fórmula, asma, bradicardia, bloqueio átrio

ventricular, choque cardiogênico, insuficiência cardíaca

congestiva – Efeitos adversos: bradicardia, arritmias, tontura,

alucinações, cefaléia, hipotensão, acidente vascular cerebral,

insuficiência cardíaca congestiva, broncoespasmo

– Interação medicamentosa: bloqueadores a1-

adrenérgicos, amiodarona, cimetidina, clonidina, digoxina,

bloqueadores de canal de cálcio, ergotamina, fentanila,

flunarizina, inibidores da monoamino-oxidase, quinidina,

ritonavir – Gravidez: aumento da resistência vascular no

binônio materno-fetal proporcional ao tempo de exposição.

Segundo trimestre, redução do peso da placenta e crescimento

intra-uterino restrito; terceiro trimestre, redução

do peso da placenta. Avaliar risco/benefício – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

TINIDAZOL: amebicida, giardicida, tricomonicida – Risco:

C – Posologia: 2 g, dose única, VO – Indicações:

peritonite, abscessos, septicemias, infecções de pele e tecidos

moles – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula, discrasias sanguíneas

– Efeitos adversos: diarréia, cefaléia, náusea, vômito, tontura,

erupção cutânea – Interação medicamentosa:

dissulfiram, etanol – Gravidez: não há estudos controlados;

os derivados nitroimidazólicos, porém, são potencialmente

mutagênicos e carcinogênicos – Amamentação:

doses habituais, uso criterioso; monitorar o lactente devido

efeitos colaterais.

 

TIOCONAZOL: antifúngico – Risco: C – Posologia: loção,

pó, spray dermatológico (1%), 1-2x/dia, tópico – Indicações:

dermatomicoses, vulvovaginites – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: dor, edema, irritação, pruridos

locais – Interação medicamentosa: absorção é mínima

– Gravidez: não há estudos controlados – Amamentação:

doses habituais, uso criterioso; monitorar o lactente

devido efeitos colaterais.

 

TIOGUANINA: antineoplásico – Risco: D – Posologia:

2 mg/kg, dose única/dia, VO – Indicações: leucemia aguda

não linfóide – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

mielossupressão, hepatotoxicidade, hiperuricemia, náusea,

vômito – Interação medicamentosa: busulfano –

Gravidez: bloqueia a síntese do DNA; avaliar risco/benefício

– Amamentação: contra-indicado.

 

TIZANIDINA: miorrelaxante – Risco: C – Posologia: 2-4

mg, 3x/dia, VO – Indicações: espasticidade muscular –

Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: sonolência, boca

seca, hipotensão, astenia – Interação medicamentosa:

fenitoína – Gravidez: não há estudos controlados – Amamentação:

não há dados disponíveis.

 

TOBRAMICINA: antibiótico – Risco: D – Posologia: 1-2

mg/kg, 8-8 h, IV – Indicações: infecções broncopulmonares,

do trato geniturinário e oculares – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da

fórmula – Efeitos adversos: nefro e ototoxicidade – Interação

medicamentosa: penicilinas, cefalosporinas,

relaxantes musculares – Gravidez: não é teratogênica, porém

ototóxica; avaliar risco/benefício – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

TOPIRAMATO: antiepiléptico- -Risco: C – Posologia:

50-400 mg, 2x/dia, VO – Indicações: crises tônicoclônicas

parciais, síndrome de Lennox-Gastaut – Contra-

indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: sedação, diarréia,

perda de peso, tontura – Interação

medicamentosa: carbamazepina, digoxina, ácido

valpróico, acetazolamida, fenitoína – Gravidez: é referida

associação com hipospádia; não há estudos controlados

– Amamentação: doses habituais, uso criterioso;

monitorar lactente devido a efeitos colaterais.

 

TOPOTECANO: antineoplásico – Risco: D – Posologia:

1,5 mg/m2/dia, IV – Indicações: câncer de ovário e de

pulmão – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

mielossupressão, náusea, vômito, diarréia, alopecia – Interação

medicamentosa: cisplatina – Gravidez: impede

a replicação do DNA; avaliar risco/benefício – Amamentação:

contra-indicado.

 

TRANDOLAPRIL: inibidor da enzima conversora de

angiotensina – Risco: B/D – Posologia: 2 mg, dose

única/dia, VO – Indicações: hipertensão arterial, insuficiência

cardíaca congestiva, angina pectoris, infarto

do miocárdio – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula, estenose artéria

renal, alteração do estado imunitário – Efeitos adversos:

tosse, nefropatia, diarréia, hipercalemia, tontura

– Interação medicamentosa: alopurinol, ácido

acetilsalicílico, azatioprina, ciclosporina, carbonato de

lítio, diuréticos de alça, poupadores de potássio e

tiazídicos – Gravidez: a partir do segundo trimestre

inibe efeito vasoconstritor da angiotensina. A

hipotensão arterial determina diminuição do fluxo renal

do concepto provocando anúria, oligoâmnio, conseqüententemente

deformação facial, contratura de

membros, crescimento intrauterino restrito, hipoplasia

pulmonar, persistência do ducto arterioso; avaliar risco/

benefício – Amamentação: compatível em doses

habituais.

 

TRASTUZUMAB: antineoplásico – Risco: C – Posologia:

2 mg/kg/semana, IV – Indicações: câncer de mama –

Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: insuficiência cardíaca

congestiva, anemia, leucopenia, diarréia – Interação

medicamentosa: warfarina – Gravidez: não há estudos

controlados – Amamentação: contra-indicado.

 

TRETINOÍNA: antineoplásico – Risco: X – Posologia:

22,5 mg/m2, 12-12 h, VO – Indicações: leucemia

promielocítica aguda – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos

adversos: cefaléia, erupção cutânea, insônia, náusea, ressecamento

de pele e mucosas, sudorese, prurido, febre, tremores,

vômito – Interação medicamentosa: progestágenos,

tetraciclinas, peróxido de benzoíla, fenobarbital, glicocorticóides,

rifampicina, tiazidas, fluoroquinolonas,

fenotiazinas, sulfonamidas, vitamina A – Gravidez: malformações

múltiplas; contra indicada – Amamentação:

contra indicado.

 

TRIFLUOROPERAZINA: tranquilizante – Risco: C –

Posologia: 1-2 mg, 2x/dia, VO – Indicações: vômito,

psicoses – Contra-indicações: coma, depressão severa,

discrasias sangüíneas, mielossupressão, hepatopatia, hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos

adversos: trombocitopenia, agranulocitose, pancitopenia,

sintomas vasomotores – Interação medicamentosa:

anticoagulantes orais, propranolol, hidantoína – Gravidez:

relatos contraditórios quanto a associação com

malformações; não há estudos controlados – Amamentação:

não há dados disponíveis.

 

TRIMETOPRIMA: quimioterápico – Risco: D/C –

Posologia: 180 mg, dose única/dia, VO – Indicações:

acne vulgar, doenças pulmonares obstrutivas crônicas,

pneumonia, infecções oculares e do trato geniturinário –

Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula, anemia megaloblástica devido à deficiência

de folato – Efeitos adversos: erupção cutânea,

prurido – Interação medicamentosa: leucovorina,

digoxina, enalapril, fenitoína, lamivudina, metotrexato,

metronidazol, procainamida, tolbutamida, zidovudina –

Gravidez: inibidor do ácido fólico, é potencialmente contra-

indicado, principalmente no primeiro trimestre; não

há estudos controlados nos demais trimestres – Amamentação:

a Academia Americana de Pediatria considera

compatível.

 

TROPISETRONA: antiemético – Risco: C – Posologia: 5

mg, dose única/dia, VO ou IV – Indicações: náusea e vômito

provocados por quimioterapia – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula

– Efeitos adversos: cefaléia, constipação, tontura, fadiga,

diarréia – Interação medicamentosa: rifampicina,

fenobarbital, antagonistas dos receptores de serotonina –

Gravidez: não há estudos controlados – Amamentação:

não há dados disponíveis.

 

TROVAFLOXACINO: antiinfeccioso – Risco: C –

Posologia: 200 mg/dia, VO – Indicações: infecções trato

genito-urinário, meningites, sinusites, pneumonias determinadas

por agentes sensíveis ao fármaco – Contra-indicações:

hipersensibilidade as quinolonas – Efeitos adversos:

tontura, cefaléia, náusea, diarréia, hepatopatias – Interação

medicamentosa: alumínio, ácido citrico, dedanosina, ferro,

magnésio, morfina, omeprazol – Gravidez: não há risco de

malformações; as fluoroquinolonas produzem artropatia

devido a danos na cartilagem em animais de experimentação.

Há relatos no ser humano, porém, não há estudos controlados

– Amamentação: não há dados disponíveis.

 

 

V

VALACICLOVIR: antiviral – Risco: C – Posologia: 500

mg, 12-12 h, VO – Indicações: Herpes zoster, Herpes

simplex – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

náusea, vômito, cefaléia – Interação medicamentosa:

alopurinol – Gravidez: não há estudos controlados –

Amamentação: contra-indicada para evitar transmissão

vertical do vírus para o RN.

 

VALSARTANO: bloqueador dos receptores da

angiotensina II – Risco: B/D – Posologia: 80-160

mg, dose única/dia, VO – Indicações: insuficiência

cardíaca congestiva, hipertensão arterial – Contra-

indicações: hipersensibilidade ao fármaco e

componentes da fórmula, estenose arterial renal –

Efeitos adversos: tontura, hipotensão,

angioedema, tosse, cefaléia – Interação

medicamentosa: ácido acetilsalicílico, amilorida,

penicilina, triantereno – Gravidez: segundo e terceiro

trimestres há risco de oligoâmnio, contratura

de membros, hipoplasia pulmonar, crescimento

intra-uterino restrito, prematuridade, hipercalemia,

hipotensão neonatal, anemia e persistência de ducto

arterioso; avaliar risco/benefício – Amamentação:

compatível em doses habituais.

 

VECURÔNIO: miorrelaxante cirúrgico – Risco: C –

Posologia: inicial 0,75-0,1 mg/kg, in bolus, EV; manutenção

0,01-0,015 mg/kg, IV – Indicações: entubação

endotraqueal – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

broncoespasmo, bradicardia, hipotensão, hipertensão arterial,

taquicardia – Interação medicamentosa: aminoglicosídeos,

carbamazepina, corticóides, clindamicina,

fenitoína, furosemida, lincomicina, magnésio, nicardipina,

quinidina, verapamil – Gravidez: não há estudos controlados

– Amamentação: não há dados disponíveis.

 

VERAPAMIL: bloqueador do canal de cálcio – Risco: C –

Posologia: 80-120 mg, 3x/dia, VO; 5-10 mg, IV – Indicações:

angina pectoris, arritmia, asma, cardiomiopatia

hipertrófica, hipertensão arterial, insuficiência cardíaca

congestiva – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula, hipotensão, bloqueio

cardíaco – Efeitos adversos: bloqueio átrio-ventricular,

constipação, cefaléia – Interação medicamentosa: ácido

acetilsalicílico, b-bloqueadores adrenérgicos,

bupivacaína, carbamazepina, cálcio, claritromicina,

ciclosporina, digitálicos, disopramida, fentanila, fenitoína,

halotano, itraconazol, carbonato de lítio, óxido nitroso,

fenobarbital, quinidina, quinupristina, rifampicina,

tracolimus – Gravidez: não é teratogênico em ratas ou

coelhas; diminuindo a perfusão placentária, teoricamente

há risco de hipóxia fetal. Não há estudos controlados –

Amamentação: compatível em doses habituais.

 

VIGABATRINA: antiepiléptico – Risco: D – Posologia: 1

g, 1-2x/dia, VO – Indicações: epilepsia – Contra-indicações:

hipersensibilidade ao fármaco e componentes da

fórmula – Efeitos adversos: tontura, sonolência, alteração

comportamental, ansiedade, ganho de peso – Interação

medicamentosa: fenitoína – Gravidez: relatos de

teratogenicidade em animais de experimentação e no humano;

avaliar risco/benefício – Amamentação: doses

habituais, uso criterioso; monitorar lactente devido a efeitos

colaterais.

 

VIMBLASTINA: antineoplásico – Risco: D – Posologia:

4-12 mg/m2/semana, IV – Indicações: carcinomas e

linfomas – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula, uso intratecal,

granulocitopenia – Efeitos adversos: mielossupressão,

náusea, vômito, alopecia, dermatite, neurotoxicidade –

Interação medicamentosa: itraconazol, fenitoína,

quinupristina, zidovudina – Gravidez: malformações e

reabsorções em animais de experimentação; no humano,

interrompe a divisão celular na metáfase. Avaliar risco/benefício

– Amamentação: contra-indicado.

 

VINCRISTINA: antineoplásico – Risco: D – Posologia:

0,01-0,03 mg/kg/semana, IV – Indicações: leucemias,

linfomas, carcinomas – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula, uso intratecal

e síndrome de Charcot-Marie-Tooth – Efeitos adversos:

náusea, vômito, diplopia, neuromiopatia, mielossupressão,

alopecia – Interação medicamentosa: digoxina,

itraconazol, nifedipina, quinupristina, zidovudina – Gravidez:

malformações e reabsorções em animais de experimentação;

no humano, interrompe a divisão celular na

metáfase. Avaliar risco/benefício – Amamentação: contra-

indicado.

 

VINORELBINA: antineoplásico – Risco: D – Posologia:

20-50 mg/m2/semana, VO – Indicações: câncer de mama

e pulmão – Contra-indicações: hipersensibilidade ao

fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

neuromiopatia, mielossupressão, náusea, vômito, diarréia,

alopecia – Interação medicamentosa: vacinas vírus vivos

– Gravidez: malformações e reabsorções em animais

de experimentação; no humano, interrompe a divisão celular

na metáfase. Avaliar risco/benefício – Amamentação:

contra-indicado.

 

Z

ZALCITABINA: antiviral – Risco: C – Posologia: 0,75 mg,

3x/dia, VO – Indicações: infecção causada por HIV –

Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes

da fórmula – Efeitos adversos: neuropatia periférica,

anemia, neutropenia, pancreatite – Interação medicamentosa:

metoclopramida, cimetidina, probenecida,

didanosina, zidovudina, interferon alfa, heparina – Gravidez:

embriotoxicidade em animais de experimentação; não

há estudos controlados – Amamentação: evitar devido a

transmissão do vírus para o RN.

 

ZIDOVUDINA: antiviral – Risco: C – Posologia: 200 mg,

4-4 h, VO – Indicações: infecção pelo HIV, hepatite B,

sarcoma de Kaposi – Contra-indicações: hipersensibilidade

ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:

mielossupressão e enxaqueca – Interação medicamentosa:

acetaminofeno, dapsona, estavudina,

ganciclovir, interferon a, b e b-1A, metadona,

probenecida, pirazinamida, ribavirina, flucitosina

rifampicina, ácido valpróico, vimblastina, vincristina – Gravidez:

embriotóxica em animais de experimentação; não

há estudos controlados no ser humano – Amamentação:

contra-indicada para evitar transmissão vertical do vírus

para o RN.